A SOCIEDADE DOENTIA E OS MILITARES

Out 12, 2017 por

A SOCIEDADE DOENTIA E OS MILITARES

A SOCIEDADE DOENTIA E OS MILITARES  

 

  *notas/II sobre  a situação econômica , política e social atual , no Brasil, a legalidade ou  não da “intervenção militar” e as razões da  relativa “calmaria social generalizada”; e ainda as alternativas para a sociedade  brasileira , incluindo a ação de militares, sindicatos, partidos, as chamadas esquerdas e  o povo em geral *

   (REDAÇÃO)

 MILITARES  –  DE  1964 a 2017

 

  Braz$l Província /2017 . Ou Protetorado Americano Braz$l.  Intervenção militar, na ordem do  dia  . Os militares a desejam mesmo ? Não  estamos em  1964, quando tal convinha aos interesses do Império . E a CiA, IPES, IBAD, etc.  agitavam , corrompiam , pagavam, jogavam milhões de dólares na política para que os militares  interviessem .  E  ainda  mandavam centenas de militares , bem pagos, para o exterior , com cursinhos e lavagem cerebral contra os “perigosos comunistas”, que estariam prestes a tomarem o poder no bem menos pobre então Brasil. Fora visitas a Disneilândia, entre outras .

Brasileiros, à época, várias vezes em melhores condições econômicas, políticas e sociais que hoje , inclusive quanto à soberania e independência .  Agora, 2017 , o Império tendo conquistado seus objetivos, brasileiros de joelhos, para que intervenção militar ? O Império não a quer, muito ao contrário.

A Nação em vésperas de uma possível degringolada geral(que ,provável  ,não ocorre porque impedida  pelo próprio  Império/EUA , a quem  tal não convém , pois perderia lucros e correria graves riscos )  , povo doentio, rendido,  humilhado , confuso, o  Império e aliados querem exato o oposto – os militares nos quartéis .

  Intervenção militar . Situação muito diferente daquela de 1964 [ quando  do primeiro golpe militar estrangeiro, serviços secretos estrangeiros manobrando,  espertamente,  algumas frações políticas militares(Castelo, Golbery e  outros os mais conhecidos elos ; não todas , pois havia outras, inclusive a de Costa e Silva ) ] , militares manobrados por longos e  encobertos  cordéis tipo os  de marionetes , vindos desde os EUA, onde haviam feito  vários cursos ” anti-subversão” – e deliciosos passeios .

2017 , mais de 50  anos depois . Hoje, intervir nas instituições  , mas com que condições, estratégia,  recursos , programa ,  objetivos ? Inventar outros inimigos  “comunistas” prestes a tomarem o poder ? Isto nem o Império (EUA) está promovendo . Não  seria, portanto  ,  tarde demais, e  estranho , na situação atual  do Braz$l , pretender uma  mera “intervenção”, não muito clara ? Resolveria  o quê ? Corrupção ? É arma política, sim, foi usada em 1964, e está sendo usada  agora,   mas , em si , não  é a origem dos problemas brasileiros .

Intervir , abruptamente , não desmoralizaria o algum prestígio social ainda preservado, a trancos e barrancos , pelas forças militares, após a última incursão realizada ,há décadas ? Aquela acabou por ser  contra o povo brasileiro(com prisões,mortes,torturas,”desaparecimentos” modelo hitlerista,etc.) , até hoje sem  punição dos criminosos, abrindo caminho para a catástrofe hoje  à nossa volta .

 E “intervenção tardia”. Isto é,  a  “vaca”já não estaria no “brejo “, há tempos ? E ferida, enlameada estrebuchando , neurotizada , mal conseguindo levantar-se, o sangue jorrando  , ou dólares se quiserem , em direção ao Império , ou a corruptos intermediários e prepostos  dele ; pedaços dela , “vaca”, já cortados, na Amazônia, p.e.,e pegos por mercenários e outros estrangeiros(segundo Generais  de Exército, que merecem  credibilidade ).  Pois bem –  e o Braz$l  ?

 Então , uma  série  de perguntas já estariam respondidas  – os responsáveis ? ; o programa político e econômico que arruinou o país  ?; a forma como transcorreu  o referido ,isto é , a transição de 1964(primeiro golpe militar)  a 1985( “transição democrática relativa golberyana“já mais delineada ); e de 1985(“poder  civil”, oligárquico, preposto de  interesses estrangeiros/frações militares) , a 2017( Braz$l em  decadência generalizada )  ; etc.

  Como mencionado, há anos,  neste blog, “na  política  , quando há certeza , os fatos estão consumados”. E muitos  estão mesmo ,como pode-se ver . [ Foi o que ocorreu, embora haja idiotas  e desavergonhados, políticos em  especial ,  a distorcerem , desesperados,  os fatos, apenas com o intuito , uns, de escaparem da prisão, caso de Lula, Temer, Dilma , Jucá e outros, a direita em geral, a grande maioria, outros de assegurarem suas futuras eleições( lulopetistas , parlamentares da falsa esquerda e aliados, mais a base de Temer   ) ]. Todos sonhando e lutando, na  verdade,  pelo  paraíso  político idílico em que  foi  transformada a eleição de 2018, sempre adiada ,e sem maiores  reformas, muito menos uma Constituinte  . Uma forma de ganhar tempo, espertamente , a favor dos responsáveis pelo caos  geral, unidos no objetivo comum de preservarem-se . 

Repetem ,esses , mentiras semelhantes dia e noite , querendo torná-las verdades , pela divulgação maciça. A defesa de todos é semelhante , chamem-se Lula, Cunha , Dilma, Temer, Jucá  e até Sócrates(em Portugal) .Acusados de corrupção e outros crimes comuns, eles e advogados abandonaram esperanças jurídicas e , com apoio político organizado, de seus partidos,claques, grandes escritórios de advocacia, alegam ” perseguições políticas” , usam a mídia como podem, fazem vídeos. Recursos espertos mas desesperados , quase confissão de culpa – infringiram mesmo uma ou muitas leis.

  O  Império ,via sua  big mídia, desinformando, contrainformando, editando, adiando, conciliando suas frações políticas, pois não tem nenhum interesse que os brasileiros  entendam o  que de fato ocorreu e ocorre  por  aqui. A tarefa especial dos militares , muito atrasada ,  seria, então, tentar  retirar a “vaca do brejo”-  e não qualquer outra ? Como ? Apoiando a política econômico-social prevalecente nesses 50 anos, “neoliberal”, submetida, em detalhe, aos interesses do Império , viramndo mais à direita , e sempre sob direção de prepostos  dele ?

Impossível tarefa. Seriam obrigados a montar mais uma farsa política e social, bem mais fácil e barata do que a impossível tarefa de tirar o Brasil do brejo com polīticas neoliberais . Isto é, algo tipo o ” milagre brasileiro”, de Médici , ou “Brasil sem crise e mais igualitário”  ,de Lula, o “Cara” ,de Obama.

  Em 1964, os militares intervieram, mas  a  “vaca”, ao  contrário do alardeado pela  CIA  e Império, via IBAD, IPES, ALIANÇA PARA O PROGRESSO, IADESIL,  AFL-CIO, Corpos  da  Paz, etc., e agitações pagas a  muitos dólares,  o que  está provado , não estava no “brejo”,  nem indo  para lá. Os militares tinham , então , e teriam  ou  não, agora , o direito de intervir ? Então, década sessenta , traíram a Constituição, o Presidente eleito, comandante das Forças Armadas , e , insuflados/comandados  por  estrangeiros/Império/EUA , tomaram  o comando do Estado  . Hoje, situação diferente , a legal a ver-se , e se  interviessem  , o que fariam e o que a sociedade  faria quanto a eles ?

  Como chegamos a essa situação ? Já há respostas , basta ver, em parte, artigos anteriores .Responsáveis, resposta idêntica. Há saída econômica e política ?Resposta  mais complexa . Onde estariam  os líderes civis ou militares , para essa , hoje,  muito mais hercúlea do que a de 1964, então uma farsa , hoje tristemente  realista ?

  E os partidos necessários para isso ? E os democratas   sociais, onde estão  ? E as “esquerdas” lulistas e aliados, fora empatarem os interesses populares , mentindo dia e noite, e achincalhando o que  ainda resta de  digno no país, como deveriam serem  tratadas ou para que serviriam  ?

E as  esquerdas de fato, democráticas, socialistas ou comunistas mesmo, de diversos matizes  ? A sociedade estaria , atualmente,  “ quieta”, controlada, social e politicamente, frente às barbaridades de autoridades dos  três “poderes”, e pela percepção de que foi enganada,  desde décadas ; ora, será ? Quanto a esquerdas e democratas , por certo recuo tático,um passo atrás, para repensarem a segurança, estratégia ,táticas , programas ,palavras de  ordem.

 

    ECONOMIA , POLÍTICA , SOCIEDADE  

 

           Algumas respostas já existem , comprovadas, como afirmado , outras  não. Por exemplo, a situação da economia ; o regime político absurdo ; a subordinação ao Império e à política dele – “neoliberal “ . A corrupção  sistêmica e generalizada, usada com objetivos políticos (seja no “mensalão”, no “petrolão” e demais casos ). A deterioração dos armamentos das forças militares e  da indústria nacional de armas e da indústria em geral .

            O Braz$l , ridiculamente, ausente de qualquer pretensão de  uso nuclear até para  objetivos pacíficos – e via Constituição (o que foi mencionado  , recente, importante, pelo General ,comandante do Exército ).  Algumas respostas são  mais fáceis, outras complexas . Já há  certas conclusões sobre o que vem ocorrendo,  mais ou menos óbvias. Embora devamos insistir nelas, pois grande parte da população não tem conhecimento correto da situação e outra vem sendo enganada por políticos que chegam a negar a própria corrupção, com o objetivo de defender seus líderes, partidos e  futuras eleições. Por exemplo:

          1 – temos um  estado fracassado  de exceção (Agamben, cf. arts.anteriores) , implícito, informal  , sob direção de prepostos estrangeiros , isto  é, incapaz de tomar decisões fundamentais nacionais independentes – assim administra, mas não governa; trata-se  de um estado disfuncional que ou cumpre mal ou simplesmente sequer cumpre suas precípuas funções;

          2 – a economia sofre profunda crise, em processo de desindustrialização , PIB tendo caído, dívida pública aumentando , pagando-se os maiores  juros do mundo ,  previsões sérias as piores possíveis, análises semelhantes vindas de várias posições, à direita e esquerda;( de um Beluzzo a um Petras ou Delfim ) ;

           3 – de fato, as oligarquias e seus prepostos parecem já aceitar , admitir , um retorno do  país à situação limitada de um grande estado  produtor agrário, isto é  , de commodities  ; um estado deficitário, devedor , inviável,  subordinado ao Império, incapaz  de pagar  suas contas em dia – pois há um permanente  “rombo das contas  públicas”, além de dívida pública incontrolável e disfuncionalidade evidente ; 

             4 – o povo , em  boa parte , acomodado, doentio, dividido quanto ao entendimento da situação política e econômica nacional , vivendo uma corrupção já conhecida  como sistêmica– a  nível federal,estadual, municipal ; as opiniões dos diversos grupos sociais , como até as da big mídia, blogs, povo em geral,   ou fantasiosas  ou divergentes entre si e até  raivosas ,com acusações várias entre si .

Não há , com razão, confiança popular em historiadores , livros, análises  nem em líderes e partidos  ; isto porque não têm quaisquer propostas políticas sérias, viáveis, reformadoras , caso de Lula/lulistas  , primeiro lugar nas pesquisas eleitorais, embora condenado pela Justiça, que apresentam  não programas , mas  xingamentos contra autoridades, aquelas poucas ,exatamente , as que tentam apurar a corrupção de que são acusados (o que  significa algo, por si  só);

           5 – a corrupção generalizada, atingindo todos  os setores, públicos e até privados,incluindo os chamados “Três Poderes”, coalhados de acusações de ilícitos, com testemunhas, provas diversas, palavra de colaboradores da Justiça (delatores). Nenhum deles, bem como instituições outras  como o TCU , o COB, o TSE , o STF ou outros tribunais diversos , merecem qualquer consideração pela maior parte do povo brasileiro; até os bombeiros aparecem sob acusações de corrupção. Já a PM  conquistou verdadeiro antagonismo da população  .Segundo Ianni e outros , uma província sob direção estrangeira , via prepostos locais subordinados .

Os  militares, há muito “afastados”  da sociedade, formalmente, calados, após décadas de intervenção(com violência)  , agora reaparecem aos poucos, chamados para ajudar polícias locais , comparecendo  a  programas de TV para exporem  suas posições , inclusive de cunho  político. O que, em princípio, contrariaria as leis e a Constituição(?!) 

         A sociedade  teria respondido ,de forma dúbia, a essas tímidas intervenções militares até agora quase só verbais ,  alguns exaltando tal posição deles , outros condenando-a . Terceiros, indagando  sobre a legalidade de tal ato e   também  o significado real dele, em  vista da catastrófica situação nacional. Completamente  diferente , de qualquer modo, daquela conjuntura política de 1964.

A  SITUAÇÃO NACIONAL É MESMO CAÓTICA ?

         Isto é, não haveria  exageros, nas análises , frente à não reação popular hoje verificada, inclusive aquela tão anunciada – e ao que parece falsa – de Lula , PT, PC do B, seus  aliados, MST, Stedile e outros, quanto ao impeachment de Dilma e as “injustas perseguições” que estariam sendo feitas a eles  ?

         Talvez acima bem resumida a situação política ( Cf.arts.anteriores)   ,  embora de forma incompleta , o que é normal .Poder-se-ia escrever livros e mais livros , contestados , sobre a crise  brasileira  atual e os detalhes dela, em todos os sentidos, tantas as narrativas existentes  – embora haja pontos  comuns, inegáveis .

            A “vaca” brasileira , o país, o estado, de fato já estaria no “brejo” , toda machucada e enfraquecida. Isto  pode ser corroborado por eminentes cientistas sociais de posições ideológicas diferentes .

          As posições seja de um Beluzzo, Petras  , até Delfim  Neto  , previsões da CIA, para o Brasil , a de um Lamounier, pregando um  Brasil agrário – todas coincidem entre si, de certo modo ,origens opostas. Inacreditável retrocesso nacional  , problemas psicológicos do povo  pela  traição “esquerdista” estrambótica( mas  previsível, pelas origens e “construção” de Lula, sempre de fato à direita  ) . Uma farsa econômica e política que durou anos , só assemelhada ao também falso “milagre econômico” da ” ditadura”de Médici , general (1973) .

           Basta lembrar o caso da famosa  “dívida pública”, que o cínico Lula dizia ter  resolvido .( A dívida com o FMI  e a “dívida externa”, ambas “resolvidas”através de  simples manobras contábeis e truques de retórica, com reais prejuízos financeiros ao Brasil ,pelo pagamento evitável, demagógico) .

Lula ,  de fato , ( isto é, estrategistas do Império que o apoiam/ cercam)  sabia que o povo , seu eleitor , em geral , analfabeto ou analfabeto  funcional,  o grosso de seus eleitores, não tinha qualquer capacidade de  entender questões complexas– Cf.tal melhor no  site “Auditoria, etc. “  em que  é explicado em detalhe).                      

                        A  SOCIEDADE DOENTIA

 [ Vídeo, quanto ao qual não vimos respostas sérias , relativo aos absurdos ocorridos com o BNDES .Como políticos de vários partidos envolvidos , a começar pelo comando de Lula , tudo até agora abafado . “Empréstimos secretos” até hoje secretos , que obedeceriam à legislação estrangeira , mas concedidos pelo Brasil , financiados pelo povo brasileiro doentio , com juros subsidiados – ” governo” Luladilma. Traição nacional. Genocídio mascarado ] .

******************************************************************** 

       E  o povo ? Realmente, desde  alguns  dados indiretamente referentes à psicologia,  como outros , de pesquisas , tudo indica que bastante perturbado e doentio – sofre /pratica  agressões, palavrões,etc.  Note-se o aumento significativo de venda de remédios antidepressivos .

             Quanto aos traumas  populares em geral, cf. (neste site, “Povo brasileiro, manipulado …”).

      O líder neoliberal Lula da  Silva que, dizem, dizem( no Brasil, nem pesquisas merecem crédito, fora conferidas por auditorias  isentas) , ainda  manteria o maior  número de apoios populares , assinala  que o Brasil hoje – é uma “merda “ .  Como se não fosse responsável por isso , depois de décadas de sua política neoliberal mascarada ,  e três ” governos” federais, direto responsável, como outros , pela safardanagem generalizada, política e econômica.

          Outras  figuras das “elites” nacionais , hipócritas , vão  no mesmo sentido – críticas fortes ao que ocorre. A Justiça mal funciona, nem para o povão, pobres mortais, “vendendo-se”e traficando-se influências, amizades, resultados , nem , correta, para o “andar de cima” , esta já criminal, de tribunais que “julgam” privilegiados.

Trata-se , aí, de advogados milionários, ex-ministros há pouco, decisões entre amigos e gente do mesmo condomínio ou de algum próximo, protegendo corruptos de alto bordo, Justiça exato para o que foi organizada  – dezenas de senadores e mais de uma centena de deputados , no STF, protegidos pelo foro privilegiado, assim só existente no Brasil, como outras várias anormalidades jurídico-políticas . O caso do BNDES acima , desde anos , é exemplo de absurdo e impunidade . 

      O  povo vai  mais  longe, ainda , por certo, nas suas perturbações psicológicas  até naturais . Elas invadem condomínios, famílias, empresas , vizinhança . Os mais honestos , os mais prejudicados – não “têm jogo de cintura ” , não sabem dar “jeitinho” , antipáticos e ávaros negam-se até a dar propina .Imaginem só!  

Aturar tudo isso citado, calotes , quebras da ética ,moral , grosserias de vizinhos, amigos invejosos , sem reação, e mais assaltos , idem, desarmados  – tudo isso ,obviamente,  contraria  a natureza humana . ( Caso para  pesquisas/especialistas) .

E traz consequências – psicológicas, físicas, quando não descontrole com respostas – caso de crimes, assassinatos, agressões , baixarias ,ofensas . As “redes sociais ” mostram apenas a “ponta do iceberg”, numa metáfora comum.

     Neste momento, 0 povo “recolhido” ,sem protestos ,  por quê ? Impotência, vergonha,desilusão, doenças várias, psíquicas , físicas. Reflexão,confusão, vergonha , aguardando  as propostas de soluções vindas das elites oligárquicas, como sempre fez e aprendeu, desde séculos (sabe e bem  –  rebeldias  custam caro, não só prisões e maus tratos, mas torturas indescritíveis)  – e para elas, essas elites oligárquicas , nada de  Constituinte ou grandes reformas, apenas “eleições diretas”, e lá em 2018. Paciência. Prejuízo de bilhões ? Sem problema, pois o povo é quem pagará.   

Eleições e diretas . Que melhor as legitimarão, reelegendo-as . Elas controlam as big mídias , currais eleitorais locais , aliadas ao Império, há muito.Nada mais têm de nacionais . As delícias de Miami ou Las Vegas calam-lhes hoje muito mais que chimarrões ou o gado ou música do Rio Grande , época ainda  de um Vargas .Isto é, que todos aguardem o milagroso  2018 , eleições, quando elas por certo irão legitimar , um pouco mais, seus privilégios , desde que elas hoje bem  deslegitimadas.  

     Queimas de  ônibus, tiroteios, brigas  particulares envolvendo crimes familiares e violência antes  nunca vista, procura de antidepressivos em larga escala. Comércio com milhares de lojas fechadas . A internet  refletindo incompreensões, violência, maledicência – em boa parte  , sem dúvida, incentivada pelo lulopetismo acuado e decadente – a  desinformação, mentira  descarada mesmo, contrainformação usadas em larga escala. 

      No meio  disso, reaparecem  os militares , a ” salvação ” (?!) para muitos , na linha de frente da política nacional (Cf. art. anterior ) e alegam que intervirão caso o Judiciário não aja com decisão. Isto é , querendo dizer –  caso as instituições não cumpram suas precípuas funções, punindo corruptos  mais do que identificados , sob acusação de dezenas de ilícitos ; entre eles , ex-presidentes soltos, brincalhões, achincalhando a Justiça pelas ruas :  Lula , Collor, Dilma, Sarney.

De fato. Ao contrário do que reclamam , Lula  e Dilma, p.e., misturam-se com outros acusados lulistas,  soltos e protegidos – será porque indicaram 8 ministros para  o STF, todos lá, e ainda passaram anos (como provado ficou, em alguns casos ) obstruindo descaradamente a Justiça (como gravações o provam ) ? Sem estarem presos, até  hoje – mas , note-se , Eduardo Cunha está preso e  Aécio , indireto, também – por acusações muito  menores que as que pesam sobre Lula e Dilma .

                   Dilma, soltinha , viajando até pelo mundo – à  nossa custa . O povo , quebrado, pagando a conta via impostos e outros .Por quê? “Têm” ainda muitos ministros do STF? Não se sabe – diálogos de Joesley(JBS) e outros sobre eles – em sigilo mesmo.

             No Senado, Renan , sem qualquer prisão, discursando , posando de líder nordestino , embora com vários processos no STF .

              E assim por diante. Tudo indica que todos  protegidos pelo chamado foro privilegiado e pelo STF .  E este  e a “Justiça”?! Uma , mais  uma , vergonha brasileira .  Como pessoas ainda sadias podem suportar tal, que já é regra , na sociedade brasileira? Indivíduos condenados xingam a Justiça, que seria corrupta ,vendida , fazendo o jogo da CIA/FBI , sem punição .

Isto atinge no peito os que tentam punir corruptos – perseguidos, desautorizados , humilhados  . Tal espalha-se pela sociedade .Quem terá razão ? Afinal, condenados soltos xingando os aplicadores da Justiça, viajando até pelo mundo, mostrando-se poderosos , jurando que ” voltarão” . Clima de hospício .

            Tudo isso referido  , e a justificativa , “instituições não funcionam” , evidente, legitima,  perante boa parte do povo , a “intervenção  militar” em debate  ; mas , e a  forma como se daria  – via Clube Militar, militares da reserva, militares candidatos ou intervenção direta ?

                   Essa intervenção está já em andamento,  há  tempos, agora em nova etapa.

           

          SOBERANIA E INDEPENDÊNCIA

 

            Temos citado inúmeras vezes que o Brasil perdeu a  soberania  e tal não vem  de hoje. Ao curso  de artigos , temos mostrado  isso,  concretamente. Nada inventamos , outros já o mostraram – enfatizamos argumentos deles . Basta ver o absurdo da aceitação nacional de como se coloca a inconstitucional dívida pública absurda , paga sem discussão, sem controle, sem sequer conseguir-se mínima transparência – sem saber-se quem são os credores. (Cf. site referido  antes).Sem controle, inconstitucional , multiplicadas ilegalmente , pois o devedor Braz$l fragilizado e dependente .

             Citando, mais uma vez, eminentes  autores, independentes 🙁 Ainda e sempre)            

 Hélio Jaguaribe  O Brasil se converterá num mero segmento do mercado internacional e em mais uma província do império (…)o Brasil, e os demais países sul-americanos …tornar-se-ão , aceleradamente , meras expressões geográficas, domesticamente controladas , pelas grandes multinacionais e internacionalmente dirigidas por Washington, embora conservem as aparências formais da soberania : bandeira , hino, exército de parada e até eleições. Eleições a partir das quais , quaisquer que sejam os eleitos  , estes se verão compelidos, o queiram ou não , a seguir as diretrizes do mercado internacional e as ordens de Washington .”(“A história é implacável com os estúpidos”,  “O Globo”, 05-05-2005).

           Plínio de A.Sampaio: … “o governo não manda em si mesmo, estão sendo mandados por uma política feita pelo mercado e pelo imperialismo, essa é a verdade ….” (Plínio de Arruda Sampaio , “Caros Amigos”, Maio , 2005). 

Octávio Ianni :“Nós estamos vivendo uma globalização que é a globalização  de cima para baixo. Que é a das grandes Resultado de imagem para Octávio Iannicorporações, dos grandes negócios, dos grandes mercados . E essa globalização é um fato irreversível e danoso.(…) o Brasil ensaiou um projeto nacional , um projeto de capitalismo nacional…nos anos 1930 a 1964. Os militares começaram a destroçar …E o governo Fernando Henrique está completando o processo de desmonte…Este país não redefiniu a sua soberania. Apagou … Quem monitoriza as decisões cruciais da economia e das finanças no país ? Não é governo brasileiro . Vamos ser objetivos. O país foi transformado numa província. Perdeu a capacidade de decidir sobre o seu destino . “( “Roda Viva, TV Cultura , 26-11-2001).

        Não faltaram avisos , como vemos .De nacionais e estrangeiros ( Chomsky, Petras,etc.) como os acima . Mas, a big mídia , o   Poder  do Império, por trás, impuseram o que hoje vemos , no Brasil. Traidores , irresponsáveis , como LULA e outros , AUXILIARAM A CONFUSÃO E DESINFORMAÇÃO entre os resistentes .

       Também já mostramos ,antes , as  origens “disso tudo” – o domínio e interesses do Império, que na atualidade mostra-se invisível, evitando ocupações diretas de território, como bem observou Ellen Wood (“Império do  Capital”), atuando com novas táticas que dificultam ao  povo  em geral entender que há uma dominação  e  quem é , de fato , o dominador estrangeiro .

  

     AS FORÇAS ARMADAS E A AMAZÔNIA

 

          São os próprios militares quem denunciam a situação , apesar do acima, de ocupações diretas , por forças estrangeiras , americanos e mercenários , na Amazônia e zonas fronteiriças do Norte e Nordeste.(Cf.vídeos ,textos diversos) .

           O Império jamais respeitou o Brasil . Já  desde na Segunda Guerra Mundial , quando ameaçou diretamente de invasão o Nordeste( Natal ,etc.)  , tornando tal um fato consumado – o Brasil tendo sido obrigado , a firça, ameaçado, a ceder. (Veja-se  , Cf., historiadores da  FGV, que estudaram o tema e corroboram tal . Pesquisem)  .

          Outras humilhações sofreram  os militares brasileiros, inclusive em viagens  aos EUA . Isto está demonstrado não só nos clássicos de Gaspari (“Ilusões  Armadas”) como  em Moniz Bandeira(“Relações Brasil –Estados Unidos…”) ou em Nelson W. Sodré (“História  Militar …).

        AMEAÇAS DE  SECESSÃO 

 

         Até  essas  ameaças estão na  ordem do dia – comprovadas . O  General Nery,  de público , entre outros,   mostrou isso. Providências do Estado Brasileiro ? Desconhece-se e os reclamos dos generais mostram que as respostas dadas pelo “governo” não respondem às necessidades. Provável omissão e acomodação.

Os militares estão confirmando, denunciando, pedindo solução para essas invasões , sem força para reagir ou com vergonha de uma denúncia internacional, que escancare o problema ? Afinal, a defesa nacional  é dever deles , mas eles dependem do Comandante legal – deles , o líder formal,  o  Presidente da República, o Comandante em Chefe  – quem mesmo?

Hoje, ontem, os acoelhados  Lula, Dilma , FHC, Temer . Todos financiados pelo Império, capital financeiro, corporações transnacionais . Antes,  Lula e Dilma , agora Temer. Ridículo. Dramático. Todos financiados , subordinados ao Império. Que têm soldados e mercenários na Amazônia(?!) 

         Quer dizer, ouve-se tais  notícias há décadas, generais confirmam e as providências ? Ignora-se . Os militares estariam pedindo apoio , por isso confirmando tais denúncias, ao povo brasileiro? Possível. Mas, de alguns recebem pedras e gritos – vão para ” os quartéis” . O que desejam o Império e big mídias locais, que estão destruindo o que resta do Brasil. De outros , indiferença . Ou medo. Que esclareçam ,ao menos , essas questões.De forma direta , pois indireta já o fizeram, como entendemos acima.

         Mas, que eles e todos em geral reflitam , ao menos , ou entendam – o povo , sempre potencial nacional, até ele decadente,envelhecido precocemente pelo controle de natalidade ( pregação,original, de décadas,origem EUA , de interesse do CSN/EUA)  , escravizado, torturado, humilhado,assassinado, desarmado, amedrontado por campanhas de mídia calcadas em técnicas científicas de psicologia social- décadas.

                  Ele está adoentado ,psicologicamente “quebrado” ,confuso, descontrolado – as elites oligárquicas/Império  trabalharam para isso, com auxílio de frações militares locais  . Tiveram êxito,tudo indica . Neste momento, se precisarem dele , povo, elas, forças militares,  poderão contar com ele ? Em que percentagem? De que origem social? Até que ponto? Com que objetivos ? Um problema. 

         Pior . As forças militares brasileiras parecem estarem com insuficientes recursos , desarmadas ou mal armadas , sem armas a nível moderno, dependendo para isso do exterior(o aliado Império nega-as e até engana os militares , com acordos  secretos descumpridos e com fornecimento de armas superadas e sucata). (Gaspari, entre outros, id.) .

FORÇAS ARMADAS MAL ARMADAS

O Império jamais quis ou quer ou quererá forças militares brasileiras bem equipadas . A decadência do Brasil corresponde à de suas forças militares . O Império é o real responsável, com seus ardis, engodos, mistificações , quebra de acordos , verdadeiros estelionatos , pela situação de nossas forças militares. Que nele acreditaram e o resultado está em Alcântara ( base de foguetes, Maranhão )  , na Amazônia , nas nossas comunicações, nos nossos submarinos nucleares – sempre nos sabotaram de todos os modos .

Acreditar ainda nele  , a essa altura, só falsamente( os brasileiros  “vendidos”) ou crassos ignorantes.  É só estudar a História Militar . ( Cf. Livros e vídeos .Veja-se atritos entre Geisel/EUA.Veja-se as grosserias contra Costa e Silva,  nos EUA , que, aliás,  reagiu com personalidade). 

Faltam  indústrias pesadas  no país e , daí , de armas .Questão séria . E donde vêm essas reais ameaças,  à parte de baboseiras e conversa fiada ? Do que seria , justo, o principal aliado brasileiro  , daquele que liquidou o Brasil Soberano, isto é, do antigo –  ” O Grande Irmão”/EUA . 

  PAPEL DAS FORÇAS MILITARES HOJE 

  [Enfatize-se – o povo brasileiro precisa das forças militares , inclusive para defesa do território . Ou jamais terá uma Nação. Mas, não para serem auxiliares de polícias a caçarem traficantes ou serem suas carcereiras, toldando-lhe liberdade- e criatividade e potencial social  . O que o Império , esperto , pretende . 

O Império/EUA  não querem forças militares daqui bem equipadas;  pretende o oposto disso , desde que não precise delas ( fracas militarmente , comparadas com as deles),  para defesa de seus interesses locais  – ele as quer , forças militares brasileiras , bem fracas e sem armamento moderno, sempre pedintes, suplicantes . Razões ? Cf. acima e abaixo.

Quanto aos militares brasileiros , ou omitam-se e escondam-se para não ver a realidade ou acabarão por agredirem  mais uma vez ou várias seu povo, do qual fazem parte ? Impedirão sempre suas lutas, com desculpas risíveis, ou serão solidários com a soberania e independência nacionais?

Hoje, décadas depois de 1964, os fatos estão claros – e , muitos deles , consumados. Só observar em volta o próprio país – favelas, comunicações dependentes, favelas, insegurança , forças armadas mal armadas, falta de saneamento, dívida pública , essas instituições ,etc.-

este o resultado de autoritarismo, crimes, 50 anos de receita do Império Americano? 

Vão continuar nada vendo quanto à exploração do Império e sua sabotagem às Forças Armadas brasileiras? Isto , por crassa ignorância, a recusarem enxergar verdades, dados,  informações comprovadas? Parecem sempre(?!) condicionados pela velha divulgação,ridícula hoje, do perigo da “ideologia comunista”, do ” terrorismo vermelho”, etc.,  promovida por cursinhos, excursões gratuitas aos EUA, propaganda,  tudo oriundo do Império dominante .

Até quando? O Brasil dividir-se ,perder território, assumir  sua condição real , de província, formalmente? Terão que verem os fatos formalmente consumados , para só então acreditarem? 

          Ah, sequer existe socialismo ou muito menos comunismo, nos termos  de um Marx ou Lênin ,  no mundo de hoje. Podem haver pretensões, e até justas, por parte de muitos, de pensarem novos regimes e sistemas . Projetos, experiências. Isto porque  o capitalismo do Império Americano, sustentado por bombas, ameaças, atentados nucleares, invasões, mais de cem no último século, milhões de mortes no Iraque, Afeganistão, Líbia , o que fizeram no Chile, Brasil, Uruguai, mais assassinatos , sequestros, ardis, mentiras – não pode ser modelo para qualquer povo.

Mesmo que quisesse o Brasil jamais poderia nem de longe imitar os EUA , pois não tem o direito , impedido por eles, p.e., de sequer  usar energia nuclear para fins pacíficos.

[Proibido na Constituição por pressões do Império. FHC e Lula é que podem explicar – o primeiro, as origens; o segundo, se realmente representava o povo,  (o que hoje sabe-se não é bem assim, conhece-se quem financiou suas campanhas , multinacionais e capital financeiro ) – Lula , por que razões  não lutou para alterar tal absurdo. Conclusão – os dois coniventes , submetidos ao  Império, cederam me pressões] .

O Brasil , o povo brasileiro, pode, sim, fácil, aviltando-se mais e mais , como vem fazendo suas instituições mais importantes, apenas  ser uma província bem comportada e integrada ao Império. O que essas oligarquias dirigentes locais , corruptas e acovardadas,  parecem , (sem projetos) , pretenderem. 

Um povo sofrido, humilhado, torturado dia a dia , ingênuo , em boa parte . Militares . Violência  indiscriminada , sem direção ? Isto com desculpas ou criando “provocações” ? Não?

Ou ,então, que enxerguem a realidade de um povo sempre dominado e traído por suas elites oligárquicas civis/estrangeiros  e cumpram suas tarefas constitucionais , o país estando em processo final de destruição pré-programada . A  não ser que invente-se para eles além de funções policiais as de carcereiros permanentes de seu povo, a serviço do Império. Ou um novo pretexto “comunista” .  Simples assim .

E elas nada resolverão , em nenhum sentido , isoladas do povo brasileiro. Precisam do apoio dele, para o que quer que pretendam.  Mais do que nunca ; ou isso ou irão  assistirem à quebra da unidade nacional e à destruição de seu povo. Passando à História , assim, como as grandes traidoras da nacionalidade – brasileira. Teriam sido enganadas há cinquenta anos. Hoje, “tudo” está bem claro. 

             Muitos problemas , pois , para qualquer tipo de efetiva ação que pretendam as forças militares. Daí, conscientes(?!) , até oferecerem balas(doces) a crianças das favelas, o que é tão correto quanto limparem valas, darem atendimento médico e dentário, promoverem cursos , jogos, torneios, seminários, abrirem os quartéis para os civis, participarem de mesas de debates sobre os problemas nacionais.

               Enquanto auxiliam, fora de função , interesse do Império e dos que querem destruí-las, com cuidado e esperamos desconfiadas (?) as tarefas repressivas de  polícias militares desmoralizadas , conhecidas torturadoras , das quais  mais de 60% do povo tem medo . 

          OS SUJOS TAPETES DO  STF

 

         Ao fundo, a legalidade das intervenções militares  dependeria da Justiça. Também um problema .

Tapetes do STF . Levantá-los , um perigo, tal a sujeira , bactérias e vírus mortais que podem  estar sob eles .  A big mídia ainda  assim mantém a  pose :”Amanhã vai ter  decisão importante …vai decidir o impacto de futuras medidas …” Ou ouve-se absurdos repetidos até por  ministros  – tipo  “fora da Lei  não há salvação  “.Ora, e se , por acaso , as leis foram compradas por estrangeiros?  Podem terem sido, há provas de muitas leis compradas nas denúncias de um Funaro e  vários outros.

          E, ah,  fosse  exato assim e a escravatura  nunca  seria superada(Joaquim Barbosa)  , nem a revolução francesa teria sido  feita. Nem a reação dos vietnamitas aos  EUA . Sempre a fazer-se aqui  como os falsos conciliadores brasileiros de sempre  – desde  que conciliações entre oligarquias, ignorando o povo e seus interesses (José H.Rodrigues)   – não se daria , então, um passo à frente , exato como tem ocorrido no  Brasil .  A “segurança jurídica”, em condições  de sofrimento popular, interessa a  quem ? Todos os dias é quebrada pelo STF para favorecer elites .Mas, se  interessa ao povo, por vezes indignado, é invocada desde logo.

             No  Brasil, há  proteções às oligarquias que inexistem em  outros países  – quatro instâncias  recursais, foro privilegiado, vitaliciedade dos magistrados, ausência de júri cível , presidencialismo de “cooptação”, de fato de corrupção, não punida ,absurdo, assim como a forma de indicação de ministros do  Judiciário e da cúpula  do MP  , pelo Presidente, com ratificação  por sua “base governamental”, negociada com cargos, verbas – e como se viu  no passado , até descaradas propinas – até hoje só parcialmente punidas.

             Centenas de decisões adiadas, decisões para lá e para cá, conforme interesses de frações políticas neoliberais, confirmando-se a existência , de longa data , do estado de exceção informal e implícito (que não se confunde com ditadura ; cf. neste blog).

      OS MILITARES E A LEGALIDADE

 

     Resultado de imagem para os militares na rocinha        O próprio Comandante militar do Exército lembrou o conhecido art. 142, que disciplina as tarefas e  participação militar na sociedade.

             Esta questão é antiga e remonta à famigerada transição  do regime terrorista militar para a “democracia relativa golberyana” .Pela sempre atualidade do assunto, rememoremos .  

         

    A DISTENSÃO GOLBERYANA/AMERICANA

 [Retirada esta parte, embora não totalmente, do artigo “Desaparecidos”…, acrescidos comentários. Cf. neste blog).

      Tentemos expor , apoiados em autores que estudaram a fundo o tema , as bases estruturais dessa “democracia” que temos hoje , apoiada na Constituição de 1988 e na Constituinte(1986) , que a antecedeu. Elas são a origem dos últimos baques nacionais , da tragédia que nos cerca , da desmoralização  do antes combativo PMDB, do pretenso inovador,  aliado dele , PT, do PC do B (após atacado e invadido pela CIA/CIE, Araguaia/ “massacre “ da Lapa, 1976) , entre  outros partidos, num projeto político golberyano-americano que atingiu o cerne do que é a “democracia”. 

Ou seja , os partidos políticos (Kelsen, com razão), desde sua estruturação interna(toda ela permitindo domínios hierárquicos, e oligárquicos,  de cima para baixo(Cf. estatutos dos partidos ) , desde a fundação  de “comissões provisórias”até o financiamento das campanhas políticas . (O que resultou no caos de corrupção à nossa volta, evidente em 2017).

        Objetivos da democracia emergente(1985, aproximadamente ,e antes)  – 

        “…não fazia parte dos objetivos das elites identificadas com o regime autoritário transformá-lo, mas sim alcançar uma institucionalização capaz de tornar este regime – e é preciso sublinhar regime porque o governo ou seus ocupantes , incluindo as Forças Armadas, poderiam  se retirar – infinito no tempo. “(“Distensão no Brasil” , p. 39 , Suzeley K.Mathias, Papirus , SP, 1995. Grifos da redação caminhandojornal.com – e não dos autores ).

              Continuemos  , buscando entender  :

          ”A democracia, na mensagem geiselista , é subordinada a uma série de outros valores,  não é valor em si e, portanto, não pode ser tomada sequer como condicionante na formulação de tal projeto”.(p.107, ib.)

             Evidente, não era a visão oriunda de Geisel, pois viera já  desde Médici(até em discursos) , com o dedo de Golbery, o que significa CIA e seus teóricos de alto nível, possível caso de Samuel Huntington , cientista político americano, formulador de teses sobre distensão e transição política  . Estudioso do  tema,  ele chegou a promover seminários no Planalto, para  generais, mostrando a importância da distensão e da volta à democracia, ressaltando os riscos ao agirem  em sentido contrário (isto é , não promoverem  uma “transição” controlada , mas permitirem uma “explosão”social e política , que poderia envolver a possibilidade de radicais mudanças. Objetivo- mudar um pouco para evitar mudar muito mais.
               Ou seja, tanto o povo como”radicais” lutadores(partidos, movimentos) favoráveis à queda do regime deveriam, se possível, ficarem de fora da direção da transição  . Provável, plano já em curso, primeiro tenham eliminado radicais opositores (dos partidos legais) , depois exterminado os   líderes(não cooptáveis) / grupos/partidos clandestinos (ALN , AV, AP, PCB, PC do B ,etc.), depois avançando a “distensão”, mas mantendo sobre a cabeça de todos a espada “fascista”(legislação anterior)  , mantida de “pé” até mesmo durante a Constituinte “democrática”.(Cf.observação de L.C.Prestes e outros, ib .).
           A partir de 1973 , como “relata Kucinski (1982),  os órgãos de  segurança pareciam estar “loucos” , pois desencadearam uma onda de perseguições que tinha sempre como consequência desaparecimentos  e que só seria contida em 1975. Isto fez com que o regime militar se transformasse num “estado policial” onde não existia nenhuma segurança … “(Ib, p.124).

                              

    ORIGENS DA ATUAL “DEMOCRACIA”

 

         Houve uma liberalização  sem  real democratização,   com a tal distensão lenta e gradual golberyana-americana.

            Voltando ao estudo da época ,  Suzeley K.Mathias  conclui que –

      …”Geisel atingiu sua vitória, pois por sua ação, continuada e enfraquecida  por Figueiredo , ele pode tornar muito mais estreitos os caminhos possíveis para a democratização : se restringiu a autonomia  dos setores de  segurança ,  preservou as prerrogativas dos militares  e um regime de “democracia relativa “, como ele gostava de dizer .”( Mathias, S., ib., p.139).

             A autora foi  feliz no que se refere à sua observação envolvendo todos os lados da transição democrática. E aí colocou o dedo na   responsabilidade por essa  transição limitada , democracia restrita , na  sociedade, nas elites, na Oposição oficial e, como veremos  adiante, inclusive nas chamadas esquerdas , até nas auto-intituladas comunistas, que apoiaram e legitimaram transição de tal tipo (cf. adiante análise justa, no caso, de Luís C.Prestes , ex-dirigente máximo do PCB ) :

               “ …é preciso considerar que a responsabilidade pelo avanço a passos curtos é de todos os brasileiros e, principalmente, de suas elites que sempre preferiram  a mudança na continuidade e, além do mais, nunca formularam um projeto alternativo de transição política. Pelo contrário,  foi a adesão ao projeto militar que marcou a posição desses setores .”( ib., p.143).

            Maud Chirio , que bem estudou a “política nos quartéis”, também acaba por concordar e considerar que a “distensão”-

        …”não constituiu o retorno negociado e por etapas à situação anterior ao  golpe, ou uma anulação da ditadura, como as palavras empregadas pelo próprio poder (“abertura”,  “distensão”, “descompressão”) fizeram a oposição esperar . A política de Geisel , na verdade, foi mais uma tentativa de institucionalização da revolução” segundo ideais autoritários do que de democratização. “(“A política nos quartéis”, p.172, Zahar, RJ,2012, cf. nota número 10, em que coonesta Mathias, ob.cit. e Aloysio de Carvalho , “O governo Médici e o projeto de distensão política (1969-1973 ).

        Essas as origens e bases de nossa atual democracia consolidada, de nossas “instituições sólidas “ , segundo a big mídia e altas figuras do STF e outras instituições. Elas e outras razões , examinadas adiante ,  explicariam,por exemplo,   um Honestino “desaparecido”,  44 anos depois, mais uma Ieda e Paulo e mais centenas . E a sociedade brasileira na situação calamitosa em que se encontra, arrasada  –  mas com Renans , Collors, Maias , Temers , Lewans , Toffolis ,etc., na sua mais alta direção. Outros fora do centro de gravidade do poder, fração neoliberal lulista , mas alisdos aos citados, parte do blioco dominante de poder .

      CONSTITUINTE DE 86, ANISTIA, ETC.

        Prestes já intuía tudo  isso e talvez fosse a única figura política daquela época que levantava , indiretamente, essas questões, de forma  direta a da Constituinte  . Criticou , acerbamente, a “abertura democrática “ e depois a forma de organização da Constituinte, do mesmo modo que a falsa esquerda .

          Muitas posições suas, hoje,  parecem justas, na medida em que , por exemplo, ainda em dezembro de 1982, após a anistia e até eleições “ democráticas” , a Polícia Federal , “cumprindo ordens superiores”invadiu o VII Congresso do PCB, desbaratando a reunião.(“Prestes, um comunista”, de Anita L.Prestes, Boitempo, 2015,SP , p.518-9).

         SEMPRE HÁ QUEM PERCEBA

         Já em 1982,  Prestes afirmava :

 “O imperialismo hoje não é só o inimigo externo :está incrustado no sistema socio-econômico brasileiro. São os monopólios estrangeiros, as multinacionais que estão aqui dentro” . (“Prestes, lutas e autocríticas”, Vozes , RJ, 1982, p.214, de Dênis de  Moraes e Francisco Viana-  livro aliás a que Prestes fazia restrições ).

Virando sempre à direita , conduzido de fora para dentro , de acordo com os interesses internacionais , um Meirelles , o amor econômico/estrangeiro  de Lula, e agora de Temer . E dirigindo a economia, o que significa interesses estrangeiros sem intermediários, como está o Brasil em 2017 ,35 anos depois ?

           Não foi à toa que Paulo Maluf, abraçando Lula ,  dizia-se à esquerda dele ,  e que a política que ele fazia no BNDES horrorizaria até Roberto Campos. No Brasil, empurrada pelo Império, a oligarquia brasileira subordinada foi , à direita, adiante até das maiores pretensões, no passado, de um Carlos Lacerda ou Roberto Campos, considerados os grandes pais e depois avós do liberalismo econômico no Brasil, até pela influência nos quartéis e na elite militar .

  [ Quando Lacerda passa achar que “tudo aquilo” – o movimento militar – fora longe demais, via ilegalidade e entrega dia interesses nacionais , com Castelo Branco abertamente favorecendo interesses/empresas estrangeiras(ferro , M.G.), e passa a criticar a desnacionalização, etc., diversos grupos militares voltaram-se contra os movimentos de fechamento da sociedade e, depois, até contra o AI-5 , que foi empurrado na garganta de Costa e Silva (Carlos Chagas, “113 dias” e outros livros ).

Costa e Silva depois vítima de um golpe que empossa a Junta Militar e não o vice-presidente . (Cf. “A política nos quartéis”, refs./bibl.abaixo). Não importa aqui discutir as razões de Lacerda, possível oportunismo,  pois queria ser presidente ).]

         Prestes foi até contra a candidatura de Tancredo Neves,  considerando que tratava-se do candidato preferido dos militares(afirmação correta)  , que daria ao sistema uma “falsa ideia de liberdade”(p.520).Considerava que tratava-se de “concessões secundárias , limitadas, para conservar o essencial. E que o essencial no Brasil seria o poder militar , a tutela militar sobre os poderes do Estado” .(id. ) (Do que discordamos,parcialmente  – por trás do “poder militar” , via  cúpulas, serviços secretos ,etc. –havia/há sempre –  o Império ). Achava Prestes que a ênfase em eleições diretas desviaria  a atenção do povo “de seus problemas fundamentais : fome , miséria e falta de trabalho “.

         De fato, tinha certa razão – houve naquela época grande ênfase no  problema político, abertura, democracia, eleições diretas – e ficou em segundo plano a dominação estrangeira, a exploração do povo, o poder dominante do capital internacional e das multinacionais . Por quê?

        E quanto à crítica a  Tancredo – que afinal nem governou, com uma morte ainda mais conveniente ao regime, Sarney( num golpe) substituindo-o  – e eleições indiretas , de fato , décadas depois, Maluf , em entrevista na tv( a repórter da Globonews) , declarou que fez o papel de boi de piranha , pois era do interesse do regime, para que Tancredo ganhasse,  o que já sabia , antecipadamente , que ocorreria (entrevista , Globonews,cf.internet ) .

         Prestes criticava Giocondo Dias, líder do PCB  , e um seu artigo conciliador com o regime – “Negociar é preciso, mudar é preciso”(F. de S.Paulo, 16-7-83, p.3). Giocondo , tempos depois , teve encontro secreto no Palácio do Planalto, confirmado anos após , com Figueiredo. Prestes foi convidado para alguns comícios, então, mas sem o direito de falar.

Esta situação persistiu durante anos, em várias ocasiões(e estava afastado do PCB) . Tentou também  ser candidato pelo PT ,  PMDB e  PDT , tendo sido recusado por todos , alguns fazendo-lhe exigências inaceitáveis . Tudo isto já mostra um certo caráter excludente, para alguns, como ele, já no processo de democracia em andamento, bom tempo depois da chamada “anistia ampla e irrestrita”.(id., p,.526,530 e outras).

        As restrições feitas por Prestes , primeiro à Constituinte e, depois, à Constituição de 1986, tinham razão  de ser . Ele argumentava, quanto à primeira –

     1 – anteprojeto de uma comissão de notáveis nomeada por Sarney , sem presença de representantes de operários , sindicatos e outros ;

       2 – toda a legislação “fascista”(sobre segurança nacional, lei de greves, estrangeiros, etc.) estava de pé, durance sua convocação e organização , o que implicaria em coação direta ou indireta ;

  3 – não seria uma verdadeira Constituinte, convocada para tal, mas um “Congresso constituinte”;

       4 -representação desproporcional , um deputado  do Acre eleito com 10 mil votos e um de São Paulo só com 132 mil ;

      5 –  eleição  mais cara do Brasil , necessários “bilhões de cruzeiros …” …”uma Constituinte dos grandes empresários, que haviam financiado a eleição ;  entre outras.

           E indagava – nessas condições como pode a Constituinte “ser soberana e livre “?

         Convenhamos, tinha razão  e os resultados atuais mostram isso – os intelectuais e políticos brasileiros, de lá para cá, mostrando-se incompetentes ou mais uma vez conciliadores , de cabeça baixa, incluindo o PC do B, este a quem Prestes criticava acerbamente como “oportunista de direita “(ob.cit.).

      ART.142/CF-1988 : DEFESA DO PODER ARMADO ?

 

Resultado de imagem para desaparecidos

          Criticava-se ,ainda , o silêncio de todos sobre esse artigo 142 ,CF , em que são atribuídas às Forças Armadas  funções “…     incompatíveis com um regime efetivamente democrático “ .

Seria um preceito que constituiu “uma das maiores, ou mesmo, a maior vitória dos generais na Constituinte …” E Prestes lembrava o professor Eurico Figueiredo , especialista em assuntos militares, que afirmou que “eles (os militares) ganharam (na Constituinte) todas as batalhas “ .

  IMPORTANTE

            Por este artigo, às Forças Armadas, “quer dizer , aos generais” – é concedida a atribuição constitucional de “garantirem (…) a lei e a ordem “, ou seja, uma “atribuição constitucional que nem ao presidente da República ou aos outros dois poderes do Estado é tão expressamente concedida .(p.533).Para ele, a afirmação que aquela atribuição dependeria da iniciativa de um dos poderes do Estado seria apenas formal face a saber-se quem eram os donos dos tanques e metralhadoras …(ib.) .Isto é, os militares estariam acima dos poderes do Estado , ao fundo . Persistiria o mesmo domínio, como ocorria no Brasil desde Vargas, 1931.

           Tal artigo continua vigente. Edson Teles, professor, assinala –

           “…na Constituição de 1988, seu artigo 142 aponta a INGERÊNCIA MILITAR NOS ASSUNTOS CIVIS. “ (grifo da redação ) . E indaga : “Como podem os militares submeterem-se aos poderes constitucionais (Executivo, Legislativo e Judiciário ) e ao mesmo tempo garanti-los ? “  ; para ele , a relação entre militares e civis ficou quase idêntica à Constituição outorgada de 1967(id., p.534)”.

            Assinala o professor ,  ainda :

            “Em uma democracia plena o poder não pode ser garantido por quem empunha armas, mas pelo conjunto da sociedade por meio de eleições, da participação das entidades representativas da sociedade e dos partidos políticos. Ao instituir as Forças Armadas como garantidoras da lei e da ordem, acaba-se por estabelecê-las como um dos poderes políticos da sociedade”(O Globo, p. 5 Prosa e verso, 30-1-2010).( sublinhado da redação) .

           É o suficiente. 

         Mas, apenas para encerrar exemplos do que foi a origem da nossa atual “democracia” , e por que 50 anos depois ainda é a “democracia dos desaparecidos”, embora o ocultamento feito pelas Comissões da Verdade (demagogia, propaganda do partido então no poder , etc.) , observe-se como os empresários trataram a elaboração da mais importante norma brasileira :

           “O empresariado multinacional lançou-se no esforço final de mobilização da opinião publica a favor de seus interesses. A “caixa de ressonância” – que incluiria filmes, artigos, panfletos, anúncios em jornais e televisão, adesivos, almoços e encontros de esclarecimento com editores de política e economia (como os organizados pela Shell, Brascan, Xerox e Furukawa ) – seria criada após a decisão de investir l, 5 milhão de dólares na campanha”. “(J.Brasil, 24-6-1988  e outros . In Dreifuss, R.A “O  jogo da direita”, Vozes, Petrópolis, 1989, p.234) .

           Isto o que se sabe – transparente . Novamente, Prestes fez afirmação peremptória e sintética , ao assinalar que o General Walter Pires dissera a verdade quando declarou “:

        “Com o governo Tancredo Neves , a revolução de [1964 ]  não acaba . Ela se eterniza”.

( In “Prestes”,  Anita Leocádia Prestes,ib. , p.527  , e nota 66, “Entrevista a Lenira Alcure, Fatos, 27 maio 1985).

            Pergunta-se – e , morto Tancredo , com Sarney, muito  longe de ser um “Tancredo”(este sempre contra ditaduras ,terror,torturas) , sendo Sarney , ao contrário velho oligarca apoiador do regime terrorista ?
          Explicado e bem explicado está , pois , porque, nesta “democracia relativa”, golberyana-americana, com origens (vide antes) antidemocráticas, feita por uma Constituinte antidemocrática , desde suas origens as mais remotas , com o povo enganado pela big mídia (financiada por quem?)  e intelectuais incompetentes ou também enganados ou coniventes ,  afinal  chegamos aos “desaparecidos”atuais ainda (?!) e a  nosso Honestino – e a Ieda e a Paulo de Tarso , da UnB , casos até hoje ainda  não esclarecidos  , como muitos outros . 
          Isto , mesmo após décadas de forte influência da “esquerda”, de fato  direita mascarada ,  partidos autointitulados “esquerdistas”, “socialistas” ou “comunistas” (PT, PC do B, etc.), que tiveram deputados, governos estaduais, prefeitos, senadores, desde décadas , e depois os próprios governos federais (Lula e Dilma) – e nem assim, tendo como Ministro da Defesa um autointitulado comunista, Aldo Rabelo , informaram e deram conta do que aconteceu e onde estão nossos “desaparecidos”.

              

        Vemos  que pode ter  sido deixada uma dubiedade, desde então ,exato para o futuro, talvez para a possibilidade futura de  dias confusos como os de hoje . Os estrategistas planejam o futuro, o após batalhas, em especial os militares  .

        Numa  sociedade em caos como a nossa , só poderíamos concluir que  este Judiciário  atual é capaz de todo tipo de interpretação, nem se fale diferentes instituições, juízes, etc. As acima estão disponíveis há décadas .A questão  da intervenção militar direta , pois, em nossos dias, nada tem a ver com a Constituição, mas com interesses políticos concretos, no caso os do Império, em primeiro lugar. 

     DESINFORMAÇÃO,CONTRAINFORMAÇÃO,

          PSICOLOGIA SOCIAL 

    …buscando atingir MENTES E CORAÇÕES, bandeira já velha do Império, tudo indica que abandonada pelas esquerdas , que não mais  mencionam independência nacional, imperialismo,  soberania do país . Limitam-se elas a , num apego ao passado  até estranho, colocar no rua  bandeiras com foices e martelos ,vermelhas, etc. cujo efeito tático e prático é isolá-las das massas pouco politizadas.

No passado,algumas chegaram ao cúmulo de autointitularem-se “assaltantes e terroristas”, título não lhes  atribuído pelo regime militar, como poderia  parecer , mas por  suas próprias  lideranças. O que causa incrível estranheza até hoje. Serviu isso para unir a sociedade contra elas .

    O IMPÉRIO E O BRASIL- PROJETO VITORIOSO ?

        A importância histórica do Brasil, hoje destruído , para os EUA  é  inegável  – basta ver o conjunto de projetos  e falsas promessas feitas pouco antes de 1964 – muitos  programas englobados  na velha Aliança para o Progresso , ao fundo de tudo a USAID , a CIA, entre outras agência,  ou seja ,  o financiamento do governo americano. Tal fala por si só.

       POR QUE  UM PLANO DETALHADO  ?

     Primeiro, há declarações explícitas – ALIANÇA PARA O PROGRESSO, IADESIL , ICT , CIA , Ibad , IPES ,  AFL- CIO – as refs.  são inúmeras, planos  concatenados  entre si,etc.  MEC /USAID,    IADESIL , CORPOS  DA  PAZ ,  SERVIÇOS  SECRETOS BRASILEIROS , POLÍCIA FEDERAL   —  MILITARES EM CURSOS NOS EUA. (Essas ligações estão  bem expostas, quanto aos militares, no livro de Lucas Figueiredo, “Ministério do Silêncio”).

         Quanto a civis,  estão bem atestadas, com dados , no estudo “Disseram que eu voltei americanizado…”, de Larissa Corrêa, tese de doutorado( Unicamp) . Ali se mostra o  berço sindical e político de Lula da Silva , nos EUA , e os cursos americanos para sindicalistas , no Brasil, muito investigados , mas nunca punidos ,por onde  passaram dezenas de milhares de sindicalistas. Entre eles ,Lula da Silva .

Isto explicaria, além de apoio de  consulados e embaixadas dos EUA , o sucesso do líder Lula e a então queda dos movimentos sindicais de esquerda, no Brasil.  Houve resistência de sindicalistas mais  nacionalistas .Bem como explicaria ainda o que ocorreu e ocorre na CUT/PT , desde a fundação, e ainda hoje, com o dedo de Lula e de seus apoiadores estrangeiros. Este o berço sindical e político de Lula – EUA , sua  política sindical,AFL-CIO/CIA , mostrado com sobejos dados nesse  estudo e em outros livros .

        QUAL O OBJETIVO DO IMPÉRIO , NO BRASIL E MUNDO ? 

Chomsky, já citado neste site  várias vezes , explicou –garantir os interesses americanos, impedir soberania ou independência nacional, tal tipo de luta, sem importar  seja feita pela esquerda ou direita .(“Para entender o poder”, já citado, cf. artigo anterior, neste blog). Se , por oportunismo, razões ” do bolso” e outras,  civis ou militares não o querem entender – é outra questão.

        Qual o  ardil , em 1964 e anos seguintes ? 

  O “Perigo  comunista“exagerado, depois apoio (secreto) a inviáveis guerrilhas (a CIA sabia delas desde a origem) , sequestros, Guerrilha do Araguaia, assaltos nas cidades (” provocações”), tudo capaz de unir bem , lado oposto, empresários, militares e classes médias ) e, mais tarde, a entrega da “democracia relativa golberyana” aos “civis”, de fato oligarquias locais aliadas ao Império. Sempre ele dando as cartas , fora reações  limitadas , época Vargas, Jango, Brizola ( pré-anistia) , em especial. 

Depois. Uma “democracia”  logo envolvida em grande  corrupção(arma política )  – o caminho para chegar até os dias de hoje, com um filho da “Aliança para o Progresso” ,Lula, como grande líder político , para sermos moderados na denominação, antes dirigindo o Brasil , hoje tendo ainda  forte influência .

Em outras palavras, um agente americano , que chegou a Presidente do Brasil, e promovendo a política de interesse de outro país , antagônica ao nosso,  razão da destruição econômica , política e social à nossa volta? E ainda por cima , óbvio, mascarada .E que será negada por ele e seus adeptos até o fim dos dias . Ou até quando talvez daqui a cem anos liberar-se parte da ação política secreta americana, no Brasil. 

[Como temos repetido, com Maquiavel, Clapmar,Bobbio, Moniz Bandeira, P.Agee, Freund( ” O que é a política”? ) , etc., isso é       política , ardil, astúcia, armadilha ,truque, força, violência, mentira – exato o contrário de idiotas que brincam em ridicularizar , como “teoria da conspiração ” , alguma trama , oculta na política ou História, de que se desconfia . Ler refs. Pensar]. 

 QUEDA  DE DILMA TERIA TRAZIDO CAOS ? 

    Imagem relacionada     Mentira.Mais uma , como tantas outras . Mentira  cínica como a que alega  que o combate à corrupção prejudicou a Petrobrás e os negócios do país . Parece brincadeira,  mas não é . Os lulistas sustentam isso e ainda atribuem o combate à corrupção à …Cia. Não a origem neles  próprios, claramente localizada como  mostrado acima ,  e em vários artigos deste site , e , em  nossos dias , nas muitas informações  espalhadas pela internet.

        O PT/LULA ALEGAM QUE a QUEDA DE DILMA GEROU O CAOS. Na verdade , pode ter salvado as verdadeiras esquerdas de algo pior ainda do que estamos assistindo.

         NÃO TEM SENTIDO , AO CONTRÁRIO, as alegações lulistas . Primeiro, foi cumprida a legislação , no impedimento de Rousseff, até de forma mais ou menos rigorosa, em função do caos geral nacional. Mas. E SE NÃO DERRUBASSEM DILMA E A DEIXASSEM CONTINUAR , decadência geral,corrupção ,etc.até 2018  ?  Chegaria lá? Isto é, supondo “todos calados” ,omitindo-se ,  inclusive todas as esquerdas.(Que, aliás, demoraram a entender o que  ocorria).

         Pelas contradições dela e Lula (promovendo política neoliberal disfarçada por verbas, fisiologismo, corrupção,  assistencialismo  , e ligados ao grande capital; mas apoiados por sindicatos que , mesmo “apelegados”, defendem certos direitos tradicionais dos trabalhadores,  entre outros),  só administrariam a crise de forma ainda pior que Temer, como já vinha  ocorrendo .

E cairiam em mais contradições (como estavam caindo, desesperados, perto já de destampar-se a “panela” mostrando a comida/política  suja, corrompida,  e mal feita por eles ) ,desmoralizando-se até um ponto  insuportável , o que quase já estava ocorrendode fato, as massas populares adiantaram-se – milhões de pessoas protestando nas ruas, meio desorganizadas, classes médias revoltadas, talvez a maioria .(Depois, aos poucos, é verdade,recebendo apoio  mais  organizado de parte , outra parte , frações da direita também , não lulistas ,  com a criação de novos movimentos ).

        Mas, Lula e Dilma , e seus lulistas e aliados, autointitulavam-se de  “esquerda”, e até comunistas,  o que militares e outros também lhes atribuíam . Até porque fingiam , cinicamente, apoiarem o Iran contra os EUA; e ainda Cuba, Venezuela, Bolívia, etc. 

[Um fingimento, modelo  internacional,  que serviria de biombo , fachada, para disfarçar  política interna à extrema direita, encoberta por política  internacional à esquerda – Jânio Quadros, direita braba, foi um dos que bem usou isso , até condecorando Che Guevara] .

   LULA, O FILHO DA “ALIANÇA  PARA O PROGRESSO”  

     Resultado de imagem para LULA, O FILHO DA ALIANÇA PARA O PROGRESSO     Pior, já descobrira-se que Lula dera empréstimos (ainda hoje secretos,  diversos deles  ) via BNDES ( vide acima) justamente para alguns desses países. Para calarem-se   sobre  contradições lulistas ,  deles conhecidas ,lulopetistas   farsantes ? Pode ser .

Sim,  porque todos aqueles países em situação difícil , financeira, mas  ao menos Cuba e Venezuela numa posição  de esquerda real, a hostilidade do Império comprovando.

  Não saberiam quem era Lula , esses países não têm serviços secretos ?  , informações ? Lula  fazendo até a “diplomacia secreta ” dos EUA, o que foi comprovado , no caso do Iran ?  [Irresponsável, irritado com críticas sobre seu esquerdismo anti-EUA , lá  pelas tantas ele confessou , de público ( Cf.jornais) que fizera tudo pró-Iran , “combinado com os EUA (diplomacia secreta )”. (Caso do Iran ). (Cf., pesquise) ].

Não os subestimemos .Uma Cuba saberia disso( quem de fato era Lula) , claro, mas se calaria num jogo “diplomático” , irrigado a financiamentos privilegiados do BNDES? Sim, fingiria , possível, por estar obtendo ganhos importantes em meio a séria crise .

          Então , de certo tempo em diante ,  alegremente taxado de esquerda por muitos, claramente à direita, se autointitulava  metamorfose ambulante, rindo,  tal servindo  de fachada para um jogo macabro de engano, ardil, oportunismo – dedicado a enganar à esquerda, pois a direita era compreensiva , sabia que a práxis dele (já evidente)  mostrava quem era (e talvez conhecesse suas origens, relações com Villares, Garnero,  milionários do ABC, com quem se relacionou . Lula  e  sua administração    fazia , fez , uma política neoliberal , sempre escondida por uma máscara de esquerda. Este seu grande trunfo político.

         Por isso, em muitas manifestações de rua eram os lulistas  chamados de “comunistas corruptos, safados,  ladrões esquerdistas sem vergonha”  ,etc. Voltando atrás.

         Pergunta – o cenário estaria pronto, então, uma hipótese(temos que imaginar ardis)  para “Dilma ir até o fim”, isto é , 2018 ? Isto é ,  tipo está fazendo Temer ?  Como a situação já era muito pior, ela, Dilma,  impossibilitada de providências à direita , não poderia ir mais à direita impedida pela  sua própria demagogia e bases sindicais enganadas , o caos crescendo  –

   o objetivo militar, então, ao menos de alguns, , frações militares, em mais um plano secreto, não seria  ela acabar  derrubada por heróicos e festejados militares ?

Isto  é , toda a bagunça, roubalheira,  etc.  dos lulopetistas seria atribuída aos” comunistas” Lula, Dilma , PT, PC do B, outros partidos e grupos menores à esquerda,  estes talvez  de esquerda mesmo  ? À toda a esquerda, várias correntes envolvidas na administração Luladilma.

          Nessa hipótese, a extrema direita e militar voltaria ao poder desmoralizando por décadas as esquerdas reais

e claro  , Lula e Dilma seriam  , de uma maneira ou outra , “aliviados”(Já analisamos , em  outra parte, como  eles , de fato, são bem conhecidos dos  militares  e  serviços  secretos ).     

            Maravilha, à direita ,esquerdas mais  desmoralizadas e  amassadas ainda do que agora –  porque teriam  sido reprimidas ,diretamente, todo o caos e corrupção atribuídos a elas. E por quem ? Pelos militares/elites oligárquicas/Império/big mídia ,  eis que as “instituições” teriam tentado proteger “tudo isso” e mais a “democracia” até  a “solução” política de 2018 .Mas, impossível , os militares tiveram que salvá-las . Depois, voltariam à caserna como heróis. Caos geral? Culpa dos comunistas corruptos. Décadas dessa versão repetida , confundindo o povo. 

             Se parte das esquerdas não tivesse  deixado de lado a defesa de Lula e Dilma, corruptos, negado-se a mais violenta reação pedida por eles , embora Lula e  Stedile a tenham incentivado  (?!) – aquele  poderia ter  sido o resultado . O aparecimento de heroica e vitoriosa fração militar de extrema direita , esmagando os “comunistas corruptos” . 

           Com a queda de Dilmalula , e ajudada pela corrupção também ,  evidente, de Temer e cia., substituídos por outras frações políticas neoliberais,  as esquerdas,  em parte , pouparam-se das acusações citadas – e preservaram-se .

 

             ARMADILHAS,  CONSPIRAÇÃO, ARDIS ?

 

              POLÍTICA. Letras maiúsculas, que não se confunde com ética nem moral, nem direito, nem com sentimentos . Pelo menos a de nosso tempo, do líder mundial – o Império. Sim, pode ser , pode ter havido um plano no sentido acima,  isto é a real política (Freund)  e aquela natural da direita . A CIA , antes e depois de 1964 fez coisas de tal  tipo e até piores por aqui.  (Quem quiser vá estudar mais o “Diário da Cia”, de P.Agee. Ninguém fique constrangido . Moniz Bandeira bem o estudo e admite . “Formação …” Esgotado, mas encontra-se). 

           Visto está , absurdo chamar Lula  ou Dilma, envolvidos em corrupção e na vida a mais burguesa, de  elementos de esquerda ou comunistas . Ardil ou ignorância crassa? (Lula com Rosemary viajando por dezenas  de  países,  “em  lua de mel”, tudo pago pelo sofrido povo  brasileiro , e com uma política neoliberal pró-Império mascarada  de “esquerda ou comunista” ).

 Se não  um erro político crasso – tratar-se-ia mesmo é de armadilha bem realizada , combinada com desinformação e contrainformação para enganar mais uma vez o povo brasileiro.

Que acabou por não ir até o final, pelo recuo das reais esquerdas , que eram o alvo que interessava de fato liquidar. As “esquerdas lulistas” e as dos “comunistas” seus aliados( Rabelo, ministro da Defesa! ) pouco interessavam , por certo sob controle dos serviços de informação nacionais ou estrangeiros , direta ou indiretamente . 

     ALTERNATIVAS PARA OS MILITARES

          Realmente, como vimos, interpretações jurídicas não  poderiam impedir a intervenção militar . Ao contrário, Hoje, eles  têm muito mais razões jurídicas e políticas do que  em  1964 para intervirem, mas não parecem preferir isso. De fato, a situação é muito diferente .

          Atuaram no Rio, 2017  , auxiliando polícias locais, até  distribuindo  guloseimas para crianças (?!) . Ora, buscando simpatia, muito diferentes  que em 1964. Claro que essa foi ordem vinda de cima. Os militares, agora  sem CIA, IBAD,IPES,Império injetando milhões  de dólares , parecem querer singelo apoio popular –  embora para consegui-lo terão que primeiro enfrentar muitos problemas. ( Pensarem – não seria a hora de uma autocrítica perante a Nação, o que só os engrandeceria?) 

      É fato que a sociedade brasileira , em 1964, tinha mais força organizada , inclusive  nos bastidores,  mesmo Goulart tendo resolvido não  liderar a reação  ,sob a alegação que haveria uma guerra civil e que não era um revolucionário. Embora nacionalista e popular .Goulart não era um Lula, nem “populista”  .Veja-se suas efetivas decisões e as leis que aprovou ( Tem razão nisso Moniz Bandeira- ” O governo,João Goulart”) .

É verdade, Goulart não caiu como um Lula ou Dilma, legalmente,  sem reação, acusados de todo tipo de ilícitos, e via legal  – vergonhosamente,  aceitando tudo e fazendo acordos (como no impedimento de Dilma, retalhando-se a Constituição, e ela tendo sido afastada,   mas não punida ). Jang0. Caiu com tropas, militares nas ruas, milhões de dólares  da CIA e do Império usados para financiar parlamentares e agitações . Esquadra americana perto.

Milhares de ” corpos da paz” no Brasil. Cursos americanos,  para operários sindicalistas atuando em SP, formando milhares de alunos  (  AFL/IADESIL) . Entende-se – Goulart era anti-imperialista, nacionalista, Lula  e Dilma trabalham/ram  para o Império . ( E não interessa o que Dilma teria feito há 40 anos . “Elias Maluco” também foi um garotinho simpático e inocente ,quando guri, bem  jovem, antes de começar a botar fogo em pessoas).

          Mas , a não reação , resistência mais dura e militar ,  em 1964, e a reação muito mais desordenada posterior, de estudantes e outros, sem apoio em qualquer  órgão  estatal – o que poderia  ter havido na  época  de Goulart – gerou a situação que vemos hoje à nossa  volta .

Vivemos , hoje, os resultados da não reação popular e  militar nacional ,

desde o primeiro golpe estrangeiro/ militar  de 1964. E conviveremos com isso até o fim dos dias do país que se chamou , um dia, Brasil, se tal confirmar-se. 

           Quer dizer, todos os  problemas de 1964 estão sendo jogados , hoje, multiplicados , de volta, no colo do povo brasileiro-  e  dos militares . Numa  situação muito  mais difícil e complexa, como a metáfora “a vaca já está no brejo” tentou ilustrar ,  de forma forte.

        Hoje,a sociedade brasileira  não  tem líderes do porte de então .A situação , como  dito em artigo anterior,é outra – hoje, não interessa ao Império a intervenção deles militares – ao contrário, quanto pior melhor, preservados os lucros ao  máximo  . Enquanto não houver riscos efetivos ao regime político. E , para isso,manobram Meirelles e equipes de alto nível. Economia separada da da política . ( ” Império do Capital” , E.Wood) .Temer pouco dirige – trata de defender-se , políticamente . O Império tem seguras as rédeas econômicas(as que mais lhe interessam)  do país , exato como com Lula .

  Se os militares intervierem, sob  o beneplácito do Império (em princípio, sem necessidade,  pois o Braz$l já é uma província subordinada), seria para conter o povo  revoltado ou forçar mais  viradas do regime à direita – isto é, consolidar a província , em definitivo ( aprovação de certas leis, vendas de terra , concessões ,etc. como têm sido testado/tentado já por Temer ,discretamente , e Dilma também já o fazia, mascaradamente) . No momento, qual a necessidade? 

     NOVAS TÁTICAS POLÍTICAS /2017 ? 

Na economia, o Brasil integrado ao Império, como um país “agrário” , totalmente  subordinado , pacificamente , conquistadas em boa parte “mentes e corações” ,  o que é  ideal para ele , Império, boa parte das elites já defendendo isso. Outro tipo de intervenção teria que ser em sentido oposto, como referido. Isto vale para todas as formas imaginadas , inclusive as citadas . 

          Então, hoje não há IBAD,  IPES,  “ALIANÇA PARA O PROGRESSO”,IADESIL, MEC/USAID, NADA DISSO , tudo financiando ou incentivando ou motivando militares a saírem da caserna .

Todos  esses projetos, à parte de outro muito maior , englobando-os , deram certo –derrubou-se Goulart e toda pretensão de um  Brasil independente e soberano, industrializado e  inaugurou-se   a alta corrupção política ” democrática” por aqui(de fato , obra inaugural do IBad, ipes, CIA, DÉCADA 60, pré-golpe . Cf. “O golpe começou  em Washington”  , de Edgar Morel, que afinal tinha razão) .O Estado,foi conquistado , integralmente .( Dreifuss, R.A., ” 1964- A Conquista do Estado) .

          O  que faz-nos  pensar – a corrupção que grassa agora, 2017  , pró-Império, de forma muito mais inteligente do que então(1964) (pois os próprios brasileiros financiam sua corrupção e destruição e não dólares estrangeiros) ,  teria sido estimulada e ensinada  pelo “grande irmão” , via assessorias de um Lula, Dirceu , Palocci , e CIA , etc. ?Pode ser.

          Oldebrecht, Joesley, empreiteiras, EUA, toda essa turma sempre com ligações e por lá. A começar por Lula. E nenhum deles teve esmerada educação.  “Açougueiros” viraram bilionários ,Lula com contas de milhões de dólares , no exterior . Com quem aprenderam mesmo?  Há estrategistas competentes a esse nível. A CIA , por exemplo, nada saberia? Por que não teria denunciado? Envolvida ou beneficiada ou o Império beneficiado? Por que não avisou/denunciou/divulgou? Que benefícios teria tido com o silêncio? 

  Pode ser, cf. informações da mais alta falta de caráter na cúpula lulista. Além do mais, tal poderia não ter sido de forma  explícita , desde que aqueles só  quereriam  propinas  e lucros , não querendo enxergar nada mais.  Pobre Braz$l.

Aliás, nada mais estranho que o abandono das bandeiras anti-imperialistas por parte de certas  esquerdas , nem se fale nas “esquerdas” lulistas ou do PC do B – quase silenciam , tímidas, na luta contra importantes interesses do Império, como o “sistema da dívida” , dívida pública inconstitucional, etc. E esmeram-se em jogar nas ruas bandeiras com foices e martelos e outras, frente a massas atrasadas e em boa parte religiosas . 50 anos sem resultado algum, sequer democrático ou organizacional, como se nota.

Fora  isso, só lutas por objetivos específicos. Enquanto ,de um lado ,o Império se esconde, não pretende mais tomar territórios, atua invisível, esquerdas ainda poupam- no , na prática ,ao omitirem-se , ao não atacarem seus interesses.Quase nenhuma defesa dos interesses nacionais , vagas críticas apenas a privatizações, que o povão não entende bem. Por quê?  

  OS MILITARES NÃO PARECEM APRESSADOS 

         Por isso , os militares não estariam  tão interessados assim em intervir ? Prefeririam , como todos preferimos, intervir via Clube Militar,  militares da reserva , eleições ?

     Mas, se há apenas algum disfarce, despiste(?!) , desde que o que pretenderiam   mesmo os militares seria deixar “tudo como está” , agindo apenas com/via algumas   pequenas ameaças ,corretoras , dirigidas a certas autoridades ? E , claro , rápidas ajudas , quase inofensivas , à Polícia, esta  descalibrada e disfuncional. 

          Porque parece que os militares pretenderiam intervir tarde demais , não o fizeram antes , e  com razões e a tempo, muito ao contrário de 1964 . Além de não intervirem diretamente, intervirão mesmo  de forma indireta – eleições,etc. – sem impedirem que o caos avance ?

Isto é, estariam então ressalvados , de todos  os  lados – não responsáveis por descumprir ,mais uma vez , as leis;  ressalvados por terem advertido e até se arriscado com advertências e declarações  ; educados , porque teriam buscado intervir via Clube  Militar e eleições e reservistas. Logo, se demorarem resultados  , nada  der certo, etc. –  a responsabilidade não seria deles(?!).

       (?!) A responsabilidade moral , de cada um , ética e constitucional é deles . Sim, como mostramos, até porque pressionaram isso à época da Constituinte  . De fato .  Se quiserem mesmo enfrentar os problemas nacionais, atenção , pois o maior empecilho ao desenvolvimento brasileiro  e à industrialização nacional  está nas ações do Império. (Cf. art. anterior). Então,  tratar-se-ia   de  enfrentar o Império Sim, que teriam  que enfrentá-lo  para poderem liderar ou estar ao menos perto  da frente de luta pela soberania nacional  – isto é, dos  dispostos ainda a enfrentarem o Império .E não contra ela , mais uma vez, liderando a repressão contra o povo. O Brasil , formal, ao fundo oligarquias/Império sempre vencendo não uma revolução, mas uma contra-revolução, característica de nossa História.(José H.Rodrigues, “Independência : Revolução e Contra-revolução” – as Forças Armadas ” ; cf. art.anterior).

 Posição difícil , reconhece-se , para  uma instituição que assistiu ,décadas , à degringolada nacional, o crescimento artificial do “esquerdista”  Lula  ,e  sua política de traição nacional bem mascarada  . E que talvez estivesse pronta , agora , para outro tipo de ação – atuar  contra um falso” governo comunista” , corrupto, desagregador”, dele , Lula  e aliados, responsáveis pela catástrofe à nossa  volta(?!) .( Haveria tal ardil, que acabou por  falhar?) . Talvez jamais se saiba ,com certeza. Faz parte da real política.

     Importante repetir. O recuo das esquerdas , o  prévio impedimento de Dilma, as massas descontentes desordenadas nas  ruas, de surpresa, fora de controle , possível terem impedido o êxito final de tal plano do Império/aliados locais (?!) , que teria ficado pelo meio.Mas, que era um plano inteligente .Com efeitos possíveis muito piores do que aqueles outros da chamada ” intentona de 35″ . O citado agora , se efetivado, desmoralizaria as esquerdas por décadas , consolidando todos os objetivos centrais do Império. 

            O INIMIGO CONTINUA O MESMO

        Quanto ao Império, os militares já devem ter percebido  como é difícil  enfrentá-lo,

até mesmo “diplomaticamente”. Imagine-se quanto a um enfrentamento direto,  no que se refere à soberania da Amazônia e outros casos do mesmo tipo(reservas  de índios ou  a questão da energia nuclear, proibida  pelo Império aos brasileiros . Não é o mesmo que enfrentar  meia-dúzia de estudantes desarmados ou com brinquedinhos ridículos que nem traficantes das atuais favelas ainda usam . ( Pensar na coragem dos venezuelanos , tão xingados – ou não ? ) 

            A alternativa militar seria eles, militares,  continuarem  “calados”, nos quartéis ,  fazendo de conta que nada estariam vendo , como faz o STF com inúmeros ilícitos, ajudando a levar a nação  a continuar , eternamente ferida   –no “brejo” .Província consolidada dia  a dia , com riscos de virar um Grande Haiti,  na dependência  exclusiva , se não houver antes reação popular   , apenas dos interesses maiores  e da “benevolência”do Império (que os  militares devem conhecer bem) . 

            Quanto aos democratas, esquerdas, democratas sociais, etc. excluindo-se traidores irrecuperáveis  e corruptos tipo, tudo indica ,  Lula e outros, a eles só  restará – superar a desinformação  em curso, conhecer bem a História do Brasil, suas próprias poucas forças e hoje as  muitas do inimigo – e preparar-se , a longo prazo,  para buscar ainda um país soberano e independente e democrático. Isso ainda  corrigindo  os erros cometidos até agora , traições,  acomodações. No fundo, mesma situação dos militares , a curto prazo, só que estes têm  tal como tarefa profissional , militantes como um problema de consciência e nacionalidade .

          Ou isso ou a alternativa militar será a mesma de povos derrotados e  a dos  civis também  – aceitar a dominação , a consolidação da província , ver ruir sua Nação , trair seu povo – e acomodar-se como súdito explorado , quase situação atual .

           Infelizmente, o Império, em decadência, não poderá  dar-se ao luxo de elevar o nível de vida dos brasileiros , qualidade de vida , tecnologia, infraestrutura , nem aqui nem em  províncias como o Brasil , eis que há várias outras em situação  pior ainda. E  ele, Império,  além, de muitos problemas internos e crise grave, não  tem contemplação, quando precisa defender seus interesses – veja-se Iraque, Afeganistão, Líbia, Iugoslávia ,  fatos históricos . E ameaças quanto ao Iran, Venezuela, Coréia,  etc.

           Então, prepararem-se os militares e brasileiros para a real possibilidade de ou lutarem, o mais unidos que puderem , pelos interesses nacionais , se é que o conseguirão, ou afirmar-se aqui um Grande Haiti . Com sorte, quem sabe, um Porto Rico. E atenção – há momentos , como o atual, que  podem não voltar, na política .

O Império e seus estrategistas sabem disso. O Braz$l está fragilíssimo – seria  a hora do Império  recortá-lo ou dividi-lo ou liquidar a “fatura política ” de seu interesse, de vez.Atenção . Ele bem o sabe . O que o detém é não desejar uma desesperada reação da “vaca” já no brejo . Ou que ela morra – pois ele quer seu leite e pedaços diversos , até cuidando, por isto,  para que não morra. 

O tempo não corre a favor dele, Império/EUA , em violenta crise, com a ascensão da China, recuperação da Rússia, contestado em muitos  lugares. Precisa da guerra , perigosa para ele, provocações que a justifiquem, maximizar lucros e obter matérias primas – agora.

         Quem sabe  ao menos a Historiografia brasileira registrará  não  só os que resistiram à “debacle” nacional ,a  de um país um dia chamado Brasil, que  buscaram o bem  estar de seu povo , e a sustentação da Nação, como também  nomeará ao menos os traidores que , deliberadamente,  venderam-se , e a seu país e povo , direta ou indiretamente –  a interesses estrangeiros .

Isto vale como alerta a todos os brasileiros.Tudo indica que o tempo  é curto e já não há mais outras  alternativas ,  nem para militares , nem  para o povo em geral – acomodar-se ou repensar o país, ter um projeto de Nação, reagir em  grande escala.

         Ah, talvez alguns  agora lembrem e tenham melhor entendimento do drama venezuelano atual, seus dirigentes caluniados, dia e noite ,pela mídia , bem como suas instituições , drama quanto ao qual  muitos  brasileiros sequer foram solidários. 

Parecem terem querido , a big mídia imperial local  ,o Império,  repetindo xingamentos , que a Venezuela fizesse,agora,  em 2017, (embora  com os  problemas  e erros que  seus dirigentes devem ter cometido, naturais, normais , face à situação que enfrenta ) ,  o  mesmo que se fez aqui , com o Brasil ,desde 1964 – omissão, abdicação da soberania e independência .( Ianni, O. , já em 2001) .

  O  QUE SE QUER PARA OS BRASILEIROS ?

  Isto é, continuar a entregar-se o Estado e o país, povo ,  às oligarquias locais, prepostas do Império/EUA , qual seja , a mais sofrimentos , favelas , falta de saneamento, prisões torturadoras, crimes,corrupção . Seguir-se as receitas econômicas e políticas deles . Os resultados calamitosos , hoje, por aqui, já à nossa volta . Entregar rápido ou aos poucos o que ainda resta de nacional , fingindo nada mais ver, como a questão da Amazônia e outras .

O povo venezuelano e seus líderes, eleitos, todavia , p.e., reagiram – inclusive às ameaças de um Trump/EUA , bem claras. E estão lutando – para manter a  soberania . O oposto do Braz$l , e sob críticas e presão de Temer, americanos , big mídia , Trump.

   Brasil. Fez-se aqui,  desde então, 1964 , o oposto  –  e os democratas e falsas esquerdas continuaram sempre fazendo o mesmo( igual receita “neoliberal”)na ” democracia relativa”   –  e ainda está-se fazendo agora    –  consolidando-se mais a província, esquartejando-se a “vaca “, pouco a pouco. 

          Tudo indica mais lama, sangue, mortos , dentro do brejo , com a vaca ferida, talvez mortalmente. Se não morta , ainda , só porque o Império o impede/ não deseja . [Mas , se muito fracassado o estado , poucos lucros , muitos reclamos e problemas , talvez o Império prefira um desdobramento do Braz$l Província em dois ou três ou quatro estados menores , mais fáceis de dominar / administrar/angariar apoio ].

  Devem seus estrategistas estarem   avaliando as reações, consequências,viabilidade . A “vaca” está sem dispor de UTI ou oxigênio, pois há que esconder-se seu estado do povão  , a real situação nacional  ( em parte aqui mostrada) .

Mentir “para o bem do povo”, pois este não suportaria as verdades. [Mentiras porcas, nojentas, anti-nacionais ; entre as elites, por certo,  consideradas  “mentiras úteis” justificáveis , de Platão (“A República”) ]. Sabe-se lá o que aconteceria , se todas elas  , verdades , desgraças, mais roubalheiras, traições, acordos secretos,  caíssem na boca do povo e em cima do povo , de uma só vez – já comprovados os fatos .

Quem sabe haveria revoltas e protestos insuportáveis por um regime político já roto e esfarrapado .Daí deixar-se  o povo desinformado, mascararem-se  verdades , proteger-se  um Luladilma ou Temer ou Aécio ( líderes dos maiores partidos nacionais) .  E proibir-se armas nas mãos do povo, risco político, é claro.Mesmo que aquele esteja ,desarmado, sendo massacrado, dia a dia ,  por delinquentes comuns – genocídio. Assim pensam as “elites”oligárquicas.Braz$l.

              Considerar-se  o oposto – a verdade é sempre, ao menos ,  o menos ruim dos caminhos. 

        VIVENDO NA MENTIRA 

   Mentiras, adiamentos , conciliações espúrias , impunidade , corrupção, ” jeitinho” – a repetição disso tudo nada resolverá. São necessárias reformas radicais , mudanças efetivas . Já. Impossível? 

Ou todos conformarem-se com o acima explicitado – degringolada do Brasil, consolidação da Província , catástrofe social, um país agrário, dividido em mais dois ou três idem, o que é possível. Em curso .

Avaliar-se tudo isso . As cartas estão na mesa. As conciliações e jeitinhos, de séculos,  levaram não a uma verdadeira Nação , mas a um aborto de Nação, ser deformado  e doentio, político-jurídico, uma República de Bananas Podres( J.Neumane,ESP, sem exagero) .Ou a uma República Frankenstein . Ou a uma República de Multinacionais (Darcy) .

  A atual Constituição e leis e instituições são  “camisas de força” , amarras com algemas , deixadas, espertamente ,  pelo regime militar/Golbery/Império, quando da retirada tática deles da linha de frente da luta política – ” democracia” . Esta ,sim, a real “herança maldita”.

  O povo brasileiro/Brasil, já Braz$L   está travado por elas e as chaves estão nas mãos das elites oligárquicas , garantidas por polícias e armas , aliadas e prepostas do Império, que recusam-se a entregá-las . [ Forma de escolha de ministros do STF e outros ; de eleições de parlamentares ; urnas eletrônicas; foro privilegiado; presidencialismo de “coalizão(?!) ; organização da grande mídia ; dívida pública inconstitucional ; quatro instâncias judiciais” ; ” vitaliciedade” ; salários secretos de juízes e desembargadores e ministros ; etc.].

Não dá para continuar, eternamente,  nesse caminho  – e está-se continuando, política imposta pelas oligarquias/Império.Resultado – Brasil já Braz$l , no brejo, despedaçando-se , sangrando.  Trabalharam elas tão bem ( têm estrategistas de alto nível – basta ver a “construção” de “Lula” e outros , à esquerda)  – que democratas e esquerdas e militares brasileiros ,  traídos e divididos,   parecem sem forças para imediata reação. 

  “Cartas” na mesa .Um jogo   valioso /importante, para os brasileiros e Império , que não admite ou pode  perdê-lo . E os brasileiros o podem? Logo, não será rápido nem indolor, aliás, não está sendo ( olhe-se hospitais  ,favelas,tiroteios, mortes em número maior que em guerras declaradas)  – “jogo”mortal, genocida , embora quase finalizado, ainda em curso .  Afinal, está em pauta um país, ou o que resta dele , uma Nação, um Povo sofrido  – mais de 200 milhões de brasileiros.

____________________________________________________________________________________________________________________

(*)Original não revisado,  o que  não impede entendimento.  Estas notas foram destacadas  de estudo maior, sobre os militares e a conjuntura nacional  , em especial para essa divulgação.             

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *