O IMPÉRIO E A PROVÍNCIA BRAZ$L

Jul 2, 2017 por

O IMPÉRIO E A PROVÍNCIA BRAZ$L

O IMPÉRIO E A PROVÍNCIA BRAZ$L/2017

*os dias não eram bem assim …*

(Redação)

O QUE ACONTECEU

COM O BRASIL ?

* Entender o que realmente aconteceu  no Brasil até chegar-se à compreensão detalhada da situação atual (calamitosa ) , como se passou e por que tal ocorreu, durante tantos todos anos,  com apenas uns poucos denunciando a situação, toda a big mídia exaltando êxitos e “blindando” Lula (como se viu no caso do “mensalão”).

Quais foram as forças(políticas, que decidiram medidas econômicas) que determinaram tal situação .? Sem conhecer isto , previamente, será impossível , mesmo aos bem intencionados, caminhar para tentar reverter o quadro  – diagnóstico errado, análise errada ou ao menos  distorcida , que gera desvirtuadas políticas ou providências – e isto vale  também para as oposiçōes , tornadas  inócuas  . Não se pode combater um mal que não se conhece  e se não se sabe sequer  suas origens. Esta uma lição da ciência – e não se trata apenas da  “ciência social”.

* Evidente que tal não será elucidado exato por aqueles justamente responsáveis pelo ocorrido no Brasil (corrupção generalizada, privatizações exageradas, falência  da Petrobrás , desindustrialização , dívida pública  desmesurada, funcionamento disfuncional do Estado , inclusive  hospitais paralisados , bem como universidades, desemprego crescente , lideranças e Judiciário comprometidos não só com a corrupção, mas traição nacional,etc.)  nem pelos que sustentaram essa situação , durante décadas , por má-fé, conhecedores dela, via grande mídia, artigos em jornais, livros, cursos universitários, marketing de alto nível, agências de propaganda .

 1 – ADMISSÃO DA CATÁSTROFE PELA MÍDIA

 

Resultado de imagem para manifesto pessoas

* A big mídia só reconheceu a crise  econômica brasileira, como grave,  depois das jornadas de junho de 2013, povo meio desorganizado nas ruas denunciando o absurdo nacional e a grande farsa em curso , só comparável com o “milagre brasileiro” de Médici/Delfim e outros (1973) , sustentado por grandes agências de propaganda e marqueteiros de prestígio e psicólogos sociais. (Cf. arts. neste site, c/  nomes, etc. e  como tal foi feito e por que ) . Nesse tempo todo, houve  uso ,  inclusive, de forma esperta , do medo ( o mais forte  fator de condicionamento social conhecido ), jogando papel central, de uma forma ou outra.(Cf. arts. blog,  “Brasileiros , povo …” e outros ).

* De fato, ou tratar-se-ia de diversas  casualidades , conjugadas, como temos analisado, ( e criticado tal hipótese) , ou , ao contrário, causalidades , como bem enfatiza Moniz Bandeira (“Formação do Império Americano”),  lembrando Hegel e a não existência de encadeadas casualidades históricas.

* Essas análises e conclusões (jamais com nível exato de acerto , mas como razoáveis  possibilidades  e probabilidades ) são difíceis, desde que a história envolve quase sempre conspirações , ações em segredo , cujo objetivo central é esconder seus autores e como ocorreram, de fato , as tramas . (Freund , J.”O que é a política?”; Maquiavel ; Bobbio; Moniz Bandeira , que atesta tal situação , “Formação do Império … “, etc. ).

Moniz Bandeira bem lembra o entendimento  de fatos históricos como “logogrifos”(têm que serem interpretados),espécie de “jogos de adivinhação” ou labirintos a serem decifrados . Ora, jamais o serão se as tentativas partirem de ingênuos ou mal intencionados  , que não terão interesse algum em procurar seu encadeamento, muito menos os comprometidos exatamente em escondê-los, de alguma forma ligados a seus autores , no presente ou passado , ou com interesses pessoais em jogo .

Todavia, a função do analista,  independente frente ao antes referido,  é tentar entendê-los em seu conjunto e cadeia , indagando sobre causas e efeitos ,  e só daí partir para conclusões e previsões razoáveis com base na lógica, no passado, seu desdobramento no presente e no encadeamento histórico deles . Tal é imprescindível quanto à política, em especial, tendo que buscar-se essa previsão, entendimento, probabilidade, porque  quando houver a “absoluta certeza”do ocorrido, ou de  como ocorreram os diversos fatos relacionados  , se chegar-se a este ponto  , eles já  estarão  consumados .

Então , essas análises só servirão  para efeito de estudos mais de diletantes e interessados ou da História , e não para impedir acontecimentos ou influir no presente . Por isso, muitas vezes , os próprios conspiradores ou atores do enredo histórico político central até liberam seus arquivos , depois de certo tempo , após depurá-los de atos que possam depreciar suas biografias/instituições  , segundo a moral e ética do seu tempo. 

 2-HISTÓRIA – INTERPRETAR ; DO POSSÍVEL AO PROVÁVEL

Resultado de imagem para manifesto pessoas

*Em geral, a interpretação histórica acima referida é realizada e divulgada pelos vencedores/dominadores/classes ou setores preponderantes exato aqueles que os engendram a engendraram – e tiveram êxito  . Assim, clara está a dificuldade não só de entendimento razoável e próximo da ” verdade real” como da divulgação desse entendimento/ compreensão efetiva  – que serão ignorados ou contestados, sua  divulgação dificultada , ou sempre impedida de todas as formas possíveis,  pelos “vencedores”/dominantes , eis que já em outras situações , tendo novos interesses em jogo.

Por exemplo , veja-se o que se passou , realmente, quando do “golpe de 1964”, ou da “doença e morte de Costa e Silva”, ou quando da morte de Tancredo Neves e outros , como JK. Ou ainda  quanto à morte  de Kennedy e às várias tentativas de assassinato de Fidel Castro , pela CIA . Até hoje , sempre dúvidas, análises  enevoadas, desinformação , tentativas de descrédito até de fatos  evidentes ,mesmo décadas passadas . Isto porque o passado , a versão dos fatos históricos , pesa e influencia no presente e futuro .

E , no caso dessas  mortes referidas , não assinalamos  apenas quanto às formas delas  (casuais ou premeditadas),  mas quanto aos atores e fatos que as engendraram  ou “cercaram” todas as tramas nelas envolvidas .

CONCILIAÇÕES ANTIDEMOCRÁTICAS 

Tal vale no que se refere à “distensão lenta e gradual” de Huntington-Golbery-Geisel e outros , que desembocou na Constituinte (congressual -1986), e depois na Constituição e “democracia deturpada”(1988), hoje fato claro , oriunda de um projeto do anterior regime terrorista , e de uma transição controlado por ele , da qual participaram , de acordos e conciliação majoritária,  as oposições antes destroçadas pela violência ( os seus melhores quadros ) , legais  e até ilegais .

Todos, os líderes  da oposição legal sobrevivente (e alguns da ilegal )e , por essa via , a sociedade em geral , envolvidos numa  “conciliação” de efeitos negativos a médio e longo prazos   , como o tempo demonstrou  – anistia deturpada, “desaparecidos” para  sempre, sistema político distorcido e autoritário, despreocupação relativa com a economia( entregue a mentores representantes de interesses estrangeiros ) , etc.(Cf. arts. neste blog ).

De fato, uma conciliação deturpada , sem paridade de “armas” entre as partes, desde que opositores enfraquecidos , humilhados , massacrados  , torturados , ” desaparecidos” o outro lado militarizado e no poder há décadas , aqueles ainda sob ameaças reais . Note-se – inclusive acossados  por atos terroristas :  bombas, cartas-bombas, etc. como no caso(não punido) do atentado fracassado  dos serviços secretos  ao Riocentro, casos não apurados com justiça , nem punidos seus autores .

Isto é,  os resistentes democráticos envolvidos , faca na garganta , numa “conciliação e pacificação”originadas no regime terrorista , e tendo do outro lado representantes diretos desse regime  – daí tendo sido gerada a “democracia” distorcida  de nossos dias , que temos à nossa volta ,  décadas depois. Figueiredo esteve com Golbery e outros , serviços secretos , desde as agitações/ provocações  de antes de 1964 e que levaram ao primeiro golpe antidemocrático . 

Este processo ( depois “distensão e democracia”)  ocorreu via planejamento detalhado feito pelo regime terrorista, em retirada  tática , acorde/ combinado e assessorado pelo Império (vide artigos anteriores). Ou seja,  ele buscava uma transição de seu interesse e por ele controlada.( O que conseguiu – a anistia deturpada, que manteve soltos torturadores conhecidos, deu-lhes medalhas , deixou os “desaparecidos” para sempre desaparecidos, etc.).

* Vale o referido,  ainda , quanto ao que se passou de 1986 para cá , com “governos” civis sempre sob comando , disfarçado, do Império, que alguns preferem chamar “neoliberal” .  Ele atuou e atua através do uso do FMI, OMC, ONU e dos chamados “mercados”, palavras atrás das quais escondeu-se e esconde-se,  antes e agora. O já conhecido “Império do Capital”age , atualmente,  com novas táticas de dominação, como bem elucidou e detalhou Ellen Wood(“O Império do Capital”). Não busca  ocupar territórios, em princípio , nem destruir o Estado local , ao contrário atuando ,quase invisível , dentro do território  e utilizando a seu  favor o citado estado local .

REGIME  POLÍTICO E

SISTEMA ECONÔMICO ATUAIS

* Disso tudo teria resultado  o que percebemos  em nossos dias (2017), no Brasil , ao pesquisar-se  a essência do ocorrido nos últimos anos e até décadas  , se não  nos limitarmos   a meras aparências . Isto é , atuarmos no sentido de estudos como os indicados acima e da identificação de fatos cruciais determinantes de outros,  adiante  , como o tipo de conciliação citada , pré- democracia,  e das consequencias daí advindas , que repercutem até hoje .

Daí serem retiradas análises e conclusões  , que buscamos trabalhar e anotar  , transcrevendo , previamente ,  neste blog . Sem temer cópias sem  citações ou referências,  ou assimilação de ideias  por alguns , sem menção da origem, pois deseja-se compartilhar/colaborar , antes de tudo, com todos que desejam encontrar saídas para a catástrofe nacional. O que começa com o entendimento de suas origens .

A tentativa é  , desde aquele passado de 50 anos, chegarmos a nossos dias, entendendo o que alguns denominam atual  “labirinto político ” brasileiro. 

Trata-se , desde aí, mergulhando primeiro no passado,de analisarmos o momento atual e chegarmos a conclusões sobre não só o diagnóstico econômico ,político e social do já ocorrido no Brasil, linhas básicas , como o que hoje ocorre vem ocorrendo e que tipo de proposições podem ser apontadas como caminhos restantes ainda para os brasileiros. 

   Ainda  que não possam os brasileiros contarem com o Estado fracassado sob diretrizes de interesse estrangeiro , isto é, adaptadas e submetidas ao conjunto de interesses econômicos e sociais não nacionais,  aqui já implantados e estruturados .Há , em resumo ,no Brasil , já implantado  e em  curso ,  um projeto estratégico de interesse do Império do Capital e de seus principais aliados e participantes. Em crise, o Judiciário e o Legislativo e o Executivo corcoveando desesperados para  manterem a “governabilidade”  , ao preço de descumprimento sucessivo de normas constitucionais , legais ,éticas e até morais    .E todos a serviço daquele projeto. 

Em outras palavras , a crise brasileira vem desnudando o funcionamento do “estado democrático de direito” , fachada , há muito , de um estado de exceção informal, implicito.(Cf,análises anteriores, arts.do site) .

Tal mudou a essência do estado antes nacional , daí usarmos Braz$l e não Brasil, nome que utiliza a letra “z”, de “Brazil”,  como é visto e designado o país por americanos e  outros ; usamos  ainda com o cifrão ,  “$ ” , refletindo o capital financeiro – que entendemos está comandando o país, ou seja, o Império do Capital.

* Esse caminho aqui tomado   , antes alinhado , quase ou talvez quixotesco, tem sido  também seguido por outros  blogs, pesquisadores independentes, grupos de oposição , em sentido contrário às análises e ao tomado pelos estrategistas do Império. Este  conta, entretanto ,  com equipes multidisciplinares, milhares de analistas , agentes infiltrados, financiamentos de pesquisas, plenas condições de estudo e planejamento (e ainda com informes/informações dos serviços secretos) – e , na  ponta , divulgação ampla , big mídia à disposição.

Por certo , fatores que , de um lado , pesam na exatidão de seus resultados e, de  outro ,  limitam as bibliografias e projetos dos  demais interessados nesses estudos , independentes deles. Em outras palavras, haveria manipulações de arquivos oficiais brasileiros e outros, americanos , por exemplo, e de cursos de pós-graduação , mestrados , doutorados, bibliografias ,  exigências descabidas , imposições – num óbvio sentido : impedir o conhecimento, desinformar, confundir, despistar .

A  partir daí – pode-se imaginar os problemas enfrentados pelos  estudiosos  – independentes dos citados esquemas – oficiais, estatais, financeiros  . A desvantagem é enorme para os  que buscam “verdades” , embora inconvenientes para os que preponderam na sociedade brasileira . E isto explica  muito quanto às dificuldades de atuação daqueles  que  divergem do programa imposto pelo Império do Capital, democratas, setores à esquerda ,etc. 

Por outro lado, evidente que só essas pesquisas e estudos mais independentes serão capazes de chegarem mais perto , e rápido, da verdade “real” dos fatos e desnudarem caminhos e saídas para os prejudicados pelas políticas  imperiais impostas – e em curso . No caso, os brasileiros . 

3-LIMITAÇÕES À COMPREENSÃO DA HISTÓRIA

 

Imagem relacionada

 

*Se , considerando as oposições à esquerda , lembramos  suas limitações naturais (financeiras, de pesquisas, quando seus militantes dedicados à teoria ( se existirem), centros políticos envolvidos em regulares estudos ), e aquelas geradas por militâncias partidárias (preocupadas mais com a ação  direta e permanente, com táticas e estratégia definidas antecipadamente  (programas ) – verificamos que aumentam as dificuldades de oposição ao programa ” neoliberal” – resumamos . Porque os fatos , nessa era da tecnologia , mudam muito rápido- em outras palavras , muda  a” conjuntura” .

Os partidos , estilo tradicional , “dinossauros” , ainda mais  , não podem aceitar fácil mudanças políticas, mesmo que táticas , até para buscarem manter a unidade de seus quadros ; e ,muito menos , as propostas não oriundas dos seus mais altos dirigentes . Tal é grave problema e atinge todos os partidos e grupos que visem manter  mínima democracia interna , mas problema  que não atinge a complexa e imensa  estrutura bem articulada  do complexo imperial mundial. 

Ora , ao contrário, o “Príncipe Eletrônico” ( Cf.Ianni ,arts.anteriores), via big mídia, em especial,  expressando os valores predominantes do Império, atua rápido, milhares de jornalistas , plantões dia  e noite , respondendo , na ponta , contato direto com os povos, em nome daquele , respondendo de imediato e desde logo,  às mudanças conjunturais , e sem rédeas morais ou outras , construindo assim narrativas-respostas imediatas e as mais convenientes a seus interesses .( Cf.Ianni ,O.” A era do globalismo” e outros) .

* Note-se que,  a partir daí , desses parâmetros, não admitem mudanças rápidas a maioria de  grupos democráticos ou à esquerda (sectários ou não  ).  (E de um lado com razão, isto é , sob pena de cisões maiores vindas dos mais afoitos , politicamente, isto é, cisões partdárias ou outras maiores ainda que as já normalmente ocorridas) .

Ou seja, bloqueadas quaisquer discussões mais profundas a respeito de rupturas ou mudanças das velhas e tradicionais análises à esquerda (inclusive de alguns dogmas, símbolos, diretrizes não básicas), algumas reportando-se sempre ao passado , sem qualquer adaptação às mudanças ocorridas, tecnologia e à época atuais – repetidas sempre , orgulhosamente , bandeiras tradicionais ( muitas detestadas pela maioria do povo) levantadas com orgulho. O que pode ser positivo, mas apenas para seus militantes e simpatizantes .

Isto é , tomando lições que remontam até ao século XVIII e a mestres que construíram  apenas teorias básicas e linhas gerais de métodos  e diretrizes – e ainda deram-se ao trabalho de advertirem seus adeptos e futuros estudiosos  quanto a tomarem seus estudos como “dogmas” .Mas, que não têm sido ouvidos – além de pouco lidos . Deles muitos conhecem mais generalidades- e simplificações  .

O IMPÉRIO DO CAPITAL E AS ESQUERDAS 

Aliás, como assinalado em outra parte ( Cf.arts.no blog) , talvez hoje os melhores utilizadores do chamado materialismo histórico sejam os estudiosos americanos , em suas universidades , órgãos estatais e CIA , entre outros. Usam-no não só para entender a História como , reconhecendo a violência como sua parteira, como muitos marxistas também , usam-na , inteligentemente , para abortá-la – e com vitórias .

Isto é, atuam, usando tal teoria , no sentido de  ajudar a abortar a História , com  guerras  diretas ou indiretas , em vários níveis , em toda parte ( se não abortando , sempre influenciando na gestação do novo) – e abortando mesmo, pela  violência ,desde quando a gestação histórica chegou a nível de possível nascimento do Novo  – isto é, de mudanças históricas qualitativas , que não interessam ao Império do Capital dominante .

Ao contrário do que muitos pensam , o “marxismo” , o “leninismo” , etc. não são propriedade de partidos de esquerda ultra-radicais, mas conhecimento à disposição de todos – e usado por teóricos/estrategistas de diferentes posições – usados para diferentes defesas de interesses políticos .

*Tudo isso nos leva ao entendimento das limitações teóricas, e daí tático-estratégicas , no que se refere às oposições mais alternativas do Império e sua política , isto  é , de seus quadros dirigentes – e não mencionamos sequer a já bem enfatizada   ação permanente divisionista, de desinformação e contrainformação  dos serviços secretos, via infiltrações , deturpações, ardis, e outras , cuja dimensão atestam os 50 anos de derrotas populares ocorridas no Brasil e a leitura de livros como o “Diário da CIA”, de P.Agee .,

* Retrocessos, na economia e política brasileiras, p.e., e daí no campo social , já haviam sido apontados , e  claramente,  ao menos desde 2003 , por um James Petras (“Brasil, Lula Ano Zero”), entre outros, o que temos repetido , por óbvios motivos, à exaustão , neste blog. Ora,  evidente que tudo isso (dificuldades de entendimento da situação nacional , desinformação, não divulgação , etc.) não teriam ocorrido –  casualmente. Como explicar tal demora no entendimento , quando até bem nítido( P.e., quando do “mensalão/2004”) , o que estava ocorrendo, i.e., o papel desempenhado por  um farsante Lula , no PT e na sociedade brasileira , tantos anos , ignorado até mesmo por parte dos teóricos das esquerdas ?

Só propaganda e “blindagem”, pela mídia , não explicam. Sim – cooptações ,corrupção, , infiltrações, desinformação, etc. Uma grande atuação, complexa, de décadas , do Império, no interior das esquerdas e até na sua construção – desvirtuando-a . 

Houve  aviso claro da  situação , e do que viria depois,  no chamado “mensalão”, 2004, crise com evidente culpa de Lula da Silva, já desnudadas sua origem e “real política” – por trás da demagogia-  e “flores artificiais” usadas por ele ,  da OMC,ONU, FMI,etc. – quer dizer, bolsas-família, fogões , casas, financiamentos populares ,etc. Isso tudo nada tinha ou tem  de esquerda , ou muito menos socialismo , embora possa-se ser favorável face à miséria porventura existente .

Ao contrário, tal é  política de direita , tradicional, para acalmar massas empobrecidas , fazer demagogia – confundir. Foi o que Lula fez – tal política , com a mão esquerda; a mão direita segura pelo Império e aliados  locais . A esperança para os pobres; a garantia de contenção do povo/massas para o Capital.

A política de Lula ,desde décadas , bem antes de sua eleição(2002) , evidenciando , com Dirceu, eles unidos , sua verdadeira política corruptora e  pró-multinacionais , inclusive denunciada dentro do PT , com os denunciadores punidos pela dupla neoliberal, pró-Império do Capital, de longa data , Lula/Dirceu. ( Cf. ,P.e., no livro de J.N.Pinto, ” O que sei de Lula ” , com nomes e datas ) .

Entretanto,  ele , Lula, superou a crise, “mensalão” denúncias , reelegeu-se e duas vezes a Dilma, até desabar com o “petrolão”, em 2014 , e mais pelo caos  financeiro e social jogado na cara de todos os brasileiros, e povo desordenado nas ruas ,  do que por ações oposicionistas de frações também neoliberais, como as do PMDB e PSDB , ou das ” esquerdas” discordantes. Ou , muito menos , só por causa da big mídia , que , disfarçada, apoiou-o e até blindou-o certo tempo, décadas .( Entenda-se – nem  toda a mídia  , pois há frações neoliberais diferentes  ( grupos, extratos , setores)  , financiadas por capital americano, alemão, bancos ,empresas multinacionais ,etc.) 

O PODER DO IMPÉRIO

Por que sobreviveu Lula   ? Como tal ocorreu  ? Ora , só o Império teria condições da “blindagem” político-jurídica, e unidade no apoio  ,  que  então foi-lhe dado , tanto que a palavra “blindar” virou moda  àquela  época. Em outras palavras, proteção política, proteção na big mídia nacional e internacional , proteção no Judiciário(via “interpretações” , arquivamentos, prescrições, engavetamentos, etc. como tanto enfatizamos ) , na Polícia Federal (cf. o livro  de Tuma Jr. , “Assassinato  de reputações”,  policial que exerceu o segundo cargo mais importante do Ministério da Justiça, administração Lula da Silva ) , em toda parte , de cima para baixo .

Então, se tudo isso  não foi casual , complementa  um quadro que se inicia no primeiro golpe militar de 1964 e, depois, nos massacres da esquerda durante e ao final da década setenta, sendo afinal fruto de detalhado projeto executado por estrategistas competentes (e com logística, meios, etc.) e , mais ainda , com plenas condições de execução . 

O que significa recursos humanos ,  financeiros , físicos , apoio logístico. Que chegou a 2004, “mensalão” , impeachment  de Dilma/Lula , dias  atuais . Para isso, contou com um projeto de décadas , recursos , big mídia, elementos como Lula,Dirceu,Palocci,etc. O Império  do Capital. 

Seguiu tal projeto adiante na “distensão”, e após ela, chegando a nossos dias, com os resultados conhecidos. Para este nível de intervenção , ação, recursos etc. só o Império do Capital(direta ou indiretamente)  teria  condições, via seus inúmeros serviços e tentáculos. Ele construiu e sustentou Lula  da Silva, entre outros , de seu interesse político, e indicou o “engenheiro de obras” , possivelmente estrangeiro,  que chefiou a lenta implosão  , por etapas , do antigo Brasil , ainda relativamente soberano , e de forma quase despercebida pelo povo, durante muito tempo.

Isto é , a implosão mascarada, sob tapumes da mídia e outros ideológicos , da infra-estrutura econômico-social brasileira, incluindo a Petrobrás e outras empresas de porte, em especial estatais . Aliados e armas usadas – elites irresponsáveis e corruptas e $$$$/ corrupção. ( Armas usadas desde séculos em guerras e lutas – Cf.,Sun Tsé, ” A arte da guerra”). 

ESTRATÉGIA, TÁTICAS E EXECUÇĀO /VIOLÊNCIA

 

[ IMPORTANTE – O império do Capital e aliados são violentos e agem ,ilegalmente, contra a moral,ética,natureza, dignidade humana . Não respeitam regras,acordos ,religião, nada . Ao meio de tal processo político( Cf.acima), houve um outro planejamento deliberado – a liquidação das esquerdas , bem anterior à “democracia”, foi meticulosa e planejada em detalhes – primeiro, ALN e outros grupos , já na luta armada , nas cidades ; depois Araguaia(guerrilha , com frios assassinatos , inclusive dos que se renderam ; a APML , toda a liderança e organização ; PC do B citadino , na Lapa/SP(1976) ;
o velho partidão (PCB) ao final da década, com torturas e assassinatos, mesmo estando a direção desarmada e pregando a não luta armada ; e , depois, os serviços secretos do Império usaram  ardis espertos – ainda “educaram” e deixaram , para o futuro,  ex-esquerdistas “virados” nas  prisões( C/contratos de trabalho assinados) deixados livres e em atuação dentro das esquerdas , alguns logo dirigentes, inteligente “presente” , “cavalos de Tróia” largados  pelos serviços de inteligência  para as esquerdas  ( década 80, final) .Cf.Palmar,A., ” O que fizeram com nossos mortos?” , e , na última edição, já Gaspari,E., “A ditadura …”) ; 
mais tarde , ainda na transição “lenta e gradual”dos americanos-Golbery-Geisel (quanto a esta cf. em artigos anteriores detalhes de seu planejamento pelos teóricos americanos e por Golbery e Geisel, muito bem instruídos por aqueles ),  o projeto deles tenta romper com o passado , retirando , por exemplo , o PTB das mãos de Brizola(Golbery, entregando-o a Ivete Vargas ) e liquidando com o PTB/Brizola/velho sindicalismo/PCB, numa mudança brusca , impondo (via apoio indireto, oculto ) o novo sindicalismo de Lula da Silva (década 80) ].

DEMOCRACIA E “DEMOCRACIAS”

Resumindo – tentam Império e aliados locais  uma ruptura  radical com todo o passado de esquerda brasileiro – o que conseguiram(CIE/CIA) com o citado acima e a promoção evidente , à esquerda , do PT  e do “novo” PC do B – este devassado, destruído, direções  entregando tudo que sabiam,CIECIA à frente , informantes diversos , de décadas no partido, Jover Telles o mais conhecido. Quanto ao PT , com Lula , educado nos EUA/Japão , Dirceu( nunca preso?! , falha da represão, todo o MOLIPO destruído, ,fora ele e 3 ou 4) ,Palocci,etc. O sucesso parlamentar de ambos partidos ,com dezenas de deputados , e o fracasso confirmado  do PSTU, PCB e outros , todos  legais , uns e outros , parece confirmar a hipótese.
*Ainda assim , ao meio de todas essas dificuldades (em que teóricos brasileiros de nível, à esquerda, e com informações importantes e com experiência ,  foram liquidados no processo acima, chegamos a determinadas análises que não temos razões para retificar , fundamentalmente. É o caso de
o Império do Capital como o grande mentor da tragédia brasileira (Cf. artigos anteriores), aliado a uma elite traidora e irresponsável, além de corrupta ; Braz$l Província(província usado por Ianni e Darcy , entre outros ) , expressão que usamos , também um “protetorado americano”(usado por M.Unger) , desde que houve mudança qualitativa na direção política, Estado e economia ;
estados fracassados,utilizando terminologia de Chomsky ; estado de exceção informal e implícito , o que foi afirmado há anos e atos recentes de nossa Justiça e , em especial , STF, no topo dela, o comprovam inequivocamente .(Cf. arts. neste blog, anteriores, e , por exemplo, a coluna de Merval Pereira, 2-7-17, no O Globo, que bem descreve algumas oscilações comprobatórias da fórmula usada para garantir a “governabilidade” em tal regime político e sistema econômico ).
OBs. – [RISCOS – O massacre de grupos discordantes, rebeldes ,como os acima citados ,  é algo tradicional feito por classes preponderantes, de quando em vez,  de forma mais ou menos clara .A elite espartana , há séculos, bem armada , de surpresa , horas sombrias , eliminava rebeldes. Em várias sociedades antigas , classes subalternas eram proibidas de usar armas mais eficazes naquele tempo, arco e flecha , o que as levava à morte . No Brasil, há , regularmente , e implicitamente admitidos , genocídios disfarçados/exclusões violentas /desaparecimentos ( ignorados pelas  elites)  via PMs, presídios , favelas, hospitais e insegurança pública.
A ditadura de Getúlio dizimou o PCB , após a legalidade;  e  o regime terrorista (pós-64 )massacrou rebeldes desarmados , rendidos ,no Araguaia . E o PCB , também desarmado, semi-legal , em parte . Idem, os terroristas de Estado ,na Argentina e  Chile. Os EUA  perseguiram seu PC legal e simpatizantes. Liquidaram Malcolm X e outros – mortos  . E ainda os Panteras Negras . Todos na legalidade .Fizeram diversos massacres e usaram drones, no exterior , além de envolverem-se na morte de mais  de um milhâo de indonésios (o  PC era legal) . Sem contar guerras , bombas atômicas , “superbombas” ,Iraque ,etc. Em resumo, a ampla confiança na democracia e na legalidade , direitos humanos ,etc. , proposta dos EUA /aliados , parece ajudar os massacres,  sempre à esquerda . O que significa que democracias mal formuladas , sem efetiva garantia de direitos humanos , representam sério risco para participantes ou não do processo  político].

 

 

4-IMPÉRIO DO CAPITAL , PROVÍNCIAS, ESTADO FRACASSADO, ETC.

 

* Obviamente, não há interesse do Império , elites, “sistema” em funcionamento no Brasil , na divulgação do acima, o que não se vê nem  em livros de velhos “esquerdistas”  agora mais  incorporados ao “sistema ” – primeiro , porque mostra as origens da crise e do ” problema/câncer ” brasileiro  – o Império, que prevalece em todo o mundo ,quase hegemonicamente, e em sua atuação por aqui, tendo com ela destruído o “país do futuro”, hoje travado por ele , algemado (dívida pública, minérios,  legislação, ausência de autêntica oposição, etc.),desde  sua  acachapante derrota, desde 1964   ;

além disso, tal compreensão coloca em cheque as elites locais traidoras e incompetentes , das várias frações políticas neoliberais, de que  o Império necessita para administrar a província, pois  não quer nem pretende , por razões táticas, como antes exposto (e bem colocado por Ellen Wood) , nenhuma ocupação direta de território   ;

terceiro , porque essas  análises acabam por desnudarem, ao menos parcialmente,  vários dos truques usados , com êxito , contra  o povo brasileiro, caso do próprio Lula ,uma farsa,   e mostram a política como  ela é ,  de fato. Sempre  sem envolver amigos, apenas  interesses, quando se vê que o corpo da tropa militar brasileira(década sessenta) , burocrático,  também , possivelmente, foi enganado pelos ardis do Império   (como muitos brasileiros ), no caso por um grupo dos serviços secretos militares brasileiros ,   ligado e dirigido por serviços estrangeiros (CIA e outros ); os brasileiros  daqui puxados por  Golbery,  Figueiredo e  outros ( serviços secretos locais) .

Assim, estudos,  análises, pois,  desnudam como , até em  nossos dias,  o Império age  por  aqui – o que comporta mentiras, crimes, engodos, etc. (cf. arts. anteriores, Freund) . Não é do interesse dos que dirigem e mantém tal situação que  essas questões sejam sequer discutidas, muito menos desnudadas ou entendidas. Cabe não  esquecer que, antes de tudo,  e de outras  formas de luta , a primeira luta a ser travada   na sociedade, queira-se ou não ,  é pelas mentes e corações. O Império retirou esta lição  de uma de suas poucas derrotas – a do Vietnan.E assim tem agido – ideologia, antes de outros meios de conquista  . No que está certo , do seu ponto de vista . 

*Por isso tudo , (e até por este blog, como outros,  não ostentar nem os pomposos títulos de historiadores e “cientistas políticos” de Harvard ou Yale , nem o poderio social e econômico capaz de usar grandes editoras e grande mídia ) , além do exposto acima, palavras como Império,Província , Braz$l , imperialismo provocam , ou voltaram a provocar ,  reações , em nossos dias(?!) – mas  de outro tipo .

Afinal, que linguajar será este , vindo de um blog/site , e não da big mídia , quando viveríamos  o “fim da história” , um outro mundo maravilhoso de “alta tecnologia”, o do movimentado “face book” , de smart fones poderosos?! Assim indagam os “neoliberais”, que pensam ou pensavam  (mesmo ?!) que tais temas estavam  superados, em definitivo .

   5 -IMPERIALISMO

* Ridículo, segundo os neoliberais,  não acham, ficar a falar nesse tal de “imperialismo”, evidente que inexistente , e muito menos em “província”, quando se trata aqui de um tão grande e belo Brasil com bandeiras, forças militares, paradas e até Hino Nacional ? A big mídia capitalista faz com que até o uso (consagrado, com definições, origens, etc.) da palavra “neoliberalismo” , como “imperialismo” , seja execrado, desmoralizado – o que tentaram (e ainda tentam) impor é ainda  uma visão( desmoralizada já ) do tal “fim da História “, que não comportaria mais  tais discussões (Cf. em outros arts. deste blog).

* Mas, as coisas não são , não se passam e jamais serão bem assim . Porque há uma história universal, análises consagradas, provadas pela História – que envolvem palavras como “imperialismo”. Essas indagações e dúvidas quanto a esses termos (esquerda, direita, imperialismo, neoliberalismo ,etc. ) , sim, é que deveriam soarem ridículas, ainda mais vindas de jornalistas da big mídia, formados por boas (?!)universidades brasileiras , e até em algumas estrangeiras .

De fato, devem estarem originadas em jornalistas-estudantes  , na graduação ou  mesmo pós , que tiveram , como professores , muitos mestres e doutores consagrados por grandes centros universitários famosos dos EUA –  que quando falam em “imperialismo” colocam aspas, como se o termo não fosse considerado até cientificamente, fosse viciado ou contagioso , por envolver o temido vírus  anti-imperialista : ideologia .

Talvez isto  explique a ação de certos  jornalistas locais “neutros”, imaculados ideologicamente, protegidos  de  quais “virus” políticos  – isto fora,é certo ,  o condicionamento feito pelas  empresas – multinacionais  ao fundo , ou por elas sustentadas –  onde trabalham e por  seus alentados  salários, privilégios, viagens, prêmios, seguros, etc. que percebem, além de eventuais bolsas de estudo no exterior pagas por quem mesmo ?].

Essa formação no estrangeiro, na maioria americanófila,direta ou indiretamente, desde que financiadas por fundações, muitas das quais ligadas ao estado americano e seus órgãos secretos (Cf. Souders, F , “Quem paga as contas “?, sucessivamente referida por óbvios motivos ) talvez explique o que ocorre nessa distorção em que muda-se até a linguagem e a imposição dos fatos , desde que não se originaria mais da ignorância , mas sim da má-fé .

* Isto desde que a análise política e histórica, em especial, vem sendo distorcida no Brasil e alhures, de longa data (ver referências e análises em artigos anteriores , neste blog), cedendo a predominantes interesses econômicos e ideológicos.

De fato, como pode-se ignorar termos usados por mestres do porte de Moniz Bandeira, Negri e Hardt , Marx, Marcuse , Ellen Wood , Darcy Ribeiro, Octavio Ianni ,Hélio Jaguaribe , Sweezy, entre outros ? Ora, questões como “Império” e “imperialismo” são estudadas desde muito antes até  dos citados, quando lembramos um Kautsky ou Montesquieu .

    6- O NOVO PARECE ESTRANHO

 

Resultado de imagem para cartazes de protesto

* Por tudo isso , cabe prosseguir , conscientes  – análises , que não buscam apenas repetir o conhecido ou manter o nível apenas conjuntural, episódico, quase só descritivo, encontrado na nossa big mídia – apavorada em divulgar o inconveniente a seus financiadores , o que pode levar à perda de cargos importantes, programas de tv. ,etc. e, pior, que tais divulgações tenham repercussão na simples possibilidade de queda do regime político (essa desordem política e desmoralização mundial que aí está à nossa frente , mas que defende interesses capitalistas nítidos ).

*Basta ver que , depois de provas contundentes contra Lula, Dilma e Temer ,os dois primeiros pretendem ainda candidatarem-se em 2018 , para altos cargos, e Temer é defendido por ex-ministros do STF e por muitos que sustentam como ilegais ou não convincentes provas como emissários carregando dinheiro e denúncias diretas de empresários , face à ação e acordo do MPF .

Mas,  os inocentes e injustiçados Lula e Dilma, honestíssimos, incapazes de mentiras ,  não dizem uma só palavra contra ou a favor dos outros que também declaram-se injustiçados – Temer , Aécio, Moreira, etc. Mesmo caso deles – perseguidos, tudo que dizem contra eles é mentira . .Deviam dizer , já que autodeclaram-se os mais honestos do Brasil – mas , não,  não condenam a desonestidade de ninguém  .Tal confirma análises acima e de outros artigos deste blog . Mas, não há que insistir-se nisso , que está em jornais e revistas e tv – e  sim ir adiante.

  7-DA PROLIXIDADE /REPETIÇÃO À SÍNTESE

*Este avanço das análises sobre esses temas não é simples, direto, sintético, pois envolve ideologia, mentiras,  distorções , teoria, método , leituras , alinhamento de fatos passados , e do dia a dia , uns com os outros ,  e vai aparecer aos poucos , misturado com irrelevâncias, de forma prolixa , por  vezes( em geral)  apoiado em análises anteriores – repetidas – o resultado  será fruto, ver adiante, desse trabalho  complicado que vai-se transmutando em complexo e , afinal, numa síntese – como concluir , por exemplo, que (e esta análise é de anos ) o Império do Capital foi e é a força política básica (não a única)  que esteve e está ao fundo do ocorrido no Brasil, nas últimas décadas , não só quando do golpe inicial(1964) ,  mas do que ocorreu de lá para cá , inclusive a crise geral atual, desde que tendo nas mãos as rédeas do Estado,  antes brasileiro .

         Ou que trata-se de um estado fracassado de exceção , informal, implícito ; que a “democracia” atual foi planejada durante o regime terrorista, com cuidados diversos, visando o futuro e garantindo os privilégios e o autoritarismo intrínseco ao atual regime ; etc.

            Óbvio ? Mas, na big mídia, e mesmo entre artigos intelectualizados, não vemos tais claras, simples e diretas afirmações . Por quê ? Conivência ou medo de novas perspectivas ou pontos de vista ou falta de uma visão multidisciplinar ? De fato, já que , em determinados casos , não bastam para entendimento apenas os recursos da “ciência política”, mas são requeridos , por exemplo, os das “ciências jurídicas” ou até da psicanálise, além de ter-se que  atentar para dados laterais como interesses  de frações dominantes e ações de bastidores como as da CIA. ( Lição correta de Moniz Bandeira, ” Formação do Império…”).

*Em  nossos dias, quando tenta-se voltar ao passado – logo reaparecem vícios , interesses , distorções .

A Rede Globo, mais de 50 anos depois do início do movimento político, liderado pelo Império Americano do Capital , que destruiu , em definitivo, um Brasil ainda relativamente soberano e independente, resolveu aventurar-se (2017) em um seriado histórico e político sobre aqueles tempos de ditadura e terrorismo . Claro que só poderia contar suas histórias, mesmo que sendo ficção romanceada , nos limites dos interesses do Império , além de respeitar outros interesses locais de seus aliados subservientes. É o que se vê  no seriado.

Todos a serem protegidos por que tempo seja. E , historicamente, 50 anos é pouco, muito apenas na vida de indivíduos. Poupa,por exemplo , os militares , que decidiram , de cima para baixo, desde o nível do generalato e da Presidência da República, tanto assassinatos como torturas.(Gaspari, E., no seu “Ilusões … ,diversos volumes, insuspeito pois apoiado em arquivos de Golbery, Geisel, etc. e em entrevistas ).

   8-FRAUDE HISTÓRICA –

MENTIRA COMO VERDADE

 

Resultado de imagem para cartazes de protesto

* O Império do Capital , embora vitorioso por aqui , e em outros países, com sua política de intervenção e violência (ou fraudes literárias, propaganda, desinformação, mentiras – tal até admitido por Trump , além de jornalistas críticos dele , cf. arts. anteriores ) ,tem pretensões mundiais bem maiores que as de Hitler , este com o tal Reich (de mil anos ) .
Realmente , pois o Império assegurou , ou melhor, tentou assegurar a tese do tal “fim da História “ (e “pós-verdade “, fim de “esquerda e direita”, etc.) . Por isso, todos os países têm que cuidar-se , mesmo depois de tantos massacres por ele perpetrados em nome … da democracia, liberdade , direitos humanos ... isto é , em vista de suas pretensões de domínio mundial permanente, maiores que as do citado Hitler , mas perpetradas de forma mais elaboradas e sutil.
Como não tem proposta nem projeto razoável(cf. análises neste blog) , só terá um meio para isso – fraudes, mentiras, narrativas falsas, corrupção, etc. enquanto tal for possível(via os melhores serviços de informação e hoje de execução também – do mundo ), e  , de outro lado, pela força das armas – atômicas , campo em que sua supremacia é incontestável .
Além de ser insuperável nas armas tradicionais , com suas mais de 850 bases militares espalhadas pelo mundo. De fato, o Império do Capital, liderado pelos EUA, cresceu após a Segunda Guerra Mundial e ganhou campo com o desnecessário bombardeio atômico de Hiroshima e Nagazaki . 

 

  9-VIOLÊNCIA E IMPÉRIO DO CAPITAL

* Pior – ele , o Império , de um lado aparece como o arauto de uma democracia de fachada e conversa fiada , aliada de Pinochet , Médici , Suharto , Kadafi , Sadam , enquanto satisfizeram, no passado , suas reivindicações e desejos de exploração. Todos depois abandonados conforme mudança de tendências e interesses. Tanto que hoje ele tem como modelos democráticos a Arábia Saudita , Indonésia, Filipinas, Coréia do Sul , Iraque, Líbia , Afeganistão , Turquia, entre outros.

* Apesar disso , vem sendo sucessivamente contestado seja por “terroristas”até individuais, raivosos com o sistema do capital , e as bombas a eles dedicadas , islâmicos não conformados em entregar de graça seu petróleo e outras riquezas minerais, além da soberania e independência nacionais , caso dos talibãs, iraquianos e agora sírios , bem como por organizações, países, partidos de toda parte, alguns do porte de uma China, Coréia do Norte , Rússia , isto é, porte atômico. Aonde levará isso ?
*O tal terrorista rico e barbudo Bin Laden, foi liquidado numa operação ilegal no Paquistão, de madrugada , com arrombamento de residência , desrespeito a fronteiras , etc. ,um ataque mortal que ainda desprezou soberanias, ONU , leis internacionais, respeito à dignidade humana.
Mas, efeito inverso, ele agora, de fato , multiplicou-se em milhares, com atentados dentro dos EUA e na área de seus maiores aliados, na Inglaterra, França e Turquia, em especial – multiplicou-se ele em inúmeros terroristas sem rosto e nome, organizações (?) desconhecidas e dispersas pelo mundo .

 

    10 – BRAZ$L –  A FARSA/MENTIRA

Resultado de imagem para cartazes de protesto

* Médici chegou até a ser famoso – vitórias no futebol , Copa do Mundo, em 1970 , propaganda intensiva – “o milagre brasileiro” vendido em todo o mundo como real .
Até no quase sempre ridículo Braz$l Província , um dia famoso pelo futebol, desmoralizado por uns Teixeiras, Havelanges , Cabrais , Lulas, Paes, acusado de ter comprado locais de Copas e sabe-se lá mais o quê , famoso por piadas, brincadeiras ou apenas trapalhadas ditas revolucionárias.
De fato, anti-revolucionárias e provocativas, houve prisões de uma maioria de quase adolescentes, rostos exibidos na big mídia – foram presos , ao que entendemos, ao brincarem na internet de planejarem e imaginarem muito futuros atos . Punidos pelo planejamento e imaginação ? Não conhecemos esses artigos dos nossos códigos , mas devem existir.
* De qualquer modo, o Império sempre protegido, escondido, colocado em terceiro plano , tanto nos próprios EUA, como na Europa ou Oriente Médio , pois afinal são ou não são um grande Império do Capital, com mais de 850 bases militares espalhadas pelo mundo, capazes de matarem 500 mil ou l milhão de pessoas de uma só vez (como provaram em Nagazaki, Hiroshima, Indonesia e até Oriente Médio (quanto a tal superbomba liquidou ? Não divulgado ) .

* Por exemplo, por aqui, o Império foi e continua protegido por uma Rede Globo, que até chegou a fazer meia autocrítica pelo apoio à ditadura e ao regime terrorista, mas não pela sua subserviência ao Império do Capital, que continua impávido liderando-a .

De qualquer modo, certa autocrítica, coisa tão rara que nem o PT ainda o fez da traição nacional cometida de seus líderes a seu próprio programa e ao socialismo e independência nacionais , além da assunção de um descarado e mascarado neoliberalismo antinacional .

* Mas , ela, a própria Rede Globo e outras redes de comunicação nacionais protegeram ,cederam, promoveram tudo que se passou na década sessenta(primeiro , antes do primeiro golpe , agitação antidemocrática e antinacional , corrupção de parlamentares, IBAD , IPES, ações de apoio à inteligência americana, sabotagem , etc.), que levaram ao golpe inicial de 1964 .

E depois a um regime terrorista, supervisionado e dirigido, ao fundo, mascarados , pelo Império e seus agentes locais, alguns expostos, outros não , cujos resultados estão – e bem nítidos – à nossa volta : 2017 .

    11-AS “ELITES” E O PASSADO

 

Imagem relacionada

* De fato, jornais como Folha de São Paulo chegaram a cederem transporte para os torturadores da OBAN, um Delfim Netto, hoje, ainda e sempre adulado pelas redes de mídia como grande economista e inteligência política (qual , desde que sempre subserviente às diretrizes do Império ? ) , arrecadou recursos para torturadores , jornais fecharam carga contra nacionalistas e “comunistas , sendo que alguns o eram , outros não , coonestaram torturas, assassinatos, prisões, durante anos, protegendo seus autores.

Foram responsáveis diretos pelo que se passou, até pela tal “distensão lenta e gradual” dos americanos-Golbery-Geisel e do que se passou depois – Constituinte NÃO Independente, distorções, corrupção, etc.

*Depois, vinda a “democracia”, via Constituinte (meia Constituinte, desde que Congresso Constituinte ) bastante corrompida (vide”O Jogo da Direita”,de R.A.Dreifuss, por exemplo, e artigos anteriores neste site ) – foi uma das principais construtoras e apoiadoras deste Estado Frankenstein que está aí , tendo seus dirigentes reaparecido , na democracia , como bilionários, as redes oligopolizadas, poucas família controlando quase toda a grande mídia.

Cita-se a Rede Globo, mas houve outras, que cresceram e enriqueceram da mesma forma, exatamente naqueles tempos. E que depois vão aparecer como “donos da comunicação” – já na “democracia”, essa mesma , já adulta , mostrando seu caráter, bem à nossa volta .

    12-“GLOBO “ – A MEIA-VERDADE

* Assim, no seu seriado,a Globo , por exemplo , omite seu próprio papel, limita ao mínimo o papel de militares torturadores (decisão do regime em torturar e assassinar , vinda de cima para baixo, a nível dos generais que comandaram o processo por aqui – Cf. “As ilusões armadas”, de E.Gaspari, apoiado em depoimentos e nos próprios arquivos desses generais, Geisel , Golbery e outros .Isto além de pesquisas financiadas por fundações americanas , nos EUA – o que quer-se dizer, não passíveis de suspeitas, verdadeiras confissões escritas e documentadas ).

* Quanto ao papel do Império, seus organismos secretos, etc. – nem uma palavra da Rede Globo . Será útil , ou educativo, algo assim, um seriado de tal tipo ?

As meias verdades, tipos as de um “brazilianista’ Skidmore (Exemplo – “Brasil , de Getúlio a Castelo”, modelo de distorção e cinismo histórico ) e outros , em livros pseudo-científicos, feitos por americanos cheios de títulos (e compromissos debaixo dos panos ) já desnudadas – suas “academias” e pós-graduações, seriamente comprometidas com inverdades e distorções históricas, desde que financiadas por fundações americanas tendo por trás, provadamente, a CIA. (Uma Saunders ou mesmo  Sweezy , há décadas, mostraram isso .Cf. arts. anteriores com detalhes maiores e fontes ).

Ou alguém acha que a CIA e outras agências de inteligências deixariam em arquivos , “liberados após 30 anos ou 40 anos”, em bibliotecas , informações realmente inconvenientes para eles , do Império ?

13 -HISTÓRIA – COM LETRA H MAIÚSCULA

* Mas, aparecem livros,  por aqui,com verdades insofismáveis, baseados nesses arquivos americanos e nos arquivos de agentes secretos brasileiros, tipo Golbery , Figueiredo e outros , todos participantes da trama que liquidou o Brasil soberano , desde antes da tomada do Estado .(Cf.Dreifuss, “1964- A conquista. “)- que vão influenciar jornalistas, estudantes, universitários e até esquerdas e “esquerdas”, as últimas deliciadas com tais “verdades” convenientes. Autores até americanos e outros trazem contribuições – um Baran , Sweezy , Tocqueville , Wood , Marx, Petras e tantos outros.

* A Rede Globo enfatiza gritos vazios de “diretas já”, “democracia” e “abaixo a ditadura “, ou seja, aqueles que desde décadas o próprio Império vem apoiando , via desde Carter e outros seus presidentes . E que,em nossos dias, não há problema em exibir . Muito ao contrário.

De fato – por aqui, e também alhures, destruída a possibilidade de um Brasil soberano , assassinados líderes mais independentes , corrompidos os mais fracos das “elites”, intimidado e confuso o povo pelo medo e falsos líderes à esquerda  – para que mesmo “ditadura “?

Ora, o Capital , ganhos os mercados, asseguradas as matérias primas,  precisa é de tranquilidade e estabilidade e garantias jurídicas para a acumulação multiplicada.(Wood, “O Império do Capital” . R .  Luxemburgo ,”A acumulação do capital “.etc.). Óbvio, mas cabe repetir.

*Então, para que regimes terroristas ? Estes só servem para a conquista de mercados e meios de produção e matérias primas  . Depois, nada melhor que uma “democracia” de acordo com os interesses citados ,como ocorreu no Brasil desde 1985, aproximadamente . Bem, e os  resultados desse processo, do lado da vítima do projeto ou da  experiência “neoliberal” ?

* À nossa volta. Os culpados ? Evidentes. É só tentar olhar o panorama, com independência, sem estar sufocado por direções partidárias corrompidas, clara ou ocultamente, ou sob aquelas ,na verdade, a mando do Império – secretamente, mascaradas .

* A derrota sucessiva dos brasileiros, desde a década sessenta, em especial do primeiro golpe de 1964 , foi acachapante – já em pleno caminho da derrota , ainda aparece uma estranha guerrilha , sem mínimas  condições de vitória , e lançada  por forças divididas , com diferentes projetos.

Isso por ignorância teórica, erros acachapantes ou má-fé capaz de enganar despreparados, servindo de desculpa, pretexto , provocação para uma repressão maior ainda , juntamente com a destruição nacional –  política, econômica e social ?

Wood mostra como pode sofrer o povo , de países atrasados ,  ao meio disso , com  “elites” neoliberais e o Império escondendo-se sob as desculpas das condicionantes do “mercado” –  em geral significando dívida pública (manipulada), concorrência , uso do Estado a favor do grande capital , privatizações, entre outros .

Portanto, a bandeira de defesa popular , mesmo contra o estado anti-nacional e anti-popular , terá que ser nacional – e democrática. Não é problema do povo brasileiro se, como diz Wood, o capitalismo é incompatível com a democracia.  Ela deve servir ao povo brasileiro sendo cada vez mais autêntica. “Soberania popular ” está prevista até nessa atual Constituição.

O povo quer a defesa de seus direitos, direito à dignidade humana – terra, comida, casa, saúde, salário digno , segurança – o que um estado fracassado , como o brasileiro, não propicia – quer democracia não ideal  mas mais real, em que participe do controle do poder e não apenas  de uma liberalização , em que pode apenas , e eventualmente , (porque tem que trabalhar,seu tempo é curto , recursos restritos ) gritar o que puder, nas ruas, controlado por uma PM que, na surdina , o assassina, tortura e coage – quando não vende tóxicos pelas esquinas. (Cf. O Globo, 2-7-17).

  14 -DEMOCRACIA E DEFESA DOS BRASILEIROS

 

Resultado de imagem para cartazes de protesto

* A bandeira democrática e nacional das esquerdas e democratas foi abandonada por uma bandeira ostensivamente comunista (?!) , armada, ao final da década sessenta , início da setenta , sem sequer ter um projeto em vista e muito menos apoio popular . O abandono da reação anti-golpe por parte dos empresários nacionais ( o empresariado comprometido com o primeiro golpe e o que depois ocorreu via em especial IPES, com uma longa lista de adesões . Cf. Dreifuss,”1964 …ib.) levou as esquerdas a desiludirem-se com a tal “burguesia nacional”.

Só que os valores dela atingem classes médias, em geral, pequenos comerciantes  , militares e até o operariado e campesinato. São aqueles valores (democracia , honra, dignidade, igualdade, democracia para todos , nacionalismo, pátria, família, direito à religião  ) que ainda mantém povos unidos e cuja ofensa causa indignação profunda e radical .

Esses valores todos estão sendo desprezados neste momento, ofendidos pelo próprio Estado, “elites, oligarquias – no Braz$l já aviltado. Putin os invoca na Rússia , Trump nos EUA e assim por diante – mesmo lá a situação sendo outra, riscos de destruição nacional muito menores. Refletir.

E quando as esquerdas, no passado,  tiveram em mente um  tal projeto de luta armada , tinham em vista modelos – tratar-se-ia da China da década 40 , ou da URSS , da década de 20 ou de uma Cuba, exceção , em busca de caminhos, da década de 50.

Travada foi , então ,uma luta sem quaisquer condições, e servindo de justificativa e pretexto para o Império – matar , assassinar, tomar o comando da Nação , sob a desculpa do comunismo e terrorismo iminente.

Mas, o que ele no fundo queria impedir – e o conseguiu – era uma potência, ainda que média, soberana e independente, na América do Sul. (Chomsky , citando documentos da segurança nacional americana, o prova inequivocamente. Essa política dos EUA não era apenas relativa ao Brasil, mas a todas as colônias americanas. (Cf. “Como entender o poder .”).

Há provas de que a guerrilha foi  incentivada , no Brasil, pelo Império, para justificar a repressão. Isto vale também para algumas provocações  – caso , sem dúvida, do atentado feito no Aeroporto de Guararapes ,contra Costa e Silva, de direita, mas atribuído às esquerdas.

[E tomado como verdade por uma afirmação de Betinho, então dirigente da AP. O atentado foi negado por Alípio de Freitas, dirigente, conhecedor do caso ,  décadas depois, pouco valendo a informação de Betinho, pois poderia ignorar  ter havido infiltração de serviços secretos  numa AP, na época , (1967)  , organizada de forma muito insegura .Mais  tarde , essa questão foi bem discutida , os militares jamais sabendo exatamente a quem atribuir o atentado . Cf. neste blog e pesquise .
Provável provocação contra Costa e Silva e os militares que o apoiavam desde que ele pretendia uma volta à democracia , eleições, Congresso aberto, etc. Castelo e outros o combateram de forma violenta, articulando uma série de medidas impopulares, de forma a jogá-lo contra as esquerdas e o povo . Costa acabou sofrendo um golpe ,  com o AI-5 impingido pela garganta , e depois outros, quando assume , com sua doença,  uma Junta Militar extremista e americanófila , ao invés de seu vice-presidente civil ] .

Tal vale também para o estranho sequestro do embaixador dos EUA , até sem conhecimento de Marighella , que provocou violenta repressão e onda de prisões (o que Marighella até esperava, desde que soube ) . O fato é que a própria guerrilha de Marighella era conhecida da CIA e , como outros atos anti-regime de então,  não foi previamente interrompida, mas incentivada – por que razão ?

Justificar por mais tempo o regime terrorista ; liquidar quadros de esquerda ; consolidar o domínio(já existente) sobre a futura província  . (Sobre a falta de condições para a luta armada, e o acima analisado , importante conferir a ”revolução impossível”, bem ilustrada (L.Mir,”A revolução impossível”).

* Uma grande maioria de grupos sem qualquer preparo marxista , estrutura política, voltada para um militarismo desordenado – portanto, abertas as condições de derrota – foram os que tentaram uma absurda luta contra profissionais armados.

Tanto que um militar brasileiro, dos serviços secretos, disse que jamais enfrentou operários ou camponeses , mas uma grande maioria de estudantes e intelectuais , “filhinhos de papai” em grande número, completamente despreparados . (Cf. “Os anos de chumbo …”, as memórias do lado militar, da FGV, org.Maria C. D.Araujo e outros ). Os camponeses e operários seriam em número mínimo.

Exagero , talvez , mas com certo teor de parcial verdade , como pode-se ver no arrolamento final de militantes constante no livro de Mir, L., id., antes citado.

* Hoje, 50 anos depois, no Brasil , tanto os traidores nacionais, democratas, como esquerdas, direita nacional, falsas esquerdas,ou seja “esquerdas”tipo as que apoiam Lula da Silva , mostram-se perdidos e confusos . Muitos militam, sem perceberem, enganados , contra seus próprios objetivos, utopias, sonhos. Só quem lucra com a confusão – o Império e os traidores conscientes.

       Fora , parcialmente, os últimos , cujo único objetivo (não tão secreto) parece ser salvar Lula da prisão (e parece que estão se dando bem , até agora, no estado de exceção informal corrompido existente ) e buscar ainda o poder estatal (aliás, para quê? Roubar, desorganizar, trair mais ainda ?) . Ao fundo , defendendo o Império, conscientes ou não disso.

       Mas, não se trataria de assumirem as oposições  uma   luta democrática de amplo espectro e em defesa do povo brasileiro , tão aviltado e humilhado ? Não uma luta só defensiva,  de contra reformas, mas, sim ,  propositiva ?

    15-LULA, SEMPRE À MÃO DO IMPÉRIO

Resultado de imagem para cartazes de protesto

* Império . Este estará por aqui tão desesperado que será capaz de tirar do túmulo político (embora disfarçado por pesquisas, festas, tentativa de expectativa de poder ) o cadáver do operário traidor do ABC ?

Sim, aquele, com política sindical dos sindicatos americanos(AFL-CIO), apoiado então(início década 80,) pela embaixada dos EUA, em greves , com curso nos EUA e Japão , recuperando-o para mais uma vez ser ainda útil politicamente ?(Sobre Lula da Silva, referências, análises, etc. cf. arts. anteriores. Tudo afirmado está comprovado. Não citamos a acusação de Tuma Jr., que Lula foi informante de seu pai, o “Tumão”, mas há testemunhas e indícios vários . Cf., pesquisar ) .

De fato, seria o Império o único que , unificadas suas forças locais, teria condições para tal – provocar o que ocorreu no Brasil e construir um êxito político como Lulça da Silva – cuja política , provadamente, o favoreceu, traindo seu partido, o PT, e o povo brasileiro.

Tão poderoso que até hoje há quem tenha medo de analisá-lo e muito mais de criticá-lo . Basta ver que após a flagrante traição e corrupção de Lula quando no “mensalão”, ele (só pode ser o Império )_ainda “blindou-o”, usando a Justiça ideologizada e corrompida , permitindo sua reeleição , e ainda a de Dilma , duas vezes , até a catástrofe posterior já evidente em 2013 , que culminou no impeachment de Dilma .

Tal foi incrível manifestação de poder de fato .O nome disso – Política e Poder, logística, recursos,propaganda, influência na big mídia e controle dela  . Mas, hoje seria muito mais complicado, não complexo , pelo desgaste de Lula e sua já identificada política, havendo risco de uma debacle do regime, nessa hipótese. Possível , sempre é , face ao poderio do Império. Mas , improvável, pois muito arriscado tal , mesmo para ele.

Ele , Império, não   promoveria nova afirmação de Lula à frente da Província Braz$l , muito arriscada, depois da tragédia a farsa (?!)senão em “último caso”, o que não ocorre mesmo com a crise que hoje envolve o Brasil . Lula trabalhou tão bem que as esquerdas estão enfraquecidas e desordenadas .

E as “esquerdas” dele , cooptadas e corrompidas (James Petras, com razão), todos assim sem capacidade para   séria oposição – mesmo havendo condições propícias . Exemplo –  sequer de denunciar o acima ou gritar contra o Império. Os lulistas poderão fazer isso ?

De qualquer modo, a  queda de Dilma, a retirada de maior capacidade de cooptação e corrupção das mãos de Lula e cia . abriram caminho para uma reorganização de forças e reflexão à esquerda , um grande avanço naquele momento.

  16 -ANÁLISES ERRADAS,

     PROPOSTAS ERRADAS?

* O povo brasileiro patina em meio a análises falseadas , ou muito limitadas, da big mídia, distraído com brincadeiras no face-book , vaidades tradicionais brasileiras (Sergio B.de Holanda, “Raízes…”) estimuladas , análises históricas distorcidas – e os que discordam gritam nas ruas –”‘ diretas já” e “fora Temer” .

Algo ridículo, quer-se de novo um Lula ou Dilma ? Ora , Temer estava composto com eles , todos,  como o povo já diz, “farinha do mesmo saco “ … neoliberal, promovido pelo Império do Capital. Quer dizer, massas populares  mobilizam-se, gastam recursos, desgastam-se , etc. para gritarem em prol do Império, por outra de suas frações neoliberais.(?!)

*Claro que eleições diretas, no país como está, elegerão, com certeza , outro neoliberal do mesmo tipo e programa – e ainda legitimarão o regime político absurdo atual , com uma Justiça de exceção distorcida a ponto tal que exibe parte de suas entranhas e absurdos –  em público. Imagine-se o que não exibe . Resumindo – essas “oposições”, com manifestações protegidas pela PM , que serve ao regime, que serve ao Império , irão para onde ?

* Lugar nenhum, coonestando , de fato ,  o poder do …Império do Capital, por trás de tudo isso. Palavras de ordem, táticas, organização ,etc. tudo de acordo com os interesses do Império , que, claro ,pretende que “tudo isso”, pseudamente antineoliberal, seja ainda liderado por … seus velho quadro  Lula da Silva ou outro de face mais renovada, tipo Dória ou outro da mesma espécie.

*Enquanto isso… Meirelles navega calmo e tranquilo, dirigindo a economia superdeteriorada pela superexploração do povo brasileiro (os maiores juros do mundo , há anos, dívida indiscutida e não contestada, a maior província do Império …). Foi ministro de Lula durante 8 anos  e agora é ministro de Temer – no intervalo Mantegna e Dilma, aprendizes de feiticeiro . De resto , a Justiça , mesmo toda distorcida, mostrando parte do que eles fizeram do Brasil – Braz$l Província.

Por quê afirmamos o acima  ? Porque o Império ,como vimos, hoje realiza diferente tipo de dominação , sem tropas , sem aparecer , sempre nos bastidores, e separando a política da economia , deixando as direções de ambas literalmente separadas .(Wood,ib.).Segue , no Brasil, sua receita genérica – confira.

Por isso se vê, no Braz$l , um caos político , com Temer e sua administração tratando de protegerem-se , atacando o Procurador Geral , vendo advogados, usando a mídia, cooptando, etc. E a economia ,seus dirigentes silenciosos, administrando .

Temer , como os anteriores, inclusive Lula, não governa – agora, nem administra , fora o mínimo. Trata de manter-se no poder e já com apoio a essa pretensão de ir até 2018 sustentada pela FIESP e outros órgãos empresariais, que temem a instabilidade (Cf. jornais 2-7-17, e O GlOBO)

*É preciso entender como atua o capital no século XXI , sua estratégia e táticas , e antes de tudo entender que o inimigo é ele e não uma fração neoliberal disputando gerência ou administração local – note-se, sequer o governo – e disputa isso com outras frações neoliberais ou setores e grupos dentre elas.

Como disse alguém, agora, e há muito tempo(Prestes, entre outros ) o Império está aqui dentro , desde 64, nos mais altos cargos , com parte visível e a maior parte invisível,  para ele sempre trabalhando .(“Prestes “, de Anita Prestes. A afirmação vai ao encontro de Dreifuss, R.A, “1964- a conquista do Estado ” ).

*Ellen Wood avançou estudos sobre as novas formas de atuação do Imperialismo e até mesmo dos tipos envolvidos nessa denominação , que merecem serem estudadas .(Imperialismo de propriedades, comercial, etc. e o atual – Império do Capital).

Ela ainda mostrou como se esconde o Império e suas táticas, inclusive o uso constante do termo “mercado” como justificador de uma situação , como já referido – ela tenta ,ao mostrar as novas táticas do Império e suas atuais características, em sentido contrário  , apontar os antídotos.

  17 -PROVÍNCIA BRAZ$L –

SONHO PARA O IMPÉRIO

Aparentemente , de forma paradoxal, o Império , depois de livrar-se  dos militares(que o incomodavam, com resquícios nacionalistas de direita) , avançou suas garras sobre o Brasil ; Geisel chocou-se com a política americana , revogou o acordo militar ( secreto) com os EUA e hostilizou a política do então Presidente Carter, enquanto depois  o Império maximizava seus lucros mesmo nas administrações dos  incompetentes e corruptos gestores públicos os mais descarados,  a corrupção espalhando-se , desde os  primeiros tempos de “democracia” , com  Sarney , Collor e um FHC de joelhos .

      Após  o golpe inicial  (1964) , o Império assumiu ,desde logo, suas ambições de retirar o máximo da economia da pobre província desgovernada e ajoelhada. Fez isso, aliás,antes, durante e depois, especialmente, do regime militar  – minérios, terras, capital , etc. assaltados , “legalmente”, tanto   nos primeiros anos da “ditadura “( com respaldo do General Castelo Branco . OBs.- Até o Governador de MG ,Magalhães Pinto, reclamou muito quanto aos  minérios de Minas )  , como  quando da transição  (de 1986).

O Império , livre dos militares que ainda exerciam alguma trava política e econômica quando dirigindo o país, deslanchou seus interesses econômicos,  após a saída deles. (Cf. livros diversos , artigos anteriores, pesquise. ).

Por último , sonho dos sonhos, o Império dirigindo o Brasil através de um velho quadro seu, adepto assumido da AFL-CIO , federação trabalhadora dos EUA, que lá estudou e foi instruído– Lula da Silva( Cf.,pesquise, veja arts.neste blog) . O que ele fez , como antes FHC , e depois Dilma, traição nacional sem dúvida (embora não haja aqui legislação específica nesse sentido ) , está descrito nos artigos aqui publicados de James Petras (ver índice) e no livro  dele ,  já citado (“Brasil – Lula , Ano Zero “), entre outros.

*     Este último , Lula – a figura central nas últimas décadas da política brasileira, tanto do lado das administrações( Estado)  como na “oposição”, daí tantas menções feitas a ele , e ao papel fundamental que exerceu nos acontecimentos   – com gestos e palavras teatrais, estudadas  declarando-se – “o mais honesto do Brasil ; ou  que ” no Brasil nunca dantes …” ;  que seria ele a  “metamorfose ambulante …”( forma de se justificar e às suas incoerências e mentiras) , uma vítima da “lavajato” , um “perseguido …”- sempre ator de  qualidade, um Mazaropi do passado, ou Zé Trindade ,  fantasiado de operário sofrido ( o que foi por pouco tempo, Cf.bibliografia sobre ele e Garnero,M., ” Jogo duro ” ).

   Esse papel ,político,que falhou para outros operários que tentaram a vida política ( Ibrahim,Peres,etc.) , mais sérios e diretos , no caso dele logo vingou , desde que bem  instruído e protegido, ao menos para uma maioria popular de analfabetos ou analfabetos funcionais, num teatro mambembe chamado Brasil  .

Nem mesmo o fato de Lula receber tantos prêmios do Império e o título de “o Cara”, dado por Obama/Presidente dos  EUA , merecidamente, é verdade (pelo auxílio dado por ele ao Império e ao neoliberalismo ,  em geral)  , fez a massa popular desconfiar. ( Cf. A real política de Lula  no livro de Petras , citado , e em  “A década perdida” , de M.A.Villa ;  ou em C.Safatle e outros , ” Anatomia de um desastre” ) . Com propaganda maciça e inteligente a favor , nada fez seus adeptos desconfiarem dele -que havia algo errado na sua tão bem sucedida política de aparente esquerda .

  O PRESTÍGIO DO LÍDER NEOLIBERAL LULA 

Lula e os prêmios do Império. Exato, com ele ,  o contrário que costuma fazer  o Império com seus desafetos,  tipo Putin , Iran, Coréia do Norte, Kadafi, Sadam , China e, bem aqui perto, de forma violenta, com a Venezuela. O que fala por si só.

[ Correção – se o bolso fala primeiro (cargos, eleições, verbas ,etc.) , para uma grande maioria de militantes  envolvida em política , dá para entender o comportamento deles  –  como  poderia aquela maioria ver ou sequer  perceber qualquer coisa estranha em Lula e sua política , se dela   participante no poder estatal, parte dela  beneficiada até com altos e bem remunerados  empregos ?

Como discordar ou criticar , se essa maioria  de militantes depende do PT e de Lula, que o controla  ? Não foi casual ou à tôa , pois, que “nada tenham percebido” , nem  antes das denúncias da corrupçào e contradições lulistas , nem agora, e durante décadas  . Isto também explicaria  a fidelidade política dela a Lula , em comícios e manifestações, ainda hoje lideradas  pelo  petista – o bolso influencia e o PT tem ainda muitas prefeituras, deputados, senadores  ,cargos, poder político – capazes de encher praças públicas com militantes , muitos funcionários de gabinetes, prefeituras, deputados , etc.,  se convocados .

Agora mesmo está  ameaçando fazer  protestos de rua se o Juiz Moro ousar condenar Lula, acusado de vários ilícitos  . Trata-se , como visto, de novo tipo de neofascismo , peculiar,  pela exaltação ao líder , política neoliberal por ele defendida( na práxis , anos de administração, apoios recebidos do grande capital, apoios  dados a ele , declarações , biografia ,etc.) , ameaças de uso da força ( antes, ainda com Dilma  administrando , em vários momentos) , manipulação de massas em proveito apenas do líder , rejeição de  mecanismos judiciários da “democracia” (  mas sem contestá-los em geral, no capitalismo, apenas contestando  casos específicos) .

   Isto tudo ocorreu e ainda ocorre enquanto o líder petista fingia-se/finge de anti-neoliberal(arte das artes da política), dentro e fora do país e até em foros internacionais .Ele faz-se de “líder de esquerda” de um país em pleno desenvolvimento, isto era o que se proclamava  . De fato , ele, Lula,  uma farsa ,  verdadeiro Macunaíma político, meio  herói farsante, pés de barro , do Brasil o mais miserável e ignorante .

        Agora, o tal  país, “bem sucedido”, já chamado de Braz$l  Província , execrado e desmoralizado até pela mídia imperial internacional, com o líder secreto do Império fingindo  fazer fraca oposição ao novo ” governo neoliberal “brasileiro  – o país e ele uma  vergonha ,  falência política e desprestígio  mundial incontestável .

        Além da humilhação internacional, sendo  até ridícularizado  , desde que com uma oposição   liderada por um farsante já conhecido ,  fingindo-se de esquerda, o país ainda assiste sua  insistência em querer liderar as esquerdas ,  como antes fez ,  enquanto  destruía-as por dentro. Esquerdas , as verdadeiras esquerdas . Ele , dispondo do aparato estatal, recursos , caixa 2 provável, corrompia-as  – informando,  aliciando, traindo, ganhando tempo  .( Petras,J. , in.) .

     Hoje . Quase 50 por cento dos brasileiros declaram  ter vergonha de serem brasileiros. Mas, Lula da Silva ainda é apontado pela big mídia do Império , caso do Estadão (e Lamounier) , como o “inconteste líder das esquerdas”. Este o desejo , sim, inconteste,  do Império, seu sonho , a continuidade dele .Continuam , como se vê , promovendo-o.  Querem  usá-lo mais  ainda .

*O projeto do Império muito  bem sucedido.Festa de seus adeptos, elites corrompidas, redes de comunicação.  Parabéns aos estrategistas dele  , Império,  êxito total, aniquilaram o famoso “país do futuro “. Melhor que isso , impossível, para quem não queria nacionalismo, competição , industrialização e muito menos potências médias na América Latina, ou sequer ouvir falar-se em soberania e independência (checar Chomsky, id., cf . artigos e fontes oficiais americanas ).

As “oposições “ nas ruas gritando “diretas já” e “fora Temer”, melhor impossível ,  repita-se , desde que  palavras de ordem mais que inocentes. Manifestaçōes . Líderes e povo “protegidos” pela insigne PM , bem perto deles , serviços secretos dela e outros bem infiltrados, para indicar líderes ou “agitadores’ ou “vândalos” – e prendê-los na hora ou depois – identificando-os, seguindo-os, pegando toda a corrente organizacional, como tão bem o faziam durante a “ditadura”, isto é , quando no regime terrorista hediondo.

*Sonho dos sonhos. A maior província do mundo “pacificada”, só com pequenas turbulências, a gestão econômica totalmente separada da política (no molde do Império) ,gritando “diretas já”. Nada de questionar a dívida pública falseada , a inflação sempre manipulada , a desindustrialização, a traição nacional de Lula e outros , as análises históricas distorcidas,  ou gritar contra o Império,  etc.

*Os estrategistas do Império devem estar rindo . Nem em sonho poderia haver melhor situação, para ele , por aqui  . Só não  dão mais  medalhas para Lula da Silva porque isso, a essa altura ,  o indicaria como  um deles  . Não se houve mais falar  em palestras (atuais) feitas por Lula . Por quê ?

Delfim Netto, envolvido , época de terrorismo ,em arrecadação financeira para a OBAN(torturas) , inteligente, estava quase certo – “Lula foi o salvador do capitalismo brasileiro”. Não totalmente certo, todavia ,  porque Lula salvou um destrambelhado ,  dependente, superexplorador e corruptor capitalismo internacional , ajudando a consolidá-lo no Brasil.  Quase pode-se dizer que ele foi o consolidador da Província  Braz$l. Salvou as atividades do imperialismo por aqui.

Mas, o ideal do e para o Império e aliados é consolidar  mais a  dominação direta exercida, via prepostos locais subservientes , com , por exemplo, a instalação de cassinos , eleições diretas , um neoliberal de confiança tipo Dória eleito(Lula  já estaria  muito “queimado”), o que legitimaria o regime e sistema, com  mais  um acordão secreto , pacificador, conciliador ( provável já afirmado, em execução ) .

Sim, nos bastidores por  enquanto,  para que acalme (mais ainda ) o PT(com um acordo com Lula, Dilma, etc., talvez a  aposentadoria ou inocentes eleições deles ) , com o PC do B, CUT , em resumo , toda aquela “fiel oposição de sua majestade – o Império”. O jogo retórico , no caso, consistIrma  na 1 –  afirmação ; e 2 – negação . E só, pois o que não se pode admitir  é a desconfirmação .Ou seja , jogadores que neguem o próprio jogo ou dêem um pontapé no tabuleiro. 

A  OPOSIÇÃO DO IMPERADOR

Fiel oposição/conciliação. Como, por exemplo, absolvição de vários acusados , pelo STF político (com suas várias frações políticas neoliberais ) ,  soltura imediata de alguns acusados  , omissão quanto a eles ou simples  esquecimento de ilícitos de líderes partidários, engavetamento de certos processos , pedido de vistas de outros, prescrição de muitos , saída do Procurador Geral, com conveniente substituto(está já conseguida e acertada).

O Império quer a província pacificada, acalmada, sem mudança de regime e muito menos sistema. Devagar, ir mudando de assunto, de crise, calando as “esquerdas”, todas legais , infiltrando-as (imagine-se o que fizeram todos  esses anos )  e , se possível, destruindo mais ainda (por dentro, em especial ) as esquerdas verdadeiras , e também  reprimindo-as nas ruas, fazendo prisões específicas dos recalcitrantes, arranjando desculpas via provocações  .

Naquele final da administração Dilma/Lula ,antes do impeachment ,   o esquema de destruição maior ainda das esquerdas , provavelmente, estava em curso– comunistas verdadeiros e corruptos de Lula , todos misturados , alvo mais fácil e  justificável . O epíteto de corruptos e comunistas servia para todos.

Assim , buscava-se  provocação à esquerda  para que pudesse haver  reação violenta à direita , pois quereriam  que os verdadeiros esquerdistas reagissem em defesa de Lula e  sua “esquerda corrupta “, todos misturados, quebrando-se a legislação em vigor. Provocaram e queriam reação , à época , não da falsa esquerda que serve ao Império, mas da verdadeira , reagindo  por alguma  confiança  na “democracia”.

O regime quase, quase mostrou  sua face oculta naqueles acontecimentos  – repressão e autoritarismo sobre os verdadeiros opositores de esquerda  .

PROVOCAÇÕES ,  SEMPRE ELAS 

Mas,  as esquerdas recuaram , entāo, não foram tão longe na defesa da fração neoliberal  lulista , pois já  identificavam  Lula e suas falsas esquerdas. O que foi uma pena para o Império e  seus agentes , já nas ruas, misturados com o povão , em passeatas, pois teriam aproveitado a oportunidade para escolher os realmente de esquerda e infligir-lhes danos efetivos . Além de desmoralizar as esquerdas .

Não puderam  , insista-se , apenas porque as verdadeiras esquerdas não caíram na armadilha . E as falsas esquerdas lulistas, até com o Ministério da Defesa (!? ) nas mãos , na verdade braço do neoliberalismo  o mais à direita , não reagiram – é claro. Entregaram tudo , poder estatal , instituições, secretarias ,  de bandeja, para uma aliança entre outras frações neoliberais , elas agora assumindo o centro de gravidade  do poder .

Sua defesa apenas emitiu  gritinhos de “golpe”e foi  logo para a “oposição”- nada  mais. Delicados todos como mocinhas de colégios de freira, depois de tantas ameaças . Fora eventuais e raros falsos rugidos de Lula, o ator  , chefe dessa corrente neoliberal decadente  .

   18 -“DIRETAS JÁ”

OU

CONSTITUINTE INDEPENDENTE ?

 

Resultado de imagem para cartazes de protesto

Acalmar, pacificar . Constituinte ? O que é isso ? Esse regime está muito bom, funciona (para ele, Império) , teve algumas falhas, normais, para que mudar ? “Diretas já” ainda pode ser o  melhor , agora  e em 2018, pois irá  legitimar um novo “neoliberal” , mesma linha mais ou menos, o povo naus uma vez enganado . Fora  isso, só se impossível pela crise e por talvez haver povo demais nas ruas –e povo ” mal educado”, quebrando, agitando, saqueando .

Comportado o povo , sem problemas maiores ,as  autoridades encontrarão  desculpas, como “tratar-se de uma grande democracia”, onde o “debate é natural” , aquela conversa fiada eficaz – e ignorar-se-á reivindicações populares  (sem  responder a elas ) , como vem-se fazendo  há tempos – Lula e Dilma o fizeram e Temer também. .

O que é um recado para as forças realmente democráticas – se reivindicarem  estradas , salários, hospitais, saúde em geral, transportes, segurança pública, infraestrutura em geral , etc. , analisando, explicando ao povo , de forma  objetiva ,  nada disso a administração poderá entregar , mostrando sua incompetência, programa errado , incapacidade. O que significa ter que mudar . Como , para onde ?Nāo tem recursos  nem investimentos . E cada vez tem menos para privatizar ou vender. 

       BRAZ$l 2017

*O Legislativo corrompido , sob controle imperial  ; idem Executivo,dirigido por alguém pego em flagrante, que nega-se a deixar o cargo ; um Judiciário de maus atores a exibir uma novidade brasileira – o Judiciário Político , partidário, brigando suas frações entre si, totalmente “fora da lei”, interpretando para um lado ou outro, conforme interesses ,  mostrando como Lula foi blindado no “mensalão”.

E continua funcionando  , parcialmente , a CF/88 (divergências internas no Judiciário Político, alguns procuradores e juízes ainda nacionais pautando-se pela velha e carcuida e desmoralizada Constituição)  . Mas, isto é, prevalecendo agora a chicana judiciária, dos tribunais , ofuscando aquela antiga de advogados de “porta de xadrez.” O Braz$l ,como  sempre, inovando – o primeiro do mundo.

*Desmoralização internacional, forças militares apenas em condições de mal reprimir seu próprio povo(e ainda com auxílio de potências estrangeiras),dentro de todos os poderes organizando-se  uma grande “Frente Anti-lavajato e Pró-corrupção “. 

ACORDOS E VINGANÇAS E PACTOS 

Já feitos , provável, certeza absoluta nunca há, nem haverá ,  como antes analisado, grandes acordos de bastidores , em pleno andamento – não se fala mais em processos outros ou prisão imediata de Lula, sequer de Temer( pego em flagrante , e ,como Lula , solto, este tendo claramente obstruído a Justiça( Delcídio Amaral, ex-senador e líder do PT ) ;  Aécio solto(depois de ilegalidades contra ele , do STF , , pois , embora provável culpado, pela CF/legislação não poderia ser “destituído”por um juíz(indicado por Dilma, Ministro Facchin/STF , como o foi) .

Ilegalidade flagrante que, agora, outro juiz corrige. Uma “dança suprema” de lá para cá , mostrando o descaro do estado de exceção implícito e informal , que talvez acabe mudando qualitativamente, em definitivo. (Perigo. Relembremos – assim, de passo em passo, um Hitler chegou ao poder ) .(Bom resumo , dessa “dança jurídica triste,  ” na coluna de Merval Pereira, de O Globo, 2-7-17).

* Loures , possível testemunha contra Temer, o carregador de malas de dinheiro , também já solto, em nome de um “formalismo jurídico” e total abandono da verdade “real”. (Assim sempre funcionam os estados de exceção – um deles , bem conhecido , repita-se , acabou sob a direção de Hitler e com o nazismo).

*O “carregador de malas” solto , para não correr-se o risco dele denunciar o possível chefe Temer( Loures ameaçara delatar , exigindo ser solto em poucos dias ;cf. jornais 2-7-17, colunistas O GLOBO , Noblat)  .

De fato, recado geral da “Frente Pró-corrupção ” para todas as quadrilhas políticas das várias frações neoliberais – satisfeitas as vinganças necessárias(tipo vingar os antes atingidos Lula e Dilma e PT, em geral, via os ministros políticos lulistas do STF)  – acerto  geral  dois grupos, quadrilhas , frações , para minimizarem perdas .

Elas , ” as instituições” ,  agora  vingaram Dilma , Lula , atingiram já  Aécio/PSDB, (este o líder convocado para ser cristianizado) , acertando  as contas ;  isto é ,  feitas as vinganças necessárias para igualar acusados e culpados ,  trata-se agora de conciliar,  ir adiante, cumprir o acordão já bem articulado , provável, por parte dos líderes locais das frações políticas neoliberais , ou seja , Temer, Renan, Lula, o próprio Aécio , FHC , FIESP , etc. Democrata, nacional, estadista , honrado  de fato ? Ninguém apareceu ou se candidatou , até agora .

Problema – estão fora muitos democratas  , as esquerdas, massas populares , boa parte do MPF, do Judiciário,etc.

* O Estado de Exceção e seus ilegítimos líderes (Legislativo e Executivo eleitos por votos comprados e, pior, por urnas eletrônicas que, muitos dados e acusações  indicam , fraudadas, escândalo ainda não desnudado), mais alta cúpula judiciária escolhida na base de pedidos, conchavos, interesses políticos, etc. – sobrevivendo e caminhando ; 

e a cúpula do Judiciário ratificada por aquele Parlamento corrompido , ligado ao Presidente sob acusações , sem quase nenhuma legitimidade, e ainda exibindo à nação toda a sua falta de integridade , a cada dia ) – todos acertando-se em nome da “governabilidade” e , por  certo, no dizer deles, dos  interesses do povo brasileiro (claro,um povo ignorante, incapaz de entender, emotivo, descontrolado…etc.etc.).

Agem como facções da Máfia acertando-se , depois de algumas mortes e chacinas . 

Em resumo – isso tudo em nome da “governabilidade”…

      DE QUÊ , DE QUEM  ?

      De uma corrupta província do Império , dirigida por quem sem legitimidade nem legalidade, as elites conformadas e querendo que o povo se conforme com sua situação  humilhante , que tende a piorar ? 

Não, de fato – no interesse do Império mesmo. 

*Vamos para aonde ? Lugar nenhum – se administrarem “direito” , melhor , razoavelmente,  do ponto de vista político , essa “bagunça política”,

[ não tanto econômica, pois as rédeas da economia bem seguras pelos  prepostos do Império(Meirelles , por exemplo, entre outros ) , que dosam , com cuidado, os limites da exploração máxima ( desde que a Província derrotada e inerme, há muito , fora conversas fiadas ), evitando explosões incontroláveis ( que não convém ao Império)  e  salvando seus interesses da melhor forma possível,  a economia sob seu controle direto ] .

    POR QUÊ ? 

    Porque nesse rumo só se solidificará a Província , com todas as suas mazelas ,corrupção e distorções políticas ,econômicas, sociais – e morais e éticas .

Basta  que as frações neoliberais dominantes , que estāo  ou estavam se degladiando,  cheguem a um acordo . Daí em diante , a mudança do quadro dependerá do ” problema” antes apontado – os  que estāo fora desse acordo e esquema .

Ora,  com esse programa neoliberal em curso, e suas “reformas” , só caminha-se para uma província do Império mais consolidada e melhor organizada. Note-se que Temer vem abrindo, aceleradamente , todo o país ao comércio internacional – cortando taxações , toda proteção  aos produtos brasileiros , no mercado interno .O que pode significar menos inflação , de um lado, mas falência final da indústria nacional , de outro. 

  Consolidação  da Província – já vem ocorrendo , há anos, pela ausência de forças políticas democráticas e à esquerda (e até à direita) organizadas e sérias e responsáveis. Trabalho de Lula da Silva, exitoso, nos últimos anos , a serviço do Império do Capital – desordenou, corrompeu, destruiu , informou , tal é mais do que possível – é provável,  em alto nível.

*Por tudo isso é que vimos propondo , como outros, o caminho menos ruim – Constituinte Já . Ao menos, um meio de discutir-se , democraticamente, de forma ampla , as questões acima.

DIRETAS JÁ OU CONSTITUINTE JÁ ?

    “Diretas já” concentra debates em menos temas, e bem restritos, e em nomes, ambições pessoais ,  isto é , desvia toda a política  , em si , para a discussão de candidatos e partidos , quase todos  neoliberais, envolvendo atores politicos e não temas e programas políticos – e econômicos – e essa última  discussão é que seria necessária para elevar o  nível de consciência popular .

* Só “diretas” pouco politiza ou educa , sequer ensina algo importante, comportamentos políticos, participação  – como já  se viu  em muitas outras eleições. Pode até, em sentido  contrário ,  deseducar , e  legitimar o regime político corrompido e neoliberal , dar mais vida ao sistema econômico em curso, todo deturpado.

Por isso, grandes redes de mídia  adoraram  os manifestantes , nas ruas , quererem inocentes “diretas já” que , deixando passar mais  o tempo, elas , e o Império que  defendem , concederão, sim, – alegres, mas em 2018 , quando seus aliados mais organizados, preparados.

A estratégia e táticas do Império , plenamente vitorioso , em nossos dias , por aqui, em especial , chegou ao ponto de levar lideranças e povo  sequer a falar mais em Império, imperialismo, província, como se tal sequer existisse, como antes  analisado .

E a grande palavra de ordem da “oposição”  é “diretas já”e “Fora Temer”, quase uma brincadeira , mais de 30 anos depois da “transição golberyana”. Uma repetição do passado? 

Ninguém fala mais , ou quase ,  em dívida pública de trilhões, se está correta ou  não , se houve fraudes quanto a ela (houve afirmações nesse sentido de comissões que a estudaram ) , na corrupção generalizada e sistêmica, Constituinte , imperialismo ,dominação estrangeira, transculturação , remessa de dólares das filiais multinacionais para suas matrizes no exterior , privatização do ensino, venda de terras e de empresas nacionais a investidores estrangeiros, etc. Temas esquecidos .

A Constituição e a legislação em geral foram mudadas, diversas vezes, após a “abertura”, quase em silêncio ,   em especial nos governos civis, para garantirem esses interesses imperiais  – legalmente. O Império do Capital necessita de legislação adequada, auxílio do Estado local , segurança  jurídica – para poder multiplicar recursos .p/ capital. 

Isto é que é vitória – do Império e seus estrategistas : parecem nem existir, invisíveis quase,  parecendo  nem terem qualquer papel no caos brasileiro – na agonia da Nação antes brasileira . Nenhum brasileiro nas ruas clama contra ele – o evidente  e claro  maior culpado , junto com seus corruptos e subservientes aliados locais  . 

Uma jornalista chega, em sua coluna ,  a colocar aspas em “Império”- ignorância da História , de noções mínimas políticas ou auto-censura ou censura ? Mas, “ninguém ligou” para isso  . Existirá mesmo esse tal Império, invisível ao  que parece ? 

Essa jornalista  precisaria conhecer , por exemplo , a Ellen Wood , o Petras ou o Moniz Bandeira ou o Plínio Arruda  Sampaio (escritos) ,  entre centenas de outros  . Aliás, ela e algumas esquerdas e o povo brasileiro .

IGNORÂNCIA E ARDIS ?

Mas, parece que para isso  ainda é cedo(?!) – o povo brasileiro, incluindo parte das “elites” , talvez tenha que sofrer mais (?!) para , quem sabe , aprender com as lições que estão à nossa frente- mortes, assaltos, saques, revoltas, genocídios disfarçados, corrupção desenfreada, mentiras, falsidade , estado fracassado de exceção, antinacional e antidemocrático, “democracia” oligárquica e autoritária.   Sofrer mais ainda ?(?!)

As pessoas,  e ainda desarmadas pelo Estado,vem morrendo nos hospitais, nas  ruas ,favelas , até por balas  perdidas , falta de saneamento, desabamentos , erros médicos  .

E  a História Mundial mostra povos que nunca aprenderam , não corrigiram rumos – e até desapareceram do mapa da História . 

Consta que é uma tradição dos brasileiros só tomar providências depois, depois  que as portas de sua casa  foram arrombadas por assaltantes . Muito  bem. Mas,  difícil é entender, no Brasil , porque não se toma providências desde que  as portas da casa  já foram  arrombadas há muito  tempo  .

Ah, talvez pela conivência entre alguns de dentro de casa com os assaltantes ? 

Ou porque a desinformação , contrainformação , propaganda ,  técnicas de psicologia social , atuação de líderes tipo  Lula da Silva , neoliberal fingindo de esquerda ,  a tecnologia e demais recursos do Império do Capital, e seus aliados locais –  foram muito  bem usados por aqui ? 

A tal ponto , que a maioria do povo brasileiro , aturdida, enganada , sequer percebeu o que já ocorreu e ocorre – ou seja , que  as portas de sua casa já foram arrombadas, há muito tempo – e violentamente , em 1964 , e anos seguintes .  

E que  , mais  tarde , na “democracia golberyana”,  a casa continuou sendo assaltada , dia a dia – agora,  silenciosamente – enquanto o povo era distraído com “diretas já!” , quinquilharias eletrônicas , celulares , “smart fones ” , que substituíram o futebol /70/Brasil Campeāo   , de Médici , general do antigo regime terrorista .

     Serão  essas as explicações para tantas coisas estranhas que vêm-se passando no Braz$l , já de longa data, depois  do terror e da democracia  golberyana , sem aspas ?

______________________________________________
(Original não revisado, o que não impede entendimento. Trata-se de redação rápida de notas de estudo, organizadas ,feitas para trabalho mais amplo).