Todos os Inimigos Podem Ser Vencidos

nov 9, 2019 by

Todos os Inimigos Podem Ser Vencidos

Todos os Inimigos Podem Ser Vencidos

(Hiran Roedel)

 

A sociedade brasileira assiste,  incrédula,  ao embate de mesquinhos interesses entre o Governo Bolsonaro e a Rede Globo. Uma disputa que nos remete à figura da mitologia grega de ACTÉON, filho de Aristeu e de Autônoe, criado pelo centauro Quíron, que foi despedaçado pelos seus próprios cães. Esta pode ser a intenção e a esperança do centauro Globo em relação a Bolsonaro: transformá-lo em Actéon , para ser eliminado por aqueles que o apoiam.

Baixas no 1ºescalão do governo têm-se tornado cada vez mais frequentes. Enquanto isso, valendo-se da distração da população, a equipe econômica e o Congresso nacional avançam no desmonte do Estado brasileiro e na doação das riquezas nacionais ao imperialismo.

Justificativas para frear essa política neoliberal não faltam. O próprio IBGE admite que 105 milhões de brasileiros vivem com R$413,00 mensais e que 5% dos mais pobres sobrevivem com R$51,00 por mês. Ao mesmo tempo, bancos têm lucros que beiram os R$10 bilhões.

Esse modelo que vem sendo aqui implantado, é questionado em outros países da América do Sul.

 O Chile, país onde aposentados se suicidam por não conseguirem sobreviver no país do neoliberalismo,  exemplo de sucesso para o ministro Paulo Guedes e o Deputado Rodrigo Maia, convive com a intensificação da luta de classes. O Equador assiste os trabalhadores e os povos originários se aliarem para encurralar o governo,  que recuou em sua política anti-social. Na Argentina, o presidente Macri, aliado de Bolsonaro, amarga uma derrota acachapante.

Não podemos menosprezar a força imperialismo em manipular dados, informações e sentimentos. Em nome dos interesses nacionais e populares, alguns países da América do Sul têm-se levantado. Mas,  e o Brasil? Até quando assistiremos à dilapidação do patrimônio nacional e da vida da população? Como dizia Fidel Castro: “quem trai o pobre, trai a Cristo.”

Related Posts

Share This

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *