Exército no Poder

Maio 31, 2018 by

Exército no Poder

Exército Brasileiro já no Poder ?

    * a questão da greve dos caminhoneiros, as informações da mídia – credibilidade  , a omissão da administração Temer , repercussões e conseqüências  e , mais uma vez , as forças militares chamadas a decidirem e atuarem   , Exército à frente – os militares já “dando  as cartas”? *

 

                                                                                         (Redação)

         

 

Há vários dias, todo o Brasil sofredor da greve de apenas uma categoria – a dos caminhoneiros , dirigida por algumas associações , tipo a ABICAM  , a maior parte do povo favorável aos grevistas. 

     

            I – OS FATOS EM CURSO 

 

Resultado – postos de gasolina  cheios de clientes , brigas nas ruas , escassez de gêneros alimentícios até em grandes supermercados, início de uma hiperinflação, com uma dúzia de bananas vendida a R$15,00( quinze reais) e um quilo de batatas a R$7,00(sete reais), tomate a R$20,00 . Gente morrendo em hospitais por falta de recursos médicos, operações atrasadas , escolas fechadas , imensas filas em hospitais, sem atendimento. Pacientes voltando para casa , postos de saúde fechados, falta de remédios indispensáveis para doentes,

Com o prolongamento da greve e não obediência dos acordos com a administração Temer , agravaram-se as conseqüências – 70 milhões de aves morrendo de fome, canibalismo entre elas, milhões de suínos ameaçados, 1 bilhão de aves em risco. O grande trunfo agrário brasileiro com a faca no pescoço – bilhões de prejuízo, além dos da Petrobrás, desvalorizada em mais de 100 bilhões, a cabeça de seu presidente pedida por diversos setores, inclusive pelo pré-candidato a Presidente Ciro Gomes, que o considera entreguista, servindo a interesses antinacionais .(Cf. vídeo neste site).

E mais escoltas para os caminhoneiros que desejavam prosseguir, parados centenas de frigoríficos, prejuízo também  de bilhões de reais. O acordo com os caminhoneiros  custou mais 13 bilhões , Petrobrás desvalorizando-se como referido . Pior – acusações de presença de pessoas estranhas às categorias grevistas impedindo o livre trânsito – “infiltrados”, de origem ainda indeterminada, nos primeiros dias.

Haveria objetivos políticos com reivindicações como “intervenção militar”, “fora Temer” e exigindo “voto impresso nas próximas eleições”. As autoridades teriam identificado três movimentos, ao menos, ao meio dos caminhoneiros – “Intervenção militar já”; “Fora Temer ; e “Lula livre”. O que indica a presença de adeptos de Bolsonaro/forças militares, uma facção militar  , e do PT/lulistas , sem dúvida de forma oportunista, pois não organizaram a greve, entre outras – aparentemente nada tendo a ver com a organização do movimento, mas aproveitando-se da circunstância e do “cavalo que apareceu já selado”, por vezes na frente de alguns militantes políticos. Alguns locais , com  interrupção das estradas viraram palanques políticos.

Segundo o Presidente da União Nacional dos Caminhoneiros, José Araújo da Silva, o “China”, teria mencionado uma “posição extremista”, a intenção não sendo a de “…resolver …mas de criar o caos “. (ESP, 29-5-18).

As últimas notícias, agora via Internet, são no sentido de supermercados saqueados no RJ, gente morrendo nos hospitais, “Brasília sitiada com um golpe de estado em curso”.(ESP, id.). Com exceção da última informação, há coerência no que houve no Rio , em certos lugares. Quanto a “golpe de estado”, tudo indica que uma fração política militar , não a majoritária, pode ter tentado se aproveitar do movimento caminhoneiro como estopim para tal. O que vem sendo pregado, inclusive por muitos militares, na Internet . De qualquer modo, o medo já paira entre muitos cidadãos interessados, enquanto outros (da classe média para cima) riem, na medida em que têm recursos e não foram tão atingidos pela crise.

Nelson Fragoso, psicólogo , analisa que “neste momento a tendência é a exacerbação de uma visão catastrófica. (…) O medo é uma espécie de alavanca motivacional que pode mobilizar ou imobilizar , depende das circunstâncias.”(ESP , id.) Tudo indica que houve efeitos diferentes em diferentes camadas sociais, tendo prevalecido um apoio ao movimento , com 87% a favor, 56% pela continuidade dele. (FSP, 30-5-18) .

O Exército liberando, durante a noite , inclusive, a Rodovia Regis Bitencourt , das mais importantes de São Paulo. Mas, manifestações continuam, na Rodovia Anchieta,  São Bernardo do Campo, alguns participantes dizendo que só sairiam se a administração Temer cedesse mais . Além  das conhecidas concessões já feitas , querem – intervenção militar ; corte de 25% nos preços de todos os combustíveis ; eliminação da cobrança da CIDE e PIS|/Cofins ; preços mais baixos já acertados quanto ao diesel não por 30 dias, mas por 6 meses.(Alexandre e outros , no local, ib.).

A presidente do STF , por sua vez (30-5-18) fez declaração especial e mencionou a necessidade de apoio à Lei, respeito à Constituição , fazendo apelos e exortações. O que não é função do STF.  Gabeira, por sua vez, com razão,  menciona uma “revolta difusa” e um movimento econômico mas político também, e anti-corrupção e políticos envolvidos,quando parece o “país se desmanchando…”, mas com reivindicações de quem não sabe bem o que quer , não tendo “noção do que seria o novo governo nem o tipo do novo governo”.(ib).

Mas, enquanto isso,  a rádio típica de noticiário, CBN, RJ, (30-5-18) divulgava diálogos sobre músicas tipo “…te comia na cozinha …”etc. o que soa estranho ,  neste momento , e contraditório com a declaração da Ministra do STF, algum tempo antes. (!?)

Desinformar, mudar de assunto rápido, confundir, acalmar – recursos psicológicos , utilizados pela  big mídia , que abordaremos abaixo e temos abordado em diversos artigos ?( Cf. neste site). Ou simples casualidade ?

 

                 E SE FOSSEM  LÍDERES  DE ESQUERDA ?

 

Exército já no Poder no Brasil ?

 

 

Imagine-se se uma greve geral , bem organizada,  de diversas categorias, com forte  interrupção  das estradas, desta vez até para automóveis, mais meios de comunicação , como Correios e telefones e energia elétrica, transportes rodoviários , metroviários ,  por exemplo, além do que fizeram os caminhoneiros . Cairia Temer e o regime político .

 Mas, disso , tanto democratas sociais, hoje quase inexistentes , e  “esquerdas” , Lula à frente(?!) , mostraram-se incapazes sempre de fazer ,  por mais de 50 anos.

As tradicionais mais organizadas esquerdas, sob a liderança das “esquerdas”, dormiram no “ponto”, como Temer, mas  , passadas décadas, agora assistem despertar, organizando-se,  popularmente, as “direitas”- suas opositoras.

Quem foram os líderes dessas “esquerdas”, décadas  atrás , que hoje poderiam mudar ,  pacificamente(?!) , o Braz$l, afirmando uma democracia de alta intensidade  e não o estado fracassado de exceção , e não de direito, que aí está à nossa volta ?

Lembrar, desde que estamos no “Brasil sem memória”,  tão falado  –  asseguravam eles o Brasil ter mudado, o povo teria ascendido socialmente de classe social , etc. E em que sistema ?  O capitalista, neoliberal, Lula chamado, por isso ,  de “O cara” por Obama, todo posudo (fotos) , quase rebolando em ternos franceses , em meio aos representantes do capital financeiro internacional, lá nas “europas”, em Davos ,  “Grupo dos 20” , feliz , aplaudido pelo Império do Capital em festa e , aqui, pelos idiotas locais e  por talvez  suas “esquerdas”, essas mesmas que estão em  Curitiba , aquelas que hoje o protegem(?!) ,  declarando-o “perseguido” pela CIA , FBI , Moro, etc. – o que quer dizer Obama e seus  “neocons” , novos conservadores do Partido Democrata .

Como explicar ? Quem está enganando  quem ? Ou todos tentam enganar a todos – governos, capital financeiro, Lula, lulopetistas, povo brasileiro – este na ponta , o peixe a ser fisgado .  Agora, com Temer ,crise , que era evidente, pois pegou uma “bomba”, com massas na rua e finanças arrasadas , desde Dilma e até antes( tudo mascarado e com muita propaganda para adoçar o veneno  . Lula já tinha,  então ,  neocors , novos corruptos, à sua volt , do Partido dos Trabalhadores de outros  , bem protegido pelos militantes, ele e Dirceu à frente( Cf. J.N.Pinto, “O que sei de Lula”, com narrativa de algumas denúncias )  – ambos hoje presos , o Braz$l pagando a conta , agora.

Parece que quem ascendeu,  socialmente, então, àquela época,  foram eles próprios, Lula, amigos, lulopetistas , e suas famílias , antes de tudo (o que a Polícia Federal e MP vêm apurando , mas ainda falta muito). Alem  disso,  omissão, desde então, quanto à organização, de democratas e esquerdas, que vinha de longe ,  chegou a nossos dias – está à nossa volta, todos tendo sido enganados com as aparências enganadoras face a verbas e fisiologismo.

 

       TUDO COMO DANTES

 

Crise atual, caminhoneiros e petroleiros : estes, direção lulopetista , agora exigiram  a cabeça política de Parente,  Presidente da Petrobrás, aquele, aquele que José Dirceu, o condenado técnico do time do PT , ao assumir a Casa Civil , administração Lula,  afirmou que –  “tratava-se de exemplo para todos os servidores públicos “, alguém que aprendera a “admirar e respeitar” “pelo seu caráter, espírito público e pela dedicação …”(O G, 29-5-18). Agora a mesma turma  pede o cargo dele.

   [ Dirceu – lembrar , memória –  cheio de  autoridade então – aquele que chegou a dizer-se comunista e que pegou em armas (isto antes da débâcle e assassinato de todo o Grupo Primavera, por ele dirigido ,  ao voltar de Cuba ao Brasil – todos dizimados, fora Dirceu e dois ou três mais, o que historiadores analisaram, inclusive Denise Rollemberg(A CIA tinha informações sobre todos os passos deles, desde Cuba(agentes infiltrados)  . Hoje . Aliás, a mesma CIA, ao invés de divulgar fatos “requentados” , de décadas atrás, por que essa agência terrorista não  divulga os documentos sobre esses fatos citados , anteriores aos crimes de Geisel e militares , e que seriam real novidade para todos  ?Ah,  será por que não lhe convém, ainda ? ]

“Esquerda” e “direita”brasileiras , “neoliberais”, pois,  bem identificadas na corrupção, organização , hábitos , proteção da grande mídia, desde lá (décadas) para cá – Temer, ministros, Palácio, Dilma em seu tempo , todos foram  avisados sobre esses problemas, preço da gasolina, caminhoneiros,etc.  com muita antecedência, por notas, visitas, manifestos.  Pouco ligaram , “dormiram no ponto” como bons brasileiros(aliás, diga-se , como boas “zelites”brasileiras,  as mesmas hoje, Temer e ouros , dos tempos de Luladilma, seus parceiros ,  ela já tendo em sua mesa do Planalto, ao ser reeleita , o  problema dos caminhoneiros , solenemente ignorado, exato como fez depois o parceiro Temer )  .

O Brasil , em resumo, com os mesmos líderes  do passado, cometendo erros semelhantes, parou agora, pela ação dos caminhoneiros , e, mesmo depois de acordos diversos firmados, , está  quase parado e ainda  levará  dias para voltar a andar,  anormalmente, como sempre para  trás e, com sorte, para os lados , moda dos últimos anos,  recheada de cara propaganda em sentido oposto, como sempre .   Povo enganado como desde o primeiro “golpe” de 1964 – sempre a grande Mídia elemento central da farsa e do retrocesso nacional , servindo a governos , grandes empresas e capital financeiro anunciante (bancos), a todos interessados – menos o povo brasileiro. (Aliás , atenção, os tão interessados em “fake news : principais origens  não seriam justo essa Mídia e suas fontes, um Temer, Lula , Dilma, Aécio , etc. ? Quem enganou e mentiu e omitiu mais nos últimos anos do que eles ? Refletir).

Neste momento, véspera de um feriado,   forças militares e policiais diversas fazendo contatos, acordos, agindo e retirando veículos e caminhões de estradas  e guinchando os veículos sem motorista, para desimpedir caminhos ,  em rodovias federais e estaduais. Sob a direção geral de quem – de Temer ou do Exército ?

 

                       II- INCOMPETENTES E DEMAGOGOS

 

Ministros atrapalhados , retardo nas decisões,  desatenção , e logo  o “governo” Temer  viu uma boa solução –  ceder em tudo aos grevistas mais militares nas ruas ;  afinal ,o povão pagará tudo  , assim mais ameaças, mentiras , via prestativa mídia do Império, sempre apavorada com a possibilidade de queda do regime político. E se isso só não  der certo – chamar o Exército, embora haja dezenas de polícias militares, entre outras, nos estados. Por que tal preferência por militares , algo pessoal ou os estados não quereriam colaborar ?Afinal, essa não é a missão constitucional das Forças Armadas.

A perigosa grande mídia , refletindo interesses das corporações financeiras, e ao fundo do Império do Capital, transmitindo parte dos citados problemas. Mas,  nada confiável ao povo ,  por tudo que já se conhece dela, ou seja, por quem a conhece e estudou – fez  vagas menções a interesses políticos, a“pessoas que não fazem parte da categoria” que continuariam a greve . Afinal, uma entrevista objetiva do presidente da ABCAM – “…há elementos infiltrados, com objetivos políticos , querendo derrubar o governo , ora …”(28-5-18, Globonews e outras ). Essa mídia “cheia de dedos”, dela e de Temer , sempre com uma exposição moderada, limitada , confusa, até contraditória,  entre as grandes redes . Talvez pelos interesses em jogo e suas limitações,  face a eles. Senão , trataria apenas de retratar os acontecimentos – e tem toda tecnologia para isso.

 [ Obs. – Ah , fique tranquila , Big Mídia,  assim como sua meia dúzia de donos- o regime não irá cair . A “direita”, inclusive a militar , fração  majoritária ,  parece estar com o “governo”Temer, com a “legalidade”, a “Constituição” . Restaria a “esquerda”, com aspas há bom tempo.(Cf. arts. neste site) .  Mas, esta,  só  “por acaso” , lideraria e radicalizaria , e isso  não aconeceria , ainda mais depois  de  50 anos sob a liderança desorganizadora  de Lula.Ela está gritando por ele e em inglês , o que é significativo -“Free Lula ! – americano amigo ao lado . Ora.  O  “metamorfose ambulante”, líder neoliberal populista,   “criação do General Golbery”, segundo Brizola). 
( À época, ao menos , Golbery  não o cassou , como aos líderes do MDB, e o próprio Brizola e outros ,  e ainda promoveu-o,  politicamente,  em  TV oficial ,   programa  “Roda Viva” ) .Ele, ainda líder da “oposição” , nada reivindicará contra os interesses dominantes, sequer Temer, todos por certo compostos nos bastidores por alguma decisão amiga do STF ou um futuro indulto ou uma “anistia”, aquela mesma que atingiu hediondos torturadores e permite haver “desparecidos políticos ” até hoje. . 
            Lula  , e os seus liderados ,   não fariam ou farão   (2018),  greves desse  tipo já de agora,  tornada  radical , sem respeito a acordos talvez traidores das bases , desde que nem no passado, no ABC,  o fizeram . ( Ah,lembraram as greves do ABC, SP, década 70/80 , que Lula liderou ? Mas,  essas  não contam, não é ? Afinal,  apoiadas pelo consulado americano de lá, o conhecido americano Bentley à frente, aquele já presente em 1964, na deposição de Jango, de madrugada, em local sem luz   – este um belo exemplar de nacionalismo… norte-americano .Cf. Gaspari, E., “A ditadura acabada “, com docs. inegáveis sobre a tal greve do ABC  )].

 

                             III – GREVISTAS RESISTIRAM

 

Resultado de imagem para greve dos caminhoneiros

 

 

Bem, de qualquer modo ,  “esquerdas”e esquerdas  fora dessa greve  bem sucedida – pois ganhou tudo, advertiu o “poder” , teve a  simpatia até de parte do povo – prejudicado.  “Esquerdas” pegas de surpresa , como Temer, “calças nas mãos”, segundo alguns comentaristas da big mídia, nada dispostas a levar tal greve adiante e a sério, o que não as impediu de tirar umas “casquinhas”, como assinalou a mídia.

Mas, além disso,  claro, Temer e cia . obrigados a agir ,de alguma forma,  frente à resistência de alguns grevistas (havia/há nesta greve/2018,  dos caminhoneiros,  várias associações e lideranças dispersas, algo casual ou inteligentemente feito , para fugir à repressão ? Possível , mas não provável) . Muitas delas , parecendo não acreditarem no  desacreditado “governo” Temer, também tiveram   a brilhante ideia , igual a de Bolsonaro(?!) , de chamar as Forças Armadas , “intervenção militar” ,  mantra governamental e de diversas frações da “direita”, inclusive militares –  o que quer dizer Exército à frente, para “resolver a situação” . Uma visão simplista.

Temer chamou , legalmente,  além de um batalhão de advogados públicos e instituições,  a serviço do regime – MP , STF  Advocacia da União , Judiciário, Juízes diversos – as Forças Militares .  Primeiro , usou, com os grevistas,  o  “papo furado”, concessões , e  aqueles legalistas chamados ;  depois,  os militares .(Com medidas legais a nível agora nacional – “garantias da lei e da ordem “). De algum modo, os dois lados chamaram os militares – Temer e os grevistas . Significativo.

Temer . A manter a fachada da  legalidade sempre que possível  – e , de tabela, legitimidade . O povo acredita em “Lei” e Ordem, nesta última, aliás,  obrigado a acreditar, pois as polícias militares , há décadas, vêm explicando , via cassetetes e alguns outros recursos didáticos ,  como , por que  e a qual ordem deve o povão obedecer  . “Ordem e Progresso”, o chavão ou mantra permanece popular, embora há décadas o retrocesso seja o que realmente aconteceu.

 

      TEMER ,  MILITARES , “ESQUERDAS”

 

Elogio a Temer . Até que este “salve” dele  ,  em direção aos fuzis,  tinha lógica, visto os atuais  Legislativo , Executivo e aquele STF, Judiciário, que soçobra , parte  prendendo coleguinhas políticos corruptos ;  outra facção  a soltá-los , elites elegantes,afinal ,  por vezes parentes ou amigos ,  deixando-as em prisão domiciliar , não numa favela qualquer, mas em mansões milionárias e à beira de suas piscinas,  com cascatas de água mineral , segundo Nelson Rodrigues.

De fato , o que faria  Temer se contasse  apenas com essas  instituições desmoralizadas  e seu grupo palaciano de corruptos trapalhões , o chamado “grupo da mala” ?

Só conseguiria mais vexame e ridículo. Afinal, todos os  novos corruptos brasileiros, os “neocors”,  tentando ainda serem sofisticados(ternos, mansões, advogados caros e habilidosos, carrões pretos , etc.)  no meio da catástrofe , tropeçando a toda hora  – “bregas” ?  Evidente , incompetentes. Temer ,  mãos de mágico de circo mambembe , treinadas por algum marqueteiro , mais um Jucá ou Moreira ou Gedel ou Lula mesmo , no passado recente , é só olhar – e não rir porque é antisocial : só geram problemas e prejuízos, em suma, trapalhadas.  Do outro lado, a“oposição”não fica atrás e há provas  , só lembrar  os pedalinhos de Lula, lá em seu sítio, com os nomes da mulher e filhos  ( barquinhos que, por sinal ,  ajudaram a identificar o verdadeiro dono da propriedade)  .

Ou as  piscinas dele e dos delatores premiados e doleiros presos , suas coberturas e jardins .  Ou os vôos de Lula pela Europa , “a trabalho” , não se sabe se para a Odebrecht também,  com acompanhante de luxo, bem paga,  e à nossa custa , num belo e novo avião . Em companhia de  toda sua Corte pessoal , amigos diversos,  em volta dele, também bem pagos, despesas por conta , ele verdadeiro Rei . Diálogos significativos, de manhã, dos cortesãos servilíssimos , sobre as noites do  bem acompanhado Líder Supremo, o novo Tiradentes , ele  depois instalando-se, ainda e sempre bem acompanhado ,  em luxuosas propriedades europeias  .

[Questão –  Nas embaixadas do Brasil , na Europa,   ou em  motel, digo, hotel de alto luxo ?  Consultem, pesquisem. O MP apurou isso ? A Justiça julgou ? Onde pode-se ver os resultados, punições, inclusive  da famosa acompanhante, funcionária pública , em São Paulo  ? Quem pagou a conta todos sabemos].

Afinal , igualdade no Brasil . Ridículos e absurdos e ilegalidades, de um lado e outro, direita e “esquerda”, povão acostumado com essas “zelites”, em essência  semelhantes – mentiras, perseguições, propinas, destruição da Petrobrás , etc.  Falcatruas reconhecidas :”Em eleição faz-se o diabo ! “(Dilma assumindo  prática do mestre Lula). Portanto, nenhuma repercussão negativa , neste aspecto – o povão está acostumado. Os lulopetistas até viciados – negam tudo, Lula  um anjo vítima de injustiças.Isso aos berros, afinal são  populistas. Temer faz o mesmo, mas discreto, um “homem serio, professor, jurista”.  Justiça seja feita – o que restava a Temer fazer  , com essa turma , ao fundo parceira , de um lado e outro, em toda parte ? Poderia recorrer a eles ? Não é a Rainha da Inglaterra . Muito ao contrário.

Por isso, normal  a demora dele e Ministros em atentarem para a “greve dos caminhoneiros” , não é ? E depois terminar por chamar as forças militares. Afinal, todos tinham mais o que fazer – o Ministro mais importante , Marun , o feroz ,  descansando, em Nova Iorque , que ninguém é de ferro. Voltou correndo . O elegante Presidente do Senado , parceiro de partido ,  Eunício Oliveira  , por sua vez, já em Fortaleza , numa de suas casas milionárias – voltou face à aprovação precipitada , pelo coleguinha Maia , Presidente da Câmara , de algumas medidas legais erradas –  afobado, um “errinho” de 9 bilhões de reais, numa delas. Precisava do parceiro, do Senado ,  para tentar corrigir mais esta “brasileirada”. Coisa pouca, deu para resolver, e ,  na pior hipótese – o povão burro pagará a conta , quer dizer, nós todos pagaremos . Braz$l. Não só de Temer, façamos Justiça, dele, de Lula, Dilma e sem esquecer FHC , aquele ex da estranha reeleição e privatizações mais estranhas ainda. Que , como Lula, asseverou – “Não sabia de nada !”

 

     IV – EXÉRCITO NO FRONT POLÍTICO E SOCIAL 

 

 

Resultado de imagem para intervenção militar greve dos caminhoneiro

E entrando, suave, pela porta da frente – Temer, palácios, assessorias, decisões .
Por isso tudo , a solução rápida e salvadora da Pátria – chamar os militares, como se isso, sem muito sofrimento e luta, enfrentamento da realidade triste , resolvesse algum problema. Se vierem, de novo, enxergando” comunistas” além da realidade, e vendo o povo como inimigo, o que nos espera depois daquele regime de terror modelo 64 ?
Mas, os atuais “comunistas” e “esquerdistas”,  felizmente,para os militares,  são velhos amigos deles , e não são,  de fato, tão comunistas(?!) assim , segundo opiniões isentas e de diferentes ideologias, caso de um Prestes e dos Generais Golbery e Leônidas . Além disso, “comunistas e esquerdistas “, estando na legalidade , os militares bem os conhecem via serviços seus  secretos e infiltrações . Quanto ao líder deles, desses radicais identificados,  o neoliberal Lula, velho colega de confiança , desde a década 70 , pois  Golbery já o garantia, assim como o bilionário  Oldebrecht – e além do mais , está ele está preso . Abusou, não conhecia bem como fazer a “coisa” e “lambuzou-se” todo , algo típico dos neocors.
 Daí , nessa greve, com Temer, não só  generais do Exército , mas  fuzileiros navais e também almirantes e outros militares dando informações sobre a ela e os caminhoneiros – todos fardados ). E dentro da Lei e da Ordem, legalizados para essas tarefas – relações públicas e “Garantia da Lei e da Ordem” .

Para Temer , Executivo desmoralizado, frágil , esvaziado , sobraria quem para recorrer , repitamos, em termos de poder  institucional ?

Não sobrava sequer o  Judiciário , desmoralizado, várias vezes ameaçado de invasão por militares,  em vídeos gravados e com auto-identificação , nas redes sociais .

   Mas, face ao já famoso  artigo 142 da Constituição, que estabelece as hipóteses de intervenção militar , como ficaria a situação  ?

Ora, depois da interpretação da Constituição, vergonhosa, distorcida toscamente, na cara dura ,  feita por Lewandowsky, Ministro Presidente do STF de então, lulista evidente, favorecendo Dilma, quando do impeachment ;  e na presença de toda a Nação,  pela TV,  e , pessoalmente juristas ,  STF ,  Congresso , militares,  sem reação nem punição , passou a  valer tudo , Braz$l, estilo Trump/Império/EUA, isto é, a narrativa/verdade do mais forte, se tiver   força para impo-la.  Trump tinha/tem  a maior força militar e nuclear do mundo – e fez algo do tipo  na Síria .

Lewandowsky tinha o STF , apavorado, com ele , presidente,  mais o Senado ,com Renan, cheio de processos …no STF e …petistas e aliados populistas a berrarem confundirem, fazerem escândalos  – fez algo do tipo  no impeachment/Constituição – atropelo geral, distorção absurda, todos calados.

Como faz o mundo frente aos absurdos de Trump, aparente, só aparente psicopata , pois bom ator, como um Lula ou Temer. Não Lewan, do STF, pálido, sem graça , pois tinha noção e dimensão da …que fazia ; Ora, os militares , maior força bélica daqui –  fizeram coisa do tipo  com o frágil Temer e seu “governo da mala” – e com a concordância sorridente deles.

Entende-se. Corruptos ou incompetentes , desses “poderes corrompidos”(alguns militares, oficiais  em vídeos diversos  ; Cazuza,  muito antes  ) ,   chamariam, algum dia ,  uma intervenção (nacional) militar , tradicional,  nos moldes da Constituição ?

Não , isso  revelaria a própria incompetência e corrupção deles, rápido descoberta  , o caos geral , mais corrupção ainda a ser punida. Chamariam  tal apenas contra si próprios , pois no ápice do poder administrativo nacional , contra seus interesses pessoais, ambições ,  todos possivelmente acabando  presos pelos militares convocados por eles ?

Temer , hábil, teve que compor , ou foi obrigado a  compor e chamar os militares para administrar o país  . Sim , desde que com poder frágil, e sem  um fiador apresentável  . Dar-lhes o comando , aconselhar-se com eles, como já o fizera quando do impeachment de Dilma – isto era o que lhe restava . Além de tudo porque não tem quadros administrativos . Seus apoiadores , no Congresso, indicam até times de futebol particulares para a administração pública, além de sobrinhos, amigos de churrascos, etc. sem concurso ou nenhuma aptidão técnica. (Cf. caso do Moura, parlamentar, entre outros . OG, 31-5-18) . Mas, ao agir assim, onde e como ficou sua autoridade presidencial?

Subordinada à autoridade  dos militares, em especial do Exército, a força mais poderosa e clássica , líder das outras . A autoridade máxima  , de fato, agora material , isto  independente de interpretações jurídicas ; autoridade,repita-se ,  material, de fato, não formal ,   acima daquela outra, presidencial , de “comandante ” , formalmente exercida por Temer, de acordo com a Constituição tão desmoralizada, desde a Constituinte.

[ Constituição e Constituinte – nada de”sacralização” delas. Financiamento comprovado de constituintes por multinacionais ; Cf. Dreifuss, R.A., “O jogo da direita”.Quanto a Temer , por sinal , não será o presidente mais desqualificado da História do país . Cf. o caso de Figueiredo, possível vencedor , envolvido não só em execuções de prisioneiros políticos, como em omissão quanto a terroristas( caso Riocentro e outros) – e ainda na qualidade de conselheiro de torturadores, com  receitas como empalamentos de jovens estudantes presos , para que confessassem mais rápido .(Dreifuss, id.). Quer dizer, dessas “elites” , do passado e presente recente , poucos escapam a nível de moral, valores, dignidade. Não se trata só de Temer ou Lewandowsky ].

                         

                        MILITARES JÁ NO PODER ?  

 

Então , discretos , não percebidos pela maior parte da sociedade, mas dando sinais nesse sentido, os militares parecem terem tomado o poder – administrativo, pois o de governo está fora do alcance dos nacionais, setor econômico.

Os militares sempre possuíram várias frações políticas , o que é natural,  prevalecendo , em geral, por constituírem-se em burocracia militarizada, a da cúpula, ou seja, a dos generais no comando. Daí a sua perspectiva política , embora possam haver , entre eles , mesmo cúpula ,  diferentes formas de ver, diversos grupos  . (Cf. Maud Chirio,  “A Política nos Quartéis”, entre outros ) . Aí , as estrelas contam e pesam , podendo haver até votações seletivas , caso haja sérias divergências .(“Guerra das Estrelas”, Carlos Chagas) .

Mas, quando das decisões, quase sempre prevalecem as das mais altas patentes, fora situações anormais, crises profundas, quando surgem lideranças tipo um Chaves, coronel, na Venezuela ; ou dos tenentes, como Prestes e outros , no Brasil  . Aqui  , vêm , em especial do Exército, a “força” que sempre mais se destacou até pelo poderio , número de componentes  , recursos. Seguindo-se a Marinha , com episódios diversos , inclusive na Guerra do Paraguai , alguns quando da República , com Floriano e Deodoro .(Cf. arts. neste site).

Embora soubesse  ser execrado pelos militares em geral, pois, inclusive generais,   assim como sua administração, Temer ajoelhou-se , digamos assim, e pediu o apoio e auxílio deles  . Ou seja, entregou o controle de sua administração, em momento crucial, a outros .  Não tanto quanto só à ação, mas estratégia e responsabilidades . Quem seria, ao assumir e depois em casos como o da “mala”,  o fiador dele perante STF, Congresso , Procuradoria Geral ,  grevistas , empresários, banqueiros, outros países ,  líderes de classes produtoras e, por último ,  o povo brasileiro ?

Sem tal fiador não teria sequer assumido pós-impeachment, muito menos aguentado no exercício do cargo até agora. Ainda mais com as claques e burocracias petistas zoando contra ele , dia e noite, no Brasil e exterior.

 

                         TEMER E OS MILITARES

 

 Resultado de imagem para greve dos caminhoneiros

 

 

(Decifrando logogrifos ).  Não restava a Temer ninguém – confiável . Temer , de um tempo para cá, aparece em público sempre com um militar perto –  ou ao lado de seus ministros.  Seus carcereiros ou só vigias  ou apenas fiadores – ou “patrões” ?

Enquanto outros presidentes evitavam exato isso, Temer o assume, publicamente. Repare quem o desejar .  Uma situação material e outra formal – estariam  dando um recado, indireto , à sociedade, ele e os militares  ?

         – “Atenção, vejam todos que tenho meu fiador,  garantias , não estou fazendo nada por mim mesmo”.

         E os militares , para o público eventual :

          – “Parem com esses gritos de intervenção militar, algo perigoso, fora da Lei, que nos jogará contra toda a sociedade , ao centro e à esquerda e contra a direita “civilizada” e até alguns grupos militares. Temos que estar legalizados e legitimados. Não viram que estamos …já no poder ?”

Experientes,  as elites logo entenderam os avisos cifrados acima.O povão não , como é natural.Trata-se quase de um aviso, nota, declaração( ?) ,  e as críticas atuais  de fragilidade de sua administração, a formal de Temer , que não é governo pois não decide diretrizes e políticas fundamentais, como a econômica  – na verdade já caem  sobre os militares . Que, por sua vez, têm suas razões para isso, ou seja ,  fraca administração  – a “bomba brasileira”(estado fracassado, crise geral de décadas ) foi jogada por  Dilma para Temer e deste para os militares.

Sorte dos dois primeiros, em especial Dilma/Lula/PT . Acabariam , continuando no Palácio, desmoralizando-se mais ainda e às esquerdas, justificando extremas reações à direita,inclusive militar – aí, intervenção , sim –   que já estava nas ruas, ambos xingados de “comunistas”- uma grande injustiça, convenhamos, pois no poder foram fiéis neoliberais pró-Império .

Além disso tudo , os militares estão pegando  um  país está falido, endividado , e faltam-lhes recursos, armamentos de melhor nível, material novo e não sucateado, etc. Até quando aguentarão , horas, dias  meses , anos ?Com que política ? Como se comporão com o futuro presidente, se lá chegarem ? Temer , ultimamente meio escondido, nessa greve, no caso, não teve saída – só havia aquela para sair do labirinto . E ir se preparando para uma possível prisão.

                 CIA/IMPÉRIO ATACAM EXÉRCITO 

                    E TENTAM DIVIDIR  E PROVOCAR 

Isso explicaria também os ataques recebidos recente por eles, militares,  da CIA/EUA , tentando insuflar vítimas do passado contra eles(Se , quando do “golpe”/1964  , os EUA /CIA incentivavam os militares a participarem da política, até pagando-os e jogando dólares nas ruas. Hoje , insista-se sempre , querem-nos nos quartéis, desde que eles, por “procuração” da CIA/Império  já colocaram o Brasil como queriam – digamos, de joelhos . Agora, no poder,  militares brasileiros só podem atrapalhar o Império, Mercado, Sociedade, lá qual seja a palavra que se use , para melhor confundir e enganar o povão  – “com asneiras”, possíveis “nacionalismos superados “, diria a CIA/big Mídia).Então, que fiquem nos quartéis.

E fizeram mais : DANY GLOVER –

mandaram para cá  Danny Glover, ator famoso, ligado à AFL-CIO, federação trabalhista dos EUA, ligada à CIA(cf. e neste blog) , , escondido atrás do título de representante da ONU , exato neste momento conturbado,  no Brasil, para estimular os lulistas contra os militares /”governo”, animá-los, se possível dividir , estimular dissensões . Hollywood, política americana velha de guerra, CIA já no meio de ações dentro da política brasileira, desde décadas , AFL-CIO ,com ligações conhecidas com as anteriores , a educadora de Lula em São Paulo e EUA. 

Jogo pesado – contra os militares, em especial.

[Não contra o “governo” ou “desgoverno” Temer(FSP), que continuou fiel ao Império , como o de Lula/Dilma até cair,  mas contra os militares, Exército, espertamente no poder , sem luta e sem ostensiva intervenção militar – estratégia indireta bem sucedida. De fato, Temer ainda ofereceu ao Império algumas vantagens que aquele Lula não poderia oferecer , desde que administração demagógica e de forma populista, disfarçada de esquerda – a mão direita fechada com o Império/oligarquias locais , a outra acenando para movimentos sociais diversos. [Situação que,  antes maravilhosa para os interesses dominantes – Lula afinal  atravancou , desorganizou , corrompeu, “fisiologizou” esquerdas e movimentos sociais , sonho do Império desde ao menos as estrepolias de Marighella e o famoso  estranho sequestro do embaixador dos EUA, pouco depois do novo golpe americano(via Junta Militar, contra Costa e Silva/Pedro Aleixo, seu vice-presidente)  – agora era perigosa , pois  a crise aumentara e o deficit fiscal   disparara . Assim :
(a)se Luladilma cedessem aos movimentos sociais, negando reformas neoliberais como as depois feitas e outras que queriam , dentro do  projeto neoliberal , resultado – crise geral, inflação , etc.  ( eles  não poderiam nem puderam ceder , pois comprometidos com o Império e, sem estarem  preparados para isso ,organização , traição a acordos,  não iriam a lugar nenhum, fora desmoralização geral e queda violenta, o que já estava acontecendo )  : crise incontrolável com a dupla no poder, já taxada por golpistas militares radicais de “comunistas corruptos”, com que da talvez violenta  ;
(b) se,  no poder , forçassem as reformas, neoliberais, o que Dilma já vinha fazendo, perderiam as bases revoltadas, crise ,  e ficariam talvez pior ainda . Então , havia a possibilidade real de golpe militar também e então em curso e até nas ruas , pior talvez  para o Império – militares radicais, no poder , talvez nacionalistas de direita extremistas. As falsas esquerdas jogadas na real oposição , com violência e talvez prisões, etc. Muito risco de queda do regime e ... Ora, bem melhor o impeachment de Dilma, comportado, limitado , feito pela omissão discreta da fração política  neoliberal americana , do bloco no poder dominante, e pela ação direta das demais (agronegócio, etc. ) .Esse impeachment representou a velha conciliação das elites, com o mínimo de perdas para todos e mudanças mudando o mínimo, tradição brasileira bem lembrada por Honório Rodrigues e outros. ].
  [ Atenção . Possível , além de ter participado disso tudo , a  CIA e outros terem percebido, agora,  bem antes,  o que aqui se descreveu , tentando impedir , ostensivamente, qualquer “volta triunfal” , ou ao menos sem resistência, dos militares à política , de forma pública e ostensiva – aqui , teria sido  uma jogada política dos militares brasileiros feita aos poucos. Até a greve dos caminhoneiros , justa, mas exato agora, pode ter ligações com esse jogo de política e interesses de cunho internacional , que pode estar envolvendo militares, CIA , OTAN, geopolítica, etc.Refletir].
                  A jogada da CIA  contra os militares já teve seus efeitos – “Comissões da Verdade”  têm-se reunido, promotores e outros,  até tendo vindo ao Brasil o ator americano  Danny Glover , ligado à AFL-CIO, uma federação trabalhista americana , que educou Lula no sindicalismo e que consta com ligações com a CIA( Saunders,F. “Quem pagou a conta? “;Agee, P., “Diário da CIA “).( Glover . Está no Brasil, logo agora, atuando politicamente, no interesse de quem mesmo ? CIA? “Ah, teoria da conspiração desses idiotas dos blogs /sites …”). E não se venha falar em paz ou direitos humanos , vindos da OTAN, ONU, Império, etc.(Cf. Moniz Bandeira, ib., onde ele  descreve listas de crimes e omissões desses órgãos, milhões de mortos, sempre cometidos em nome da paz, democracia, direitos humanos , uma velha fachada que serve , há décadas , de eficiente máscara  ].

 

 
[ Agora Glover circula por “comissões da verdade”, como emissário da ONU ; antes andava discursando  sobre caminhões de sindicatos, SP,  defendendo Lula, segurando cartazes em inglês .Um estrangeiro fazendo politica no Brasil. (Bem, década 70 , a AFL-CIO, via Iadesil, dava cursos para sindicalistas brasileiros(30 mil os alunos, aproximadamente)  e mandava muitos para os EUA, um dos destacados alunos tendo sido Lula. Houve uma CPI e ficou tudo por isso mesmo. Hoje então …Cf. Larissa Correa , “Disseram que eu voltei americanizado …”, tese e livro ].

Por isso tudo , que conhecem , não mostram os militares entusiasmo desmesurado ou especial ao assumirem suas novas tarefas administrativas, envolvendo uma massa falida, um povo traumatizado , martirizado e revoltado, até doentio . E algumas funções  e tarefas, das quais estão afastados há muito tempo . Falta-lhes traquejo, experiência  –  neste momento engatinham ao assumi-las  – e  estão ressabiados.

 

                      MILITARES , CIA , IMPÉRIO 

 

Desconfiados, os militares. Tanto quanto às reações populares – desejam aplausos, legalidade, legitimidade – quanto a sua aliança com um Temer , MDB e toda a frágil articulação política que sustenta essa administração . E ainda sendo obrigados a aceitarem  a direção econômica em curso, sob direção do FMI, OMC, capital financeiro internacional – aquelas políticas e administrações que estão proibidos de mexerem – Ministério da Fazenda, Banco Central, Economia, etc. Tal deve lhes custar muita irritação , além daquela gerada pelas descobertas dos absurdos cometidos pelo estado fracassado brasileiro em todos esses anos, caso do BNDES, Justiça , INSS , bancos e outros.

Há uma contradição entre eles e o  capital financeiro internacional que governa (dá políticas fundamentais de Estado, como a econômica, a da dívida pública , etc. a do FMI, OMC , etc. ) – assim, ou se corrompem  todos , ou muitos, via grande capital (e corrupção é arma de guerra , em larga escala), cedendo ao capital internacional , ou terão que enfrentarem os problemas nacionais conhecidos – o que significa baterem de frente com o capital financeiro internacional que dirige o Brasil e seus aliados locais. Explicado está porque a CIA/Império não os querem na política . Conhecem bem esse tipo de problema, em outros países,  que corromperam, adiaram soluções , mas ao final , para não admitirem soberania, independência ou preservação de recursos nacionais, tiveram que invadir e  bombardear, face  forte resistência , inclusive militar .

Além de burocracia armada, com a qual é mais arriscado lidar (embora os militares daqui mal armados) , muito mais fácil enganá-los, corrompê-los , controlá-los  , sucateando sempre seus armamentos (não querem , Império/CIA/aliados , forças militares fortes no Brasil, nem Mídia democrática) , desde que eles nos quartéis ).

   E sabe-se  que muitas frações políticas militares, ou mesmo grupos ,  são contra privatizações exageradas, além de manterem outras insatisfações, até justas, caso da questão nuclear , da qual o Brasil/FHC abdicou , ONGs na Amazônia, entre outras.(Cf. declarações de Villas Boas , Programa do Bial , 2018, Rede Globo).

Temer parece – e parecer, provavelmente, possivelmente, etc. fazem parte do vocabulário de grandes historiadores, caso de Moniz Bandeira , além de toda uma linha de “brazilianistas”  – parece Temer estar mesmo composto com os militares – entregou-lhes a responsabilidade pelos seus piores momentos políticos (impeachment, posse , greve dos caminhoneiros,etc.) , contou com eles , que  fizeram o que puderam, de fato, com equipamentos provável sucateados,parcos recursos, inúmeras dificuldades.Um sacrifício, dar respaldo a administração nessas condições, dirigida por acusados de corruptos , ladrões, etc. E com mais esforço e desgaste ao irem a ruas, morros, situações para as quais não foram preparados ) .

De fato, os militares têm cumprido seus compromissos com a administração Temer – por exemplo, para pensar : a Procuradora Raquel Dodge enviou ao Congresso a terceira denúncia contra Temer, que provável então teria derrubado seu “governo”(desgoverno para FSP e muitos ) , assumindo Rodrigo Maia ? Não ? Por quê ? (Não terá havido algum acordo não só envolvendo sua indicação mas, já previamente, essa não denúncia, ataque, contra Temer ? Os militares pesaram nisso, direta ou indiretamente ? Devem ter pesado e tal sido usado por Temer ) .

O STF, com as lambanças de Lewandowky , as graças de Gilmar , o comprometimento lulista evidente de Tofolli , daí a desmoralização nacional, já não servia , por si, para garantir Temer . Acertou ele o que de certo modo já vinha sendo acordado desde o impeachment de Dilma, quando agiu conectado com os militares. Agora, sem saída política , ou fazia algum tipo de acordo, secreto é claro, informal mais provável que formal, no caso a palavra garantida pelo fio dos bigodes ou pela boca dos fuzis .

Ou isso ou desabaria , politicamente,  de repente, a qualquer momento, ou teria que, tentando ser mais organizado e digno  , renunciar. O que não fez antes , em posição pior que agora – quando dos “escândalos de  malas de dinheiro e encontros noturnos escondidos”com corruptos . Não pretenderia fazê-lo agora. Vaidade, prestígio, honra aparente, que seja , família , amigos.

 Melhor agora, pois, seria mesmo ajoelhar-se, suplicar, o que deve ter feito  – e aguentar a situação farsesca  até as eleições – uns poucos meses, algo fácil para um Temer , absoluta falta de caráter , moral e ética , bom ator, cínico, traidor , mentiroso de escol,  qualidades políticas só superadas pelas do  mestre dos mestres – Lula da Silva, maior político do Brasil , que faz tudo isso melhor ainda , com a vantagem da esperteza do populismo e fisiologismo em larga escala , aplaudido seja qual for a asnice que fale.  Competidores à altura um do outro, de qualquer modo   .
(Atenção, entenda-se  . Lembrar Julien Freund , “O que é a política ?” : ela não se confunde com moral, direito, justiça , ética , etc. ) . 

A relação de Temer com os militares não é tão frágil ou recente. Temer já procurara  Villas Boas ,  em 2016, pois ouvira antes  que Dilma fora ao general para discutir  o impeachment –  daí correra atrás de , ao menos , uma  igualdade quanto ao tratamento dado pelos  militares .  Pretendia, ao menos, conseguir  garantias iguais. Conseguiu, tudo indica , ao correr do tempo , até um pouco mais , a um preço maior , é claro – abrir mão do poder material, ficando com o formal, o suficiente para sua vaidade pessoal e lugar na História , ou melhor, na Contra-História oficial, que não leva em conta  esses detalhes .

Apenas Temer  renunciou à autoridade  em dose maior que um Lula , Dilma e outros – algum deles, por acaso , resolveu o caso da anistia distorcida ou dos “desaparecidos políticos” ? Houve punição para autores de crimes hediondos ? Mandou estudar e auditar a absurda dívida pública ? Foi capaz sequer de discutir a moratória ou um novo acordo de interesse nacional , ao invés de pagar juros absurdos da dívida , que vêm de décadas ? Então …

Tudo dentro do protocolo, oficial, Temer com os militares , no começo . Agora , diferente.  Ele foi,  discretamente,  à casa de Villas Boas para um jantar – ao meio , o general Etchegoyen, amigo do comandante. Havia um caminho sólido bem a seu lado . O início – como os militares se comportariam se o Congresso votasse contra Dilma ? “O grupo de Temer buscou respaldo constante na caserna durante a articulação do impeachment” . (…)”Está tudo tranquilo, os caras dizem que vão garantir “ (Romero Jucá) (FSP, Bruno Boghossian, 2-5-18). Os militares aumentaram de prestígio na administração Temer, e a prestigiaram , hoje “ocupam cargos-chave, integram o núcleo de decisões, influenciam a agenda econômica . Até a estratégia para a defesa do comércio exterior está sendo alimentada pela ABIN, subordinada a Etchegoyen”. (id.) .

Temer está completamente alinhado com os militares . Sequer entrou na onda do Império/EUA , via CIA , afirmando que Geisel autorizara execuções de presos políticos  , na verdade um ataque ao Exército e forças militares. Temer desconversou e na prática defendeu, discretamente, o Exército – “…Nem tudo o que a CIA diz é necessariamente verdade …”(Ib.).

No caso, era mesmo verdade , mas Temer passou ao largo . Defendeu o indefensável sem expor o que aqui mencionamos . Então. Temer e os Militares . Muitos militares também sabem fazer política, quando querem –  e ela faz parte de uma tática deles, óbvio. Senão , não teriam havido tantos políticos militares, inclusive presidentes eleitos , como Dutra , e vários candidatos e políticos como Lott, Eduardo Gomes , Prestes ou Juarez. Eles têm ligações e projetos , espera-se que de Nação .

Têm eles uma ampla tradição na política brasileira e não só como valentões ou fanfarrões – mas como heróis, caso dos tenentes, de um Prestes certa época, do Brigadeiro em muitos setores populares, também em seu tempo, do próprio Lott e até, recente, de um Lamarca, que também tem seus fans. Para não lembrarmos seja um Barata ou um Sodré ou o Cabo Giocondo Dias , depois Secretário-Geral do PCB, deslocando Prestes, o experiente líder e capitão , celebrizado mundialmente, à época. Ficamos por aqui, há muitos outros nomes que poderiam ser referidos.

GUERRA SEM ARMAS, VITÓRIA SEM LUTA

 

 

Resultado de imagem para greve dos caminhoneiros

 

      Sabem os militares planejarem , têm o preparo para a guerra , sabem que o melhor combate é o ganho sem combater e sem perdas – pela dissuasão, ardil , astúcia. Leram Clausewitz, Sun Tzu , D.H.Liddell Hart e sua estratégia da guerra indireta. Provável foram enganados , como corporação , pelos americanos , quando do golpe de 1964 – os estrategistas americanos são da maior competência. Mas, estamos em 2018 . Assim, já tomaram o “governo” em 2018 ? Numa estratégia indireta ? Daí o desespero do Império, que não quereria isso , e de sua big mídia, via CIA , voltando a trazer à ordem do dia acusações de décadas atrás e já conhecidas , há mais de uma década ? Provável. O Império teme os militares na política – insistamos .

O maior show que os militares brasileiros deram , desde 1964, não foi o da boçalidade e violência , possíveis ações descontroladas até  por desespero, descontrole  e fraqueza – que as esquerdas não souberam então entender. Assim como não compreenderam  “a faca no pescoço “ de Costa e Silva , que poderia ter levado o país à democracia 20 anos antes , se entendido (Costa , a seu modo , até tentou um tosco diálogo )  ,  evitando o que hoje temos, país falido , o que só interessava aos interesses estrangeiros e aliados locais, tipo Golbery .(Quanto à Mídia , já então ensarilhada com interesses estrangeiros, que jogaram muitos dólares nela, àquela época – cf. agências de propaganda estrangeiras – legal e ilegalmente) .

             “Dominar o inimigo sem combater, isso sim é o cúmulo da habilidade .” (…) “Assim, os habilidosos da arte de guerrear dominam o exército inimigo sem lhe dar batalha. Conquistam-lhes as cidades sem ter de as assaltar, derrubam-lhe o estado sem operações prolongadas . (…) .“Vencem pela estratégia .”(…)”A guerra baseia-se no logro”.  “Um general competente deve também ser um mestre nas artes complementares da simulação e dissimulação. “(Sun Tzu , 400 AC , aproximadamente, “A arte da guerra”) .

 

               Os militares estudam , e bem , tudo isso . Um exemplo do acima está na famosa  “distensão lenta e gradual”, de Golbery/Geisel/Huntington/serviços secretos , que institucionalizaram , via Constituinte e Constituição Federal, os valores que consideravam os da “revolução de 1964 “- o arcabouço legal que “aí está”, o Brasil já Braz$l, estado fracassado de exceção implícito, usando-se conceitos de Chomsky e Agamben. (Cf. arts . neste site ). Um erro brutal que levou o regime terrorista a continuar vivo na “democracia relativa ” de Golbery, como se vê no caso da anistia e dos “desaparecidos políticos”, entre outros.

 Castelo Branco, independente de valoração moral, ética, legal, foi competente ou não, politicamente  ? E Golbery ? E Costa e Silva e Albuquerque Lima ? E os generais atuais , Villas Boas e outros ? Refletir .

 

                    MILITARES SABEM FAZER POLÍTICA-

                        QUANDO QUEREM

             Enquanto alguns tolos e mal informados berram por intervenção militar , e as “esquerdas” berram e protestam em sentido contrário , não estarão eles, militares,  já exercendo o “poder” , via Temer por procuração , mascarados, quietos, sem o estardalhaço ou barulho dos escândalos ou dos canhões ?

    Villas Bôas , comandante da principal força militar , o Exército , em especial, apareceria em programa da Rede Globo, para dizer o que disse (que atinge , indireto, interesses do Império/EUA ) de brincadeira, por casualidade, depois de tanto tempo os militares recolhidos aos quartéis ?

   [(Mencionou a questão da abdicação do Brasil ao uso  de energia nuclear, com razão ,  um absurdo de fato, administração FHC; milhares de Ongs na Amazônia; etc.) . Agora,  aparecem militares de diferentes armas dando informações sobre a greve dos caminhoneiros, na tv , fardados – alguns da Marinha, outros do Exército, etc. Não há casualidade, mas causalidade, como sempre repetia Moniz Bandeira, dos maiores historiadores brasileiros ].

 

   MILITARES, ESQUERDAS E “ESQUERDAS”

 

Imagem relacionada

 

Os militares podem até  serem muito pacientes , quando querem , como estão sendo com Temer, essas manifestações à esquerda e direita , foram com Dilma – o “caso Lula” é um exemplo . Não gostavam os militares do corrupto , embora  servil, para eles, Lula , dúbio, algo público, mas sempre o defenderam – paradoxal que possa parecer (pesquise, cf. declarações  de Golbery ; do General Leônidas Gonçalves, falecido , ambos sobre ele, Lula  e em sua defesa ;  cf. até  Bolsonaro, apoiando Lula contra Serra , além  do velho chefão da Odebrecht – todas contando/esclarecendo  quem é Lula. Isto para não lembrar as informações , evidentes que corretas, pois coincidentes com muitas outras e um quadro geral sobre Lula ,   de  Palocci  .

Ora, imaginar que os militares não soubessem , há muito, disso tudo, em vista dos serviços secretos de informação, gravadores, infiltrações, etc.? Seria muita ingenuidade. O fato de não se ver não quer dizer que não aconteça . Ao contrário, o poder esconde e se esconde . (Bobbio).

Os militares sabem,  sempre souberam que Lula jamais fora real opositor do Império do Capital(EUA)  ou político de esquerda – por isso o aturaram tanto tempo  Cf. arts. neste site.). Entretanto, silenciosos, fingiram que o estavam engolindo , durante décadas, quando aquele era um trunfo secreto deles e dos velhos aliados americanos (Cf. arts. neste site ) .

Como explicar que “engolissem” os militares um Ministro da Defesa , Aldo Rabelo, então do PC do B , partido que tinha executado e organizado  a famosa “Guerrilha do Araguaia” , contra eles ? Paciência e porque sabiam não se tratar mais de um  autêntico partido  comunista .

Então , como explicar os militares  aturarem calados, durante décadas, sobre  a atuação do PC do B, este com vários deputados e até um governo estadual , se não soubessem o que significa , realmente, na essência, não apenas na forma e nome , aparência ,  aquele  partido ? Afinal, por muito menos,  e havendo apenas fracos comunistas,  intervieram , em 1964, praticando atos os mais violentos . Agora, teriam mudado tanto assim ? Não há coerência em imaginar isso.

[ PC do B , atual .  Taxado por outros, reais  comunistas,  como traidor , revisionista e daí para baixo, baixo mesmo , desde sua rearticulação estranha,  depois de ser sua direção provada comunista dizimada no chamado “Massacre da Lapa”, de 1976  , SP . Quem o reorganizou mesmo ? Afinal, velhos militantes entregaram , por acordo e outros por tortura, toda a estrutura partidária . Pesquise, cf. jornal “A Nova Democracia”, por exemplo , coleção, Internet.Ora. Os militares conviveram tão bem com esses “comunistas”/lulopetistas, nos últimos anos,  que um deles, Rabelo,  tornou-se seu Ministro da Defesa, administração Lula, sem atritos ou confusões com eles. (O que ocorreu até nos EUA , inúmeras vezes, entre autoridades e comunistas filiados ao PCA , legal. Aqui, sem nenhum problema) .Mas, enquanto isso , os mesmos militares não admitiram punição de criminosos hediondos, torturadores, nem informaram sobre “desaparecidos políticos”  . Por quê ? No primeiro caso – aqui haveria mais democracia e experiência das autoridades do que lá ? No segundo, isso prova que não mudaram suas diretrizes e decisões. Logo, Rabelo/PC do B eram da confiança deles – absoluta ] .

Sabem os militares, quando querem, sim,  fazerem política , como se vê acima, à direita e à esquerda e à “esquerda” ;  sabem distinguir fatos , ideologias, situações  , pois muito bem informados (e melhor que nós, ao menos, pois  têm serviços de informação e não acreditam apenas numa Mídia que nos condiciona, queiramos ou não, como a maioria do povo  ).

 

               A MIDIA /“PRÍNCIPE ELETRÔNICO”

                            –PAPEL CHAVE

 

Neste momento, com todos os problemas locais, por sinal, estão enfrentando os militares um ataque direto da Mídia, ligada ao Império(EUA) , que desenterra acusações (conhecidas , via livros, como os de Gaspari , imprensa, etc., desde 2003 ) para atingi-los e atiçar as “esquerdas” e esquerdas contra eles .Um jogo sutil , perigoso, que requer atenção para ser percebido, por parte dos democratas e esquerdas . Ao mesmo tempo, estão nas ruas ajudando o governo Temer, que é o deles hoje , mascarados, a resolver esta greve dos caminhoneiros e outras resistências de grupos deles aliados, que envolveram-se nesta greve .E algumas frações deles apostando suas fichas em Bolsonaro.

Mais – ainda devem estar apreciando grave fato da Colômbia ter sido aceita na OTAN , que agora é nossa vizinha, bem ao lado, e perto também da Venezuela – esta possível alvo imediato dela (?!) . Tema sério, pois a Colômbia muito mais bem equipada , militarmente, que o Brasil.Hoje, Venezuela. Amanha, Brasil ?

Então, devem estar os militares analisando muito bem a geopolítica americana e a do Brasil – esperando-se que não cometam os erros absurdos de Golbery e sua geopolítica .(Cf. artigo neste site).Percebem , por certo, que,  amanhã, caso o Brasil  resista aos interesses americanos, que deverão aumentar quanto ao Brasil, envolvendo uma superexploração que poderá tornar-se insuportável (os EUA  estão em crise e não podem perder mercados e interesses como os existentes na Venezuela e no Brasil) – o alvo não será só a Venezuela –  e a primeira questão poderá  ser a Amazônia. O terreno teórico e legal já está preparado para isso , desde argumentos a reservas indígenas , e desde muito tempo. (cf. arts. neste blog e pesquise).

E , nesse contexto, há algo que se coloca entre os fatos e cada um de nós – A BIG MÍDIA  NACIONAL E MUNDIAL.  Em vista de sua posição, e ainda estar “denunciando a todo momento FAKE NEWS “, notícias falsas, das quais é a maior produtora, o que é fácil provar , quase nada pode ser analisado , atualmente, sem levar em consideração o papel dela, possíveis omissões e distorções.

                    [ATENÇÃO –  Para bem entender a Mídia , big mídia, citada , de importância crucial hoje na política mundial e brasileira , que nos dá , a cada momento , o retrato da greve dos caminhoneiros, causas e conseqüências . Neste momento, essa mídia   nos traz  fatos/dados sobre a denúncia da CIA envolvendo militares, o que a coloca no centro do palco de quaisquer análises políticas ou até busca de fatos para a construção de uma Historiografia.

            Cabe entender como, por que, causas, conseqüências, ainda mais quando se anuncia a presença da OTAN , braço de guerra do Império , na Colômbia, acordo selado , com aviões, mísseis, etc. a um nível tecnológico que o Brasil não possui . A Colômbia é vizinha do Brasil, da Venezuela e …da Amazônia, em especial] . Analisemos:

 (IN MONIZ BANDEIRA , “A DESORDEM MUNDIAL “)

        “  …a mídia corporativa nem sempre confiável, dada servir o mais das vezes como complemento das guerras modernas, na ofensiva de comunicações estratégicas, veículo de psy-ops(psychological operations), desinformação e contrainformação, por meio de mentiras inconscientes ou disfarces semiconscientes e/ou conscientes , nascentes de serviços de inteligência ou de outros órgãos dos governos, origens obscuras e duvidosas (ativistas, ONGS) .

            A distorção, fabricação e falsificação de fatos, a corromper palavras como democracia etc., e a omissão de notícias são sua virtual essência, visando a manipular a opinião pública e produzir efeitos estratégicos . Assim, as agências de noticias, atualmente, operam e refletem, quase sempre, a psicologia de interesses corporativos, econômicos e políticos de anunciantes e governos, a posição dominante das grandes potências industriais, a influir sobre os órgãos de imprensa dos demais países que compram seus serviços .”(p.31).Nota 29-NICK Davies,2008,pp.214,230-231,241-3; Udo Ulfkote,2014,pp.43-46,146-146.(In Moniz Bandeira, “A desordem mundial”, C.Brasileira, 2018).

 

          Assim, se os “militares” podem não gostar , mas suportam quando consideram do seu interesse e do interesse nacional um Lula da vida , os mesmos militares  também podem detestar o velho parceiro de Lula, Temer,  o considerado e conhecido entre eles como o corruptíssimo Temer . O que não significa que não  o suportem , enquanto julgarem necessário, tendo em vista suas táticas e estratégia . As informações sobre ambos devem eles tê-las  muito mais detalhadas, provável, do que sabemos, porque dispõem de serviços de informação, gravações secretas, agentes infiltrados  – o que nós, cidadãos comuns, não temos.

Então, tudo indica que resolveram , os dirigentes da frágil administração Temer ,  mascarados o quanto puderam , entre salamaleques e disfarces ,  chamar antes ou junto com parte do povão , tal intervenção militar , já pedida nas ruas, pouco a pouco, por muitos cidadãos –  antes que ela ocorresse aberta e abruptamente  . Caminhoneiros em greve , alguns voltaram ao trabalho – outros pedem intervenção militar e agitam até um “fora Temer”, que confunde-se com o mantra lulista .

TEMER – IDEOLOGIA, OPORTUNISMO

 OU SOBREVIVÊNCIA ?

 

Temer e os militares . Saudades dos militares-cidadãos , do General Góis Monteiro , Lott , Brigadeiro Gomes, Prestes, Juarez  e outros, da República da Espada , americanizada , dos “tenentes”?

Ou da recente (pelas heranças deixadas )tão atual “ditadura militar “, regime terrorista que empalava e esquartejava estudantes, desarmados e presos, quando não os jogava sobre as cachoeiras no Araguaia ?

Provável não essa a intenção de Temer . Pretenderia apenas garantir sua administração até a entrega do poder a alguém eleito e fazer boas relações a quem pode ajudá-lo no futuro, provavelmente em alguma prisão, se não alterada radicalmente a atual situação política.                 

 

    NA VOLTA DOS MILITARES – CAOS POLÍTICO E SOCIAL 

 

Exército já no Poder no Brasil ?

Sem muitas palavras, fato notório . Situação? Dramática. Crise geral, dívida pública impagável, mais de 500 bilhões anuais pagos no que se refere à dívida pública (pesquisar ) , mais de metade da população sem saneamento básico, toda a infraestrutura (estradas, portos, aeroportos, etc.) sucateada , indústrias nacionais em decadência, esmagadas pelas estrangeiras, corrupção sistêmica e generalizada , etc. O que hoje é notório, a maioria dos brasileiros sente na pele ou tem conhecimento. (O que dispensa maiores dados) .

Braz$l 2018, a maior província do mundo, ou Protetorado Americano , estado fracassado de exceção implícito, quase explícito, (cf. arts. anteriores) descarado , indo a “trancos e barrancos”( homenagem a livro de Darcy de igual nome) . Neste momento de greve dos caminhoneiros, há outras greves diversas mal divulgadas – professores, metroviários, petroleiros (essa abortada por decisão judicial), etc.

Depois de décadas de regime militar , da implantação da “democracia”com a “Constituição Cidadã” , de Ulisses Guimarães e Tancredo , décadas passadas – a volta por baixo, dos militares , sem terem feito qualquer autocrítica, os “desaparecidos” por eles ainda desaparecidos , a anistia ainda atingindo  hediondos torturadores conhecidos – de volta, e aclamados por alguns nas ruas.

            Braz$l renovado e democrático – uma piada. Vive-se agora os resultados daquela “revolução” de 1964, contrarevolução antidemocrática e antinacional liderada por estrangeiros, seus serviços secretos , e serviços secretos nacionais .À custa de muita corrupção de políticos e até de militares.A que se seguiu uma “distensão lenta e gradual “ e uma democracia que tentou institucionalizar os valores daquela contrarevolução, expressos na nossa Constituição.(Cf., pesquise – tese a respeito, que comprova o afirmado e mostra como ocorreu ).

A democracia implantada após o regime terrorista  foi “golberyana” , planejada meticulosamente por estrategistas militares, inclusive estrangeiros (como o prof. Huntington)  e chega a nossos dias .

   A anistia viciada , a Constituinte e Constituição financiadas por multinacionais (Dreifuss, R.A, “O jogo da direita”), a transição , de mais de dez anos, apenas para a institucionalização da “revolução” de 1964 (id . ), uma contrarevolução antinacional e antidemocrática liderada por serviços secretos estrangeiros e brasileiros (EUA , CIA , etc.) .

                         

               V-  EXÉRCITO NO PODER,

                   POR PROCURAÇÃO ?

 

2018, país em crise, greve dos caminhoneiros e outras pouco divulgadas. Exército no poder , via Temer, servil, subordinado, dependente de seu fiador militar. São inúmeras as ameaças a Temer e ao “governo” atual por parte dos militares, via vídeos, manifestos etc. Ao que consta sem efetiva punição . O que significa apoio.

Temer não manda nas Forças Armadas, nada comanda, ao contrário é  hoje  um mero procurador delas, nas questões de real importância ou de urgência. O que significa uma verdadeira abdicação de poder .

Agora militares de volta, à linha de frente política , ostensivamente, apresentando-se ao povo brasileiro ; este , ignorante e de memória fraca , e havendo muitos militares, sem dúvida,  enganados sobre a real História ocorrida  desde o primeiro golpe dado por eles , força militar , no Brasil, em 1964, quando depuseram  o Presidente eleito e legal , João Goulart .

Se bem examinarmos o acima afirmado , e há documentos e análises sérias nesse sentido( a começar pela de R.A. Deifruss, “1964 – a conquista do Estado “), trata-se de uma volta inevitável e até  natural das forças militares ao front político  – e tardia, pois quando o Brasil , já Braz$l, não caminha para o brejo, mas já está nele , consolidando-se como uma província ou protetorado dirigido por uma elite corrupta ,  traidora e sem vergonha.

   (Analise bem – não há qualquer exagero no uso de tais palavras aparente fortes , o que é triste  – corrupta , traidora e sem vergonha ).

Isto pode ser afirmado pela tradição da presença dos militares brasileiros na política brasileira, em especial desde a República, proclamada por eles. (Cf. arts. neste site, como “A República da Espada “ e outros).

Os militares , de fato, e sem justificar atos passados, de algum modo estão se prestando a “entrar no campo político ”, como titulares, embora com muito cuidado e recato,  para que ?

Só se compreende tal se para  tentar tirar ou ajudar a tirar  a Nação donde está – a caminho rápido da destruição geral e  secessão  . De fato, para eles, militares, melhor , mais cômodo , seria pressionarem por aumentos e manterem-se recolhidos aos quartéis, de quando em vez saindo para pequenas tarefas a serviço do público  . Isto é , cumprindo o desejo do Império Americano, o verdadeiro autor do “golpe de 1964”, via CIA e serviços secretos daqui, que criaram ,  e, daí , o maior responsável pelo que hoje passa o país, conseqüência direta daquele período tutelado pelo Império Americano, ao menos até o governo Geisel .

Os militares estão-se propondo a ir além , tenham ou não consciência disso, desde que o Império, na situação em que se encontra, internacional, e a sua estratégia de dominação mundial ,

precisará , mais do que nunca, de uma América Latina servil e servidora – ampla produtora de matérias primas e propiciadora de mercados consumidores garantidos para a produção americana, em especial .

Além disso,o Império não poderá dispor, até pela sua situação interna, de nenhum tipo de real  auxílio material externo – ao contrário, ele necessita de uma superexploração de países como o Brasil e do restante da América Latina. Não pode admitir uma Venezuela independente, muito menos uma Argentina ou Brasil. A presença da OTAN , guerreira, na na Colômbia, visando a Venezuela , com o objetivo de intimidar ou invadir mesmo se preciso , revela uma disposição possível de ataque no sentido de ser um exemplo capaz de dissuadir qualquer reação a suas pretensões seja do Brasil ou de outras nações latino-americanas.

 

               O IMPÉRIO E A AMÉRICA LATINA

 

Resultado de imagem para greve dos caminhoneiros

O Império dispõe , hoje, apenas de um excedente de armas , nucleares e com tecnologia moderna, e amplíssima supremacia bélica , a nível atômico e outros,  que precisa usar e viabilizar, constantemente . A guerra é seu melhor negócio, como o foi a do Iraque, Líbia, Iugoslávia e outros países. Não fará qualquer concessão especial ao, efetiva, real , aos brasileiros,como não fez no passado, e  muito ao contrário – será implacável, se preciso , como foi nos países antes citados .

O  Império já está no comando da Colômbia, via OTAN, acordo recente acertado e aprovado . O que tal significa ?

A guerra está já na porta do vizinho,  ao lado.E o Brasil não é o sequer aliado preferencial americano, como se percebe pelo armamento fornecido à Colômbia,  e o nosso, fornecido  sucateado(inclusive no passado, foco de muitas reclamações militares) .

De qualquer modo , aliança ,  aliás , que nada vale mesmo  frente aos interesses do bloco neoliberal mundial . Só vale e será implementada , na devida ocasião, se convier ao Império. Fora isso, a palavra/acordo será descumprido – uma tradição dos EUA( Cf. Moniz Bandeira, id.; e o clássico de Eduardo Prado, “A ilusão americana”.

  Hoje, na lembrança a “Guerra das Malvinas”, quando a Argentina esperava solidariedade americana, pelos tratados assinados, e viu exato ao contrário – os EUA fechados com seu tradicional aliado , a Inglaterra, abandonando a Argentina, a  passar uma vergonha nacional e internacional , com derrota humilhante, que poderia ser evitada se o desejasse o Império /EUA.

Os EUA , por tradição, não cumprem acordos nem a palavra , repita-se , atuando sempre segundo só  seus interesses quando numa situação objetiva, ignorando qualquer tratado anterior firmado . (No passado, cf. Eduardo Prado, id. ; no presente ,  Moniz Bandeira , id. , ambos livros narrando uma série de casos comprovados  ).

                                  AINDA SOBRE OS MILITARES 

 

Os ataques políticos,  via mídia e CIA ,  que os militares  vêm recebendo, Grande  Mídia , brasileira e internacional , e  da CIA , mostram que aqueles mesmos que os levaram e atiçaram a tomarem o poder,  há décadas, 1964, agora querem-nos longe do poder.  E estão investindo nisso , o que está demonstrado na presença de Glover e ostensiva e despudorada intromissão da CIA nos assuntos políticos internos brasileiros – pior, nos de tamanha seriedade, capazes de trazer debates, dúvidas, divergências. A extrema direita cínica, militarista,agindo, acintosamente, dessa maneira – e pelo que passa o Brasil, pelas circunstâncias, sem qualquer reação , seja de autoridades, povo ,partidos, militares, à esquerda ou  direita.   

             Razões ? Temem que eles acabem por compreender que o Império foi o real empecilho ao desenvolvimento do Brasil e, se preciso ,  liquidará o que resta da Nação Brasileira  , retalhando-a , se preciso ? Que foram enganados quando do “golpe de 1964” ? Que a geopolítica do pretensioso Golbery, estudante já em 1944 nos quartéis dos EUA (Fort Leavenporth) , só favorecia os EUA  ?

Provável que  já haja algumas frações militares, como havia no passado, que já entenderam isso . A fala do General Villas Boas, doente , TV Globo, não repercutida pela mídia do Império, não foi no sentido antinacional e demonstrou uma preocupação com a dívida pública, a Amazônia , o ataque de ONGS, evidente, e o futuro do país.

           Mesmo Bolsonaro , no passado, já expressara tal posição mais a crítica  contra privatizações excessivas – e  inúmeras vezes  . Mudou de posição, é fato ,  atualmente, em campanha política , defendendo o oposto , em especial via economista Paulo Guedes, inveterado apoiador de privatizações. Mesmo assim, suas posições lhe valeram acirrado  combate pela Mídia pró-Império, provavelmente por não confiar na retificação de suas antigas posições .

           Bolsonaro . Tratava-se da velha e tradicional direita militar nacionalista ,  ideologia  própria de  forças militares nacionais.

             E agora – Bolsonaro  estaria agindo dentro dos padrões …do Império ? Isto é .  Mentiras ululantes  e quebra da palavra. Estaria fazendo tal para tornar-se  mais viável , eleitoralmente ? Esta é a dúvida do Império e poderia explicar, ao menos parcialmente, os  ataques feitos  a ele e a outros militares .

 

                            VI –  CONCLUSÃO

 

                           Por que provisória ? Porque escrevemos quase junto  à ocorrência  de uma série de fatos, num Brasil em crise, com eles quase acabando de acontecer , e há muitas informações que não temos, além de haver variáveis que podem serem intervenientes, que desconhecemos , que podem mudar a situação a qualquer momento. Além de poder haver mudanças qualitativas não percebidas. Fatos indicam uma rápida conscientização política, embora com distorções, de boa parte do povo brasileiro – o mais participante .

A greve dos caminhoneiros, em vista do acima exposto, não é o mais sério problema brasileiro. É uma greve justa e teria que haver concessões – com uma administração fraca e desmoralizada , só se poderia esperar que Temer cedesse o mais possível.Deve ser , obvio, tratada com diálogo , até os limites da legislação em vigor – que bem ou mal é a regra que permite o convívio social entre  brasileiros.

E , de resto, encararmos de frente a crise econômica, social, política, a presença militar evidente  –  a OTAN vizinha , na Colômbia, os estranhos ataques de estrangeiros, tipo CIA, sem nenhuma moral para nada, instituição terrorista como se pode ver por inúmeros crimes e torturas cometidos(Cf. Moniz Bandeira, p.e. , ob.cit. ; Agee, P. “Diário da CIA” e imensa bibliografia mostrando crimes e terrorismo, até  via filmes, por certo objetivando legitimar mundialmente a tortura e o terrorismo – cf. “A hora mais escura”, por exemplo, entre inúmeros outros filmes americanos envolvendo ações da CIA e atentados terroristas dela, tendo como justificativa outros terroristas – alguns construídos e financiados por ela, via indireta, por procuração , como bem mostra, com inúmeras provas, Moniz Bandeira . (“A desordem mundial”, em que ironiza livro de Kissinger, “A ordem mundial”.Sobre os filmes, arts. neste site).

 

            OTAN, CRISE , MILITARES, ETC.

 

Pode não ser casual o movimento dos caminhoneiros ao mesmo tempo que se pede intervenção militar , os militares assumem , informalmente, a administração Temer, aos poucos e de forma quase “invisível”,  para o povão e até a tropa militar, embora de forma evidente, mas sem ser da maneira que muitos esperavam – tanques nas ruas contra o povo, prisões imediatas, etc. Pode ter havido a tentativa de golpe militar por parte de uma fração política composta de militares. Pode até ainda estar em curso, independente da análise acima.

Num momento de extrema fragilidade do estado brasileiro, fracassado , em que se afunda a economia , e em que os militares apresentam-se no front político, reaparecem as denúncias da CIA , requentando assuntos de décadas atrás, que realmente  ainda terão que serem resolvidos – os militares precisarão de um mea culpa, autocrítica e acordo para o país superar tal fase em definitivo. A disposição deles ao reaparecerem na frente política e social dando balas a crianças, o general Villas Boas apresentando-se , o diálogo que alguns buscam manter (embora ameaças de algumas frações) mostram uma intenção positiva .

 

                  OS  MILITARES E A NAÇÃO

 

O Brasil não poderá afirmar-se como uma Nação soberana , independente, com Ordem e Progresso, sem forças militares . Os erros de 1964 agravaram a situação nacional. Os civis, desde Figueiredo, a elite civil, esta que ainda aí está, traíram também a Nação – receberam o poder civil e afundaram a Nação , com políticas anti-nacionais e corrupção .( Aqui não é o lugar nem momento  para  discutir isso , embora possa ficar a provocação) . O Brasil ainda detinha alguma soberania ao final do governo Geisel   ( não só administração) ,  tendo este rompido  o acordo militar secreto com os EUA e não permitido privatizações além de certo limite .

As forças militares , colocando-se contra o povo , estarão destruindo as últimas possibilidades de preservação de  um Estado e uma Nação . Devem saber disso – o povo é um elemento de potência nacional. Mas, não um povo dividido , doentio, amedrontado. Veja-se os cuidados dos EUA com seu povo – fortemente armado e decidido. Aqui inventou-se um “desarmamento ” ridículo, pacifistas de aparência mas derrotista de fundo, que só serviu a fábricas de armamentos estrangeiras e à construção de um povo derrotado. Até as denúncias contra a fábrica brasileira Taurus podem ser fabricadas.

Só um povo consciente, com liderança, unido em grande maioria, capaz de armar-se (armar-se sim ) , na defesa da Nação , que valorize suas forças militares , estado, país ,  poderá ainda tentar sair donde se encontra e construir uma Nação soberana e independente. EUA, neste aspecto, como Rússia , China , Cuba e até Venezuela, sem valorações ideológicas aqui, neste sentido são exemplos admiráveis de um povo aguerrido, com valores, que sobreviverá lá qual seja o futuro . Sem as forças militares brasileiras ,  isto, provável, será impossível.

E esta impossibilidade está quase concretizada – o fim do Estado antes brasileiro e uma questão : e o povo , e os brasileiros ? Sem força, organização , condições, como não lembrar o Haiti e a Palestina ? Os poderosos do mundo  de hoje são implacáveis e o quadro mundial o atesta – Iraque, Líbia, Afeganistão, a antiga Iugoslávia  Palestina, etc. E não se venha confiar numa aliança entre lobos e ovelhas, os primeiros com armas nucleares. A Argentina, entre outros países, conhecem os resultados de tal tipo de aliança.

Não poucos intelectuais , de alto nível, acham a soberania e independência brasileiras   já impossíveis, isto é, qualquer ruptura com a dominação estrangeira. Em especial, face à ação das forças militares desde 1964, até antes, década 1950 . Isto sendo verdade , as forças militares tornar-se-iam desnecessárias –pois para manter ordem interna bastam as polícias, militares ou não . Ainda mais tratando-se de um país em crise, talvez  a caminho da extinção.

Os primeiros a serem liquidados com a destruição da Nação Brasileira – que está em risco – serão os militares . E responsabilizados por isso e tidos como traidores para efeitos da História  – eis que essa é /era sua função constitucional, profissional, não cumprida – falharam ;  foram educados, pagos, são sustentados pelo povo brasileiro para garantir a existência , antes de tudo, do próprio Brasil – e preservar seu povo de genocídios, mortes, aniquilamento . O que , aliás, vem acontecendo e todos sabem onde – presídios, hospitais, favelas, ruas , postos de saúde, etc.  O direito de ir e vir não mais existe em inúmeros locais do Brasil, em certos horários – e o povo desarmado não tem qualquer condição de resistência. Um crime cometido durante a administração omissa de Lula .

 

DEMOCRACIA E CONSTITUINTE JÁ

 

 

Imagem relacionada

 

Só democracia intensa, discussões civilizadas entre o povo brasileiro, possibilidade de autocrítica, de discutir as melhores saída para o país, hoje num labirinto , com a presença também de militares, poderá mudar o quadro político-social em processo avançado de deterioração  . A economia depende da política e esta depende da consciência popular , de autêntica representação , de participação direta do povo nas necessidades da Nação.

Um povo amedrontado, acuado, sob domínio de técnicas sofisticadas da psicologia social, via grandes redes de mídia, o que tem sido permitido (e tem que ser proibido ), assim como conquistado o “direito de antena “, (cf. neste site, outros artigos)  não irá a lugar nenhum – democratizar a mídia é uma palavra de ordem correta , venha de democratas, militares , esquerdas ou “esquerdas”.Tal é evidente.

Por tudo isso, mencionamos , neste blog, que tal debate e discussão nacional, mais ordenado, só poderá existir via uma CONSTITUINTE . Entretanto, nem as elites à esquerda ou ao centro ou direita a quiseram – o que significa que antes querem e pretendem garantir seus interesses – e para isso jogam um papel básico as eleições de 2018, onde e quando garantirão posições, cargos, acordos, interesses conciliações, parcerias, seu próprio futuro e não o da Nação.

Eleições. Que apenas poderão fortalecer a elas,   elites corruptas e traidoras ( fato notório já para militares, intelectuais, povo mais consciente  ) , fora exceções , mas não deverão trazer  novidades ou mudanças de efetivo interesse do povo brasileiro , que deveria ser centro do poder e objetivo dele.

Esperar essas eleições, o país quase parado, é um contrasenso , tanto que muitos perguntam – o país  suportará até lá , sem quebra das instituições ?

É possível, apenas porque já se trata de uma administração de forças militares, sob Temer, mas ainda assim é algo não inteligente e de interesse apenas das oligarquias e interesses estrangeiros a elas aliados.Tempo – está-se perdendo e é algo valioso, a essa altura, para  um povo dividido e um estado a desfazer-se – fracassado . As eleições , essencialmente, apenas fortalecerão elites corruptas , sem solução dar solução para os problemas nacionais – ao contrario, elas os agravarão, pela demora, manipulações, fortalecimento de algumas oligarquias, em especial no interior .

A lógica seria primeiro uma discussão nacional via Constituinte, depois , sim, eleições.Exato o que  não quiseram as “elites” à “esquerda”, centro  e à direita . Por medo de cair o regime político ao qual estão apegadas e com o qual combinam e integram seus interesses ? Possível , mas o passar do tempo só vem agravando a situação político-social na qual estão incluídas.

Por que não querem amplo debate e democracia, Constituinte soberana e independente, o que o Brasil nunca teve de fato , e isto inclui “elites”, à esquerda e direita ? A mudança de situação coloca em risco seus cargos, posições e eleições, votos a serem captados de eleitores cativos ou quase, ou currais eleitorais que sabem controlar, no campo e cidades .Uma prévia discussão e Constituinte mexeriam , fortemente, ou podem mexer , nessa situação, há muito estabelecida . Por isso , direita e “esquerdas” quiseram  , primeiro, eleições – ou seja, preservar posições e interesses. Forma de melhor prepararem-se , legislar, garantir seus interesses , previamente. 

As reformas, democratização , mudanças ,  não estão sendo feitas  pois não há consenso nem forças majoritárias políticas e sociais capazes de liderarem e conduzirem tal processo – elas somente virão , então , adiante, via uma Constituinte . Os brasileiros necessitam uma outra República, mais democrática e igualitária. Portanto, a palavra de ordem, hoje,  só pode ser Democracia e Constituinte , não o falso estado democrático de direito que aí está, na verdade estado fracassado e de exceção . Sim, uma democracia  mais verdadeira ,intensa , direta e representativa , amplamente e previamente discutida pelo povo brasileiro .

   Mesmo em meio à crise geral, ainda assim salta aos olhos – Constituinte e Democracia  . (*)

_________________________________________________________________

(*) (Original não revisado , o que não impede entendimento).

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *