Circo de Horrores: Brasil Frankenstein

dez 21, 2017 by

Circo de Horrores: Brasil  Frankenstein

           Brasil Frankenstein :

 * circo horrores  e terror há futuro ? *

 

                                                          (Redação)

                                        

                  Época  de  festas  , mas não dá para fugir à realidade , fora num artigo/poesia  específico. Afinal, estamos à cada dia sobrevivendo ao Brasil, em especial os

cariocas. E quando chegam mais notícias , são todas terríficas, a mais dolorosa delas envolvendo traição nacional, a  Nação Vendida ,

como veremos adiante.

****************************************************************************************

EXTRA/AMAZÔNIA

ATENÇÃO / IMPORTANTE 

                  Ao encerrarmos este texto , não tínhamos conhecimento das declarações de Bolsonaro, militar candidato a Presidente , sobre a Amazônia, grave questão de soberania nacional( embora , em outros arts. tivéssemos previsto ressurgir o “militarismo nacionalista de direita” , tradição militar brasileira  , e que as posições públicas de  generais pareciam denunciar à Nação atentados à soberania nacional em curso (energia nuclear e Constituição Federal, que proíbe uso até pacífico; Ongs estrangeiras na Amazônia: presença estrangeira ali , etc.

                       Há pouco , vimos , na  FSP,  16-12-17,  que em visita a Manaus Bolsonaro “questionou se o Brasil ainda tem a soberania sobre a Amazônia por causa das terras indígenas, às quais comparou a zoológicos” .   Assinalou – “Será que a Amazônia ainda é nossa ? Em 1982, a Argentina falou que as Malvinas eram deles. Perderam . Hoje em dia, ouso dizer que dificilmente a Amazônia é nossa”.

Ora, trata-se de militar muito bem informado e de declaração gravíssima, eis que não é a de  indivíduo, mesmo deputado  e militar ,  mas de representante de importante fração política militar, senão do conjunto das forças militares, pois coincide com as de vários outros militares, , de alta patente , inclusive o Gal. Villas Boas ( na TV  Globo, recente, “abafada pela big mídia e aqui analisada).

                      Este site tem mencionado o Brasil como “Província Braz$l” , para  destacar justo aspectos como esses , apoiando-se em O .Ianni e outros. Não basta jogar pedras sobre esse militar , ou outros , tais como “coxinha”, extremista, etc. mas analisar a gravidade da comprovação que faz, o Brasil destrambelhado como  se encontra. Informações não tão diretas já vieram  de sertanistas como Villas Boas , há anos, no mesmo sentido  – cf. artigo que se segue . Quer dizer, em resumo , há forças militares americanas na Amazônia , ao que consta, presença que vem , ao menos, da década 1990  (centenas de soldados).

                 A não publicidade ampla, manchetes,  pela big mídia, a não convocação da Nação à discussão ,  por diversos presidentes (ao menos de FHC para cá, passando pelo falso esquerdista Lula ) revela verdades escondidas, “segredos(criminosos) de poder”, responsáveis pela hoje destruição nacional(muitos descritos neste site) e atingindo o futuro e esperança última da Nação(reservas)  , o que, evidente, os  serviços secretos militares daqui conheciam , aqueles presidentes  informados, sem comunicar ao Povo, Congresso, tomar providências  – traição nacional, pois  numa “democracia” eram eles os Comandantes em Chefe das Forças Armadas, o que quer dizer – principais responsáveis. (Cf. adiante análise).

                     (Tal contexto político criminoso  lembra as ações americanas, aqui, do passado, sempre  sob ameaças, no Espirito Santo (década 40),  pirateando minérios , depois instalando-se em Natal (Segunda Guerra), em Alcântara(explosões suspeitas), e desde década 90 , ao menos, na Amazônia , por certo da mesma forma, entre outras.(Cf. Gaspari, E. “As ilusões armadas” ; N.W. Sodré, “História Militar do Brasil “; Moniz Bandeira, “Presença dos EUA no Brasil”, entre outros).

                     Fica  a impressão que as forças militares estão denunciando à Nação uma situação abafada , e já de longa data, por todas as administrações “neoliberais”civis que se seguiram ao regime militar , no Brasil, sempre com ardis e propaganda e narrativas falsas , tendo ao fundo o patrocínio dos EUA/Império do Capital.(Cf. parte final do artigo que se segue).

*******************************************************************************************************************

 

                                         I – O “GRAN CIRCO”

                                             DE HORRORES –

                                                   BRAZ$l

 

         Exagero nas metáforas ? Acreditamos que  não – um “Circo” , exibido internacionalmente , via big mídia, picadeiro central, em Brasília, outro grandioso no Rio , diversos Brasil afora . Picadeiros outros menores como o do Planalto, do Supremo, do Congresso, o do Maracanã , os das Praias Cariocas, caso de Copacabana  , o do Estádio Elefante Branco Mané Garrincha, DF, o do Alemão, Rocinha, Vidigal, etc. Dezenas de palcos e picadeiros onde evoluem não animais, mas uma  produção brasileira – velhotes,  cabelos brancos, rareando, corruptos, mentirosos, agindo como “moleques” de rua , malandros, vadios, enganando, corrompendo, os maiores artistas do mundo  , conhecidos como  ” Os Traíras do Braz$l”, inclusive rebolando , cantando, provocando, dentro do Palco do Congresso e em palcos de rua , tendo como absoluto e  maior  destaque “O Cara”,  “A Metamorfose”, o “Cara Mais Honesto do Mundo “, que melhor mostraremos abaixo.

        Ao vivo, qual um “big  brother “ –  invasões, corrupção de dirigentes, verbas  para propinas, crimes, amantes , secretárias viajando pelo mundo às custas  da  platéia (o que  provoca alguns reclamos de outros artistas ) , urnas eletrônicas ÚNICAS  NO MUNDO , estórias, filmes, documentários de todo tipo, ao vivo,  tipo big brother, repita-se (para que se entenda melhor) , em  todas as tvs e cinemas.

         Circo porque como uma empresa, há  os que mandam,os donos, empresários oligárquicos , investimentos estrangeiros , a bilheteria (impostos de todo tipo), platéia  grande , muitos palhaços , narizes com bolas vermelhas, milhões de espectadores  comendo pipocas e falando em celulares . As  grandes massas de assistentes , os apresentadores  e os artistas inimitáveis  : o “Mordomo do Terror”,  com seu único jogo de mãos , de décadas de treino , mágico famoso ,  contando , entre outras  , a  história imaginária de  malas  de dinheiro  inexistentes vistas por milhões de pessoas pela  tv , indo em direção do picadeiro  Planalto   ;

 a “Fada do Horror” , toda de preto ,  voz ressonante e leve, transitando etérea entre seu grupo artístico ,  também de  preto, os famosos membros do “Clube do Horror”, (chamado por alguns de Justiça), com destaque hoje para o famoso “Queixada Solta e Solta Sempre “, o único que com uma queixada  daquelas não morde e prende , mas , ao contrário , solta  e late depois ;  e o invejado “Lewando Tudo  de  Roldão “, amigo do “Metamorfose “, que inova a todo minuto , e da “Dama Russa”, aquela que dizem, dizem, foi de esquerda,  há 40 anos atrás, sem ler um único livro de marxismo , assim como “Fernandinho Beiramar”, líder criminoso,  foi um garoto simpatiquinho que jogava bem futebol, que, grande atração também, no momento está no presídio, ao contrário dos demais.

        E  mais, uma das maiores atrações do mundo , o  ex-operário–empresário , o “Metamorfose Ambulante” ,o “Cara”, único no mundo ,   representante das oligarquias Sarney, Jader e outras , e do Império, em palcos diversos , correndo o país como candidato  a Presidente pelas oligarquias/Império e também de comunistas e grupos de esquerda  – feito único no mundo, tanto que chamado por Obama,  ex-presidente dos EUA , de “O Cara “ ;

    e muito mais – o “Grupo Artístico Comunistas para Valer ”,humorístico e carvanalesco ,  vulgo PC do B,com a linda “Manu Risadinha” propondo  o  “comunismo” , por certo financeiro,  oligárquico , baladeiro e praieiro , financiado por multinacionais e rentistas , com performances  admiráveis, ao vivo, aperitivo podendo ser visto nos vídeos da  Bandtv, em que vê-se as risadas dos entrevistadores – a melhor cômica política do Braz$l!

  (crítica – grupo desfalcado pois perdeu o  artista  consagrado “Rabelo Revolucionário”, ex-Ministro da Defesa de militares e de comunistas, ao mesmo tempo, direita e esquerda, caso único no mundo ! ! , agora  contratado  pelos “Socioartistas  Alegres  do Nordeste”) ;   o Palco dos Presídios, artistas  jogando bola com a  cabeça de decapitados  ;  o Palco das Praias com centenas de miseráveis artistas morando ali mesmo ,  defecando e  urinando (ao vivo) nas areias e águas , vistos das  calçadas  com vista privilegiada para turistas,  brincando com cachorros doentes  como companhia , que ali também vivem ;  ou águas imundas e areias sujas , tudo ao vivo , os assistentes podendo pegar doenças como hepatite e outras.

O mais autêntico e melhor “big brother ” existente  !

                     Não há espetáculo igual no mundo . Os  turistas irão deliciarem-se . E apenas fizemos pequeno resumo.

      E por aí vai, com centenas  de outras atrações  menorestorturas , policiais matando quem deveriam proteger , casas invadidas, cidades turísticas tomadas por bandidos, etc.  – asseguramos que  não há espetáculo igual no  mundo- insista-se.

        Alguém poderia  alegar guerras na Síria, Iraque, Afeganistão , etc.  Ah, o nosso  Circo supera-a em número de mortos, formas de violência , no Palco do Alemão ou o da Rocinha,  para nem falar em palcos menores de fim de semana como Buzios ou Angra. Na  Sociedade do Espetáculo, muito melhor ao vivo – o que no Circo Braz$l assegura-se , embora possa-se assistir também das enormes tvs de muitos bons hotéis internacionais do Rio e outras cidades .

          Milhares de atrações – o mundo precisa conhecer , trata-se  , aliás , de  erro da direção deste Circo não promover mais o  turismo –  qual a New Yok que tem isso ? Ou Roma  ou Paris ? Sem contar que ao entrar no Circo, via fronteiras , ou aeroportos quaisquer, o turista já estará  dentro deste maravilhoso e único  “big brother”, já participando dele , podendo até   ser morto,assaltado , sequestrado , roubado . Sentirá a emoção de uma luta ou  vida muito mais intensa do que no velho oeste americano .

            Qual circo ou país em qualquer parte do mundo capaz de apresentar espetáculo igual, com tantos palcos e um picadeiro central especializado em tragédias políticas,  que deixam em segundo plano qualquer seriado americano  premiado, casp de “Castelo de Cartas” ou outros ?

          Temos um “Cunha Presidiário”, um “Palocci, o italiano”, um “Lula , o homem mais honesto  do mundo “ – qual Kevin Spacey americano seria capaz de superar nossos atores ? Desafiamos os concorrentes !  

                  O lamentável, admite-se ,  é que a direção do Gran Circo Braz$l não faça mais  propaganda internacional de todas as  suas atrações. O que geraria  grandes  recursos para seus proprietários . Houve um início disso, é verdade , com  “tours” de estrangeiros promovidos  em favelas cariocas, mas algo   limitado. Pena, que prejuízo para o Circo.

[Lembre-se que o Gran Circo tem dos melhores mágicos do mundo –
“O Cara” ; e os “Companheiros Palocci e Cunha!” “O Cara” sumiu com um milhão de dólares dado ao PT por Kadafi, segundo Palocci ].

 

                     II–O ESTADO FRACASSADO

 

               Traçamos  , em outros artigos, uma série de características da situação  política brasileira  atual – um estado fracassado(conceito  retirado de N.Chomsky) , de exceção( id., retirado de G.Agamben ), implícito (tão descarado que já vem-se tornando explícito), informal(neste aspecto se mantém, pois trata-se dos interpretadores da “Justiça” continuarem mantendo a fachada de legalidade e  dignidade a qualquer preço, como faz Lula na política.

            O que se vê no Brasil, face  à legislação em vigor, inclusive quanto a normas  constitucionais, e às formas de interpretação pela  Justiça , variando de cá para  lá, conforme o atingido ou o julgador .  Uma impressão inicial levaria  a  pensar-se num povo de  malucos e ignorantes, que,  nesse  caminho , chegou à proteção dos corruptores os mais sem vergonha,  descarados. Isto é, capazes de chegarem a horrores e  terror – genocídios, em presídios e hospitais , povo queimando ônibus, favelas multiplicando-se, milhões de pessoas vivendo em miséria acachapante, sem condições sanitárias mínimas.

          Tudo isso mais asneiras inacreditáveis como armas novas trituradas pelo Estado, durante anos , e  legalmente (“Estatuto do Desarmamento”, absurdo, de 2004, que  ainda deixou à mercê da bandidagem e ilegalidade milhões  de pessoas, abastardando-as , na medida em que só podendo recorrer a uma polícia tão ausente quanto corrupta e ineficiente, além de sem quadros suficientes. Em outras  palavras, liquidação de parte do potencial nacional – um povo altivo,

participante, capaz  de reagir  ).

          Sem esquecer um  Judiciário produtor não de segurança social e jurídica, mas do inverso, insegurança e temor generalizados , que oscila de cá para lá ( Adriana,  mulher  do famigerado Cabral, ex-governador do Rio , presa e solta várias vezes,  acaba de ser solta, por Gilmar Mendes, mais uma vez). Mais  mentiras descaradas , de  líderes de várias posições(Lula,  Temer , Dilma ) , ausência de real oposição , impunidade vergonhosa, corrupção generalizada , em todos os poderes, inclusive  de políticos poderosos acusados  e até condenados, mas soltos e falantes ; Legislativo com centenas de acusados de corrupção, com foro  privilegiado, etc.

   [Palocci denunciando o PT ter recebido um milhão de dólares do líder líbio Kadafi, por certo enganando-o(onde está este milhão de dólares ?!Ah …Sumiu?!  ;52 milhões de pessoas abaixo do nível de pobreza,  inclusive na “era PT”, o que prova a falsificação de dados (IBGE) ;hospitais agonizantes, com mortos nos corredores ;”Rio entregue a criminosos “(big mídia ) ;uma pessoa morta a cada dez minutos ; Angra dos Reis – moradores e turistas em meio a  disputas de facções;crime organizado , poder religioso, assistencialismo social fora da lei afetam eleições(desembargador); Lula vai lutar até o fim …para não ser preso ;
general fala  umas verdades e é afastado do cargo ;Tiririca deputado, uma vergonha, diz que o “Congresso  é vergonhoso” ;Brizola  Neto diz que uma quadrilha  tomou conta do PDT , antigo partido de Brizola ; e assim vai. Dispensamo-nos de corroborar e provar, com página, dia, etc.  o afirmado, já fatos notórios(o caos nacional) ,dispensando sequer mais exemplos . Estão em todos os grandes jornais e revistas-  ].
 

   IGNORÂNCIA OU  ESPERTEZA ?

Circo de Horrores: Brasil Frankenstein 

           Mas, não se  trata de todo  um povo de ignorantes , mas de uma elite de muitoS espertos aproveitando-se de ignorantes e famélicos (a  maioria dos votantes de Lula, além dos cooptados com cargos e  empregos e bolsas família ). Trata-se do estado  fracassado de exceção , implícito, em pleno funcionamento, exibindo-se , quase tornando-se explícito,de informal em formal, como já dito  – e assim , salvando a “governabilidade”. Em outras palavras, livrando da cadeia e perda de cargos elevados no poder público ,os oligarcas corruptos  e pegos  em flagrante delito. E impedindo mudanças  necessárias, sempre adiadas, pois prejudicariam interesses oligárquicos e imperialistas.

III – ELITES E BIG MÍDIA DEMOCRÁTICAS

 

                Três aspectos  sobressaem nesse  contexto político :

          (1) não se tratam de “malucos ou ignorantes” – os responsáveis por essa situação. Muito ao contrário. Essas normas em vigor,inclusive as constitucionais, foram motivo de longas discussões e projetos que envolveram presidentes, generais e elites oligárquicas( as de 1988, conforme estudos vários ; cf. arts. neste site,  com citações a autores e estudos); portanto, trata-se do que aqui temos chamado de democracia relativa(termo de  Geisel, General) golberyana , ou  seja, fruto de um planejamento estratégico .(Cf. “O jogo da  direita “, de R.A.Dreifuss; e Maud Chirio e Suzeley  Matias, sobre tal transição.Arts. deste site).

          Isto é   – tal regime  já surge ligado a  interesses do Império do Capital ,  o maior poder mundial ontem (quando do regime terrorista brasileiro, 64/86 ,datas  aproximadas) como hoje (2017),envolvido então num  projeto de “distensão lenta e gradual”, que não buscava voltar à  democracia anterior,  mas a uma “nova”, golberyana , ainda envolvendo  um projeto para o futuro – a democracia relativa golberyana, a que aí está .(Cf. autoras  citadas .E ampla análise  em tese de Maria José de Rezende, “A ditadura  …”, neste blog ) . (À época , com o auxílio do falso e dúbio e mascarado Lula, fingindo-se  de  simples  e popular  e, então , de  esquerda ; partidos organizados de cima para baixo; etc.).

          Em resumo, a  situação atual, esta democracia  destrambelhada ,  posando de estado  democrático de direito , não tem origem  na ação de  malucos ou ignorantes, mas em oligarquias ligadas ao Império, prepostas dele,  e estrategistas de alto nível (além de  escribas juristas) que a organizaram numa Constituinte regada a dólares e  falseada  ,como o foi a de 1986(cf.  arts.  neste site) ; do outro  lado, classes médias manipuladas pela mídia,  corrupção ,  populismo lulista  , esquerda corrompida ; e  de outro massas famélicas e ignorantes .

          O regime cumpriu de forma rigorosa e satisfatória  seu papel – garantir elites, oligarquias, interesses ligados aos do Império , e  desorganizar  os partidos democráticos, o povo brasileiro, infiltrar e  dividir as esquerdas, etc.(cf. artigos anteriores);

            (2) os citados oligarcas/Império  (o que significa capital financeiro  e multinacionais , que comandam o país – “rentistas” na síntese de alguns )  e /ou seus  representantes , em  momento  nenhum,  querem pensar em efetivas mudanças políticas ou econômicas , que poderiam vir através de uma Constituinte Já – proposta ,por eles, sequer considerada . Ainda na administração Dilma , após imensas  manifestações de massa, em 2012/13, ela sequer respondeu ou atendeu a qualquer uma  simples reivindicação. Sabia  de onde vinha o real poder – Império .

Ao contrário,  concedeu  isenções tributárias e empréstimos subsidiados a multinacionais , como  a ANFAVEA( associação de veículos, concessionárias  e montadoras estrangeiras ).(confira, há arts. neste site, se não retirados face a hackers e ainda não  repostos ).

           Objetivam tais “elites”apenas  pequenas mudanças que nada mudem  , na essência, ou estrutura , e sirvam apenas para mantê-los mais seguras no poder , à custa da superexploração  das massas populares e classes médias (aumento de impostos, contenção  de  salários , onerações diversas , etc .) ;e –

             (3) essas oligarquias  atacam ,com violência e método  ,  todos os que lhe causam perigo –  no caso atual , os jovens procuradores e juízes e policiais da lava-jato . As oligarquias e elites dominantes ligadas ao Império uniram-se e acordaram conciliações e já  frentes  para  as próximas eleições de 2018 ,  unidas com tal objetivo,desde que disputam o poder , a hegemonia, dentro do bloco dominante de poder, mas sem terem contradições antagônicas entre si.(O que fazem há séculos, conforme J.Honório  Rodrigues, p.e.).

             Veja-se  as alianças de Lula com Renan e logo com Roseana e Sarney ; além de Lula já  estar apoiado  por velhos agregados aos antes citados, como Lobão, senador PMDB ,que garante estar com Lula para presidente, em qualquer caso.

         O planejamento  , do que vivemos , feito há décadas , incluía e ainda inclui uma falsa democracia, bem relativa, que sobrevive  pelo controle da mídia e interpretações jurídicas , daí o estado de exceção, que não  existe só no Brasil, segundo  Agamben .

               A  transição de militares para civis  , aliás,  com a entrega do poder estatal pelo regime  militar , mais diretamente a esses  , de fato entregou-o de novo , quase in totum, às oligarquias as mais atrasadas aliadas do Império e a outras frações políticas também ligadas a ele- como já  ocorrera no  passado, após a República, por exemplo .

Ou logo após a revolução de 30, de início tenentes formalmente no poder  . Tudo o mais favorável possível, assim,  aos  interesses do Império, centro estratégico dessa situação que , observada de todos os ângulos, não  poderia ter sido casual. Sabe-se  onde está  o  poder – Império do Capital, em resumo , oligarquias locais …  setores de menor importância.

 

 IV–COMPREENDENDO O CONTEXTO

 

         O planejamento acima, que vem da transição do regime terrorista  para a democracia  relativa , final década setenta e década 80, sob controle do Império/regime  terrorista,  aceito pelas lideranças civis (que não apresentaram  projeto alternativo nem lutaram por  ele ) desordenou totalmente  a sociedade brasileira, confundindo-a, ainda mais com o uso de moderna tecnologia que aqui chegou (internet, computadores, etc. ) , com , por exemplo , desvio das questões de classe,  pobreza,riqueza,domínio, exploração ,  para as de raça, gênero, sexo, homofobia , transgeneros e  outras do mesmo tipo, que até passaram a serem apresentadas  como bandeiras à esquerda por falsos esquerdistas(lulopetistas, PC do B, e outros ) .

       Assim, de outro lado, esquecidos e colocados em terceiro   plano a dominação estrangeira, imperialismo , exploração, Império, província, etc. Note-se tal no próprio PDT de  Brizola , ao voltar ao Brasil, e em todos os gritos  das lutas por diretas, que enfatizaram questões  políticas(anistia, etc.), aliás não vitoriosas  , pois  em essência com resultados favoráveis aos interesses então dominantes, e colocaram de lado questões econômicas – Imperialismo, dominação estrangeira, remessa de  lucros, internacionalização da economia,  etc. Exato o projeto do regime terrorista em retirada  e do Império mentor daquele.

           Sobre  esses  falsos esquerdistas, que proliferam hoje no Brasil,  se Prestes já os detectara como citado neste site, chamando o PC do B de “comunista  só de nome”, outros à esquerda já  também o tinham  observado, caso de Carlos Henrique  Escobar , por exemplo , guru de esquerdas universitárias no Rio, décadas atrás, torturado , hoje em Portugal   :

    ”…o governo  Lula e Dilma esteve e está  repleto de esquerdistas farsantes   que almejam poder e riqueza, como provam as alianças deploráveis que Lula fez com Sarney,  Collor , Maluf, ou  os escândalos  no nível da corrupção que  envolveu e  envolve os governos e as políticas petistas …”(globo.com g1, 10-12-17).

         Nesse momento, anos depois, Lula , descarado , condenado  , com várias outras  acusações não julgadas , já se articula com Renan( alvo de muitas acusações ) , Sarney, Lobão e outros .(Cf.  adiante. Lula –um neoliberal de extrema direita irrecuperável,  aliado sempre às  oligarquias as mais atrasadas ).

         O domínio total neoliberal , com integração  da grande mídia cartelizada facilitou tal distorção até das palavras – esquerda,direita, comunismo, socialismo, imperialismo, fim da História, favela, etc. Todas trocadas por  outras e  afirmações como a que não existe mais nada disso, favelas virando   comunidades, etc.

          Ao fundo , promovida rápida  e intensa  transculturação via uso da lingua inglesa, viagens ao exterior,carros, ideias, propostas, computadores, celulares , etc. – tudo de origem estrangeira. A transculturação avançando  rápido, isto  é , consolidação da província.

 

            A SOCIEDADE DO ESPETÁCULO EXPLICA

 

    Resultado de imagem para circo brasileiro charge        Com razão , há quem  coloque a questão da imagem  substituindo a realidade, na  sociedade do espetáculo ,nesta etapa neoliberal . Isto explicaria  bastante bem um Lula  da Silva, elemento  com uma práxis de extrema direita , pró-Império, demagogo evidente ,ser taxado por alguns (inclusive conhecidos cronistas da big mídia, por ignorância ou má fé ) como esquerdista e tal ser aceito  em diferentes  setores, inclusive nas próprias esquerdas que,  no mínimo , aceitam-no como aliado :

   “Não  importa o que é real, mas sim a imagem…(Debord) : “a realidade surge no espetáculo e o espetáculo é real.(1997, p.15).(…) Preso na armadilha da mercantilização resta a impossibilidade crítica à sociedade do espetáculo. Atados à ideologia neoliberal cessam-se as  perspectivas de  transformação da sociedade …”

“Assim para Debord, a Sociedade do Espetáculo é o estágio avançado do capitalismo no qual tudo virou representação. As imagens na  Sociedade do  Espetáculo  seriam, então, a concretização da alienação .”(III Seminário Comunicação e Política …F.C.Libero, SP ,in coord. Gilberto da Silva, 19-12-17, lulismo.wordpress.com/).

 

           Tal explicaria por que  os advogados de Lula da Silva  tudo negam (acusações a ele,  não admitem nenhuma  e ele se coloca como “o homem mais honesto  do Brasil”) e repetem tal dia e noite em  toda a big mídia a que tem acesso , além das redes sociais, desde que juridicamente sem quaisquer argumentos razoáveis de defesa , com condenações certas à vista . O mesmo aliás que fez e faz Temer, Cunha e  outros,  em relação às malas de dinheiro levadas por um seu assessor).

             E daí  surgem as consequências disso tudo, bem delineadas , até em seus aspectos psicológicos. O todo neoliberal, globalizado, atinge  também os valores sociais , capital, dinheiro , moral , ética , dignidade , substituídos ou atenuados ou compreendidos ou admitidos face à ideologia do Capital dominante e impositiva – vale o dinheiro sobre a Justiça, a Arte, a Literatura, a Beleza , etc.

           Concretiza-se  a previsão  de Shakespeare (“Timon de Atenas”) , já nas primeiras origens do capitalismo , com um comércio agressivo em crescimento – “este ouro maldito fará a mais feia das mulheres ser tida como bela, etc. “).

            Saflate, neste sentido , bem resumiu :

“No interior das sociedades neoliberais, sociedades nas quais economia e moral se confundem constantemente, ou seja, sociedades nas quais políticas econômicas são apresentadas através de valores morais (austeridade, controle, contenção,responsabilidade ).

E acrescentou, também numa síntese feliz:

   ”Como dizia Deleuze, há situações nas quais a doença é melhor do que a saúde que nos propõem. Pois em sociedades  como a nossa , muitas vezes a doença  é aquilo que os sujeitos têm de mais real…”

 

      O absurdo está patente, o auge da alienação, o que explica como pode um Lula, ainda hoje, após décadas, e  identificada  também já  há mais de década sua real ideologia e práxis, ainda ser taxado ,de um lado, e aceito, de outro, como alguém  de esquerda. Este sendo um exemplo e mostra da confusão ideológica reinante,  derivada de toda essa alienação , o que só favorece  aos mentores  da sociedade espetacularizada,  hoje presente em todo o Brasil.

 

  V- O POSSÍVEL E O PROVÁVEL

 

           O exposto permite a compreensão do que  vem ocorrendo  no  Brasil, com peculiaridades ou  singularidades muito próprias – uma  miséria a nível muito  maior que a da Europa e dos EUA, de um lado, sociedade com desigualdade além do normal mesmo  no  Ocidente ; também muito maior ignorância  popular, mantida , deliberada pelas elites ( via decisão política que destina  a outros objetivos, como  pontes faraônicas , estádios, monumentos,  museus , verbas públicas que poderiam atender a saneamento básico  popular e educação pública de base).

         Nesse contexto,todavia, de manobras conciliadoras das oligarquias e elites , por cima de partidos e aparentes antagonismos, afirma-se  uma ampla frente neoliberal pró-Império  , até agora com êxito absoluto – todos ,de várias frações, desde Temer e Jucá, Lula e Dilma, soltos , impunes( em que pese a gravidade de acusações e prejuízos irrecuperáveis, podem aparecer dados novos no contexto) Todos se compondo, espertamente, em benefício próprio .

         De fato, foi da responsabilidade de tais líderes ,prejuízos de bilhões, através dos quais foram cometidos verdadeiros genocídios , em hospitais, presídios e outras instituições.

         De outro lado, povo confuso, dividido, aparentemente incapaz de reação, fora esporádicas e sem objetivos mais consequentes (casos das famosas massas nas ruas nas “jornadas de junho”, de 2013).  Isso enquanto as elites tentam liquidar a “lava-jato”, atacam Moro e outros, inventam fórmulas jurídicas para escaparem de acusações, utilizam a influência de seus ministros no STF e altos tribunais para livrá-los das acusações e punições.

         O julgamento do TSE , Gilmar Mendes à frente, , que culminou , mesmo  com robustas provas, em absolver Temer e Dilma de fraudes e corrupção cometidas nas eleições de 2014, é prova evidente do afirmado,  entre muitas outras.

 

          VARIÁVEIS –  POVO E FORÇAS MILITARES

 

   Imagem relacionada       O  possível dado novo estaria numa talvez adiante grandiosa intervenção de massas populares talvez nunca dantes vista no Brasil, pelo rápido amadurecimento de  setores populares  em relação ao que vem acontecendo  . Tantas mentiras, algumas evidentes ,  mais a crise geral , estão  gerando um amadurecimento  e consciência política e social rápidos e crescentes.

          Tal dependerá muito dos setores democráticos e das esquerdas , em especial em relação a Lula – se deixado à vontade ou não (como tem ficado até agora) pelas próprias esquerdas e por muitos representantes do Império  que sabem a óbvia verdade sobre ele  – um farsante, produzido pelo próprio Império, via Golbery, CIA, IADESIL e outras instituições.

 

            CRISE NO BRASIL E NO MUNDO

 

            Há sinais neste sentido , eis  que (1) a crise não tende a ser resolvida – ela é estrutural e não tem saída à direita, neoliberal, mesmo com algumas  concessões do Império a interesses locais ( a crise dele , dentro dos EUA , e nas relações internacionais  , o declínio e ascensão da China e recuperação da federação russa , os custos da imensa máquina militar americana , impedem maiores concessões do Império   – a não ser  que desencadeie  uma ou várias guerras mais ou menos localizadas e até nucleares limitadas) .

         Com esta guerra , o Império poderia gozar de maiores condições, mas não antes dela, quando Trump faz toda ginástica possível mas não consegue avançar os interesses dos EUA.(2) O aumento  da consciência popular , no Brasil, tende a ser rapidíssimo na medida em que o pelego amortecedor dos interesses populares –

     (1) Lula, seja desmascarado e perca as condições de exercer seu papel de ter um pé entre as oligarquias/Império e outro entre massas ignorantes  e esquerdas, enganadas ou corrompidas;

     (2) não haja real solução dos problemas econômicos,  apenas  pequenos equilíbrios e estabilizações da economia, desde  que camadas superiores e até médias e mais populares irão  recusar, a certa altura da crise ,  a pagar o ônus dos assaltos aos cofres públicos, isenções  , empréstimos subsidiados (tipos os do BNDES), feitos desde Collor a Lula e Temer (e que precisariam  serem investigados, com seriedade ).

 

    VI–A CRISE – LULA  X  BOLSONARO !?

 

          Lula X Bolsonaro , uma falsa equação ,como veremos adiante, apresentada como ideal para um ou outro ,  colocando em cheque milhões de pessoas, caso chegassem ao segundo turno .

          Chegaremos lá. Em resumo , crise geral continuada ; (3) as forças militares  não  desejem intervir, pelas razões analisadas em outros artigos(cf. neste blog) , ou seja, por conscientes que não resolverão os problemas  , fora com apoio popular, o que temem , pois não poderão discriminar entre direita e esquerda caso o procurem , e não poderão investir contra as esquerdas e centro-esquerdas, mesmo enfraquecidas,pois  inexistem motivos e  inventá-los ou fazer  provocações, será  perigoso e fator radicalizante  . Não vivemos  a década 60  .

                 LULA , A  FARSA

 

                Mais uma vez, Lula , cansativo analisar e reanalisar ,  mas …Importante continuar a avançar análises sobre ele porque continua colocado (ou se colocando , para tentar escapar da prisão , coagindo o Juiz Moro) no centro  do palco político , confundindo a muitos .

           Lula só não foi totalmente  desmoralizado e “liquidado” na sociedade  brasileira porque as elites oligárquicas, quer  dizer , os interesses do Império, programados por estrategistas competentes, ( ainda) não  o quiseram. De  fato, observe-se que há muitos  anos, bem antes deste  site  blog, diversas verdades  sobre Lula já tinham  sido expostas.

             Erundina , em 2008 :

        “Quem teve e tem o poder real nesses dois governos de Lula ? Os mesmos de antes . (…) “As forças  populares …nem foram chamadas paa  atuar como protagonistas nas decisões estratégicas .”(2008:8, in , id. III Seminário …”).

 

             Para Boito Jr. ,em 2003(veja-se bem – 2003!), o governo Lula não seria  continuação de FHC  –

 Resultado de imagem para circo brasileiro charge “O que ocorre é que o governo Lula amplia e dá nova dimensão ao que foi iniciado no segundo mandato de FCH .” Para este autor, Lula teria criado “uma ilusão de poder no mundo operário…um “novo populismo regressivo …”( in ib. ob. Cit.)

           Populismo que preferimos denominar “populismo neoliberal”, eis que financiado (provado) por   rentistas e multinacionais e grandes empresários  ,sendo Lula o grande e talvez primeiro tão prestigiado líder populista neoliberal mundial, um pelego neoliberal, bem diferente daqueles nacionais e de origem  pobre , da década sessenta, servindo à políticos brasileiros .

            Observe-se bem – Lula foi o candidato de  Bolsonaro contra Serra, no passado.(Admitido que o apoiou ,com seu grupo militar,  em programa  de  Mariana Godoy, entrevista ).  Hoje, é o candidato  favorito de Bolsonaro contra ele próprio,   em 2018. Por quê ?

             Quando se diz Bolsonaro, quer-se dizer – Forças Armadas,  ao menos em nossos  dias. Ou fração militar hoje nelas preponderante,ao menos.  Se por algum motivo Bolsonaro não for candidato será substituído por algum general,capaz de melhor unir  os militares e interesses a eles agregados, havendo a hipótese de um vice que  preencha esses  objetivos.

            Muitos dados indicam  – as eleições irão  enterrar em definitivo  Lula , pois difícil Bolsonaro perder sem jogar na cara dele o traidor nacional que ele é , o que não só liquidará Lula como as  “esquerdas” com ele alinhadas. Bolsonaro possui todas  as informações deste site (inúmeras, confira artigos ) e muito mais , com provas, dados etc. Não perderá sem  desancar e desmoralizar Lula de vez .

          De outra parte ,por hipótese . Os militares não admitirão  uma nova administração Lula não só porque sabem quem ele foi e é , ligado a interesses estrangeiros, enquanto em geral a  maioria das frações militares é de direita nacionalista , como porque também sabem o corrupto que é , além do mentiroso e  populista até indecoroso . Devem estar certos dos males e traições feitas ao país e não admiram traidores – execrados nos meios militares .

            Sabem  por certo tudo  o dito neste site e muito mais – como resultado das informações de seus serviços  secretos. E , se  décadas atrás, admitiram usar um Lula , em caso de  derrota para as “esquerdas “, o que  ocorreu, plano então vitorioso(que liquidou o Brasil, repita-se) ,hoje sabem que ele já é desnecessário e prejudicial – e que  ele foi um risco necessário(-para eles e Império), mas perigoso – basta ver o que ajudou a produzir no Brasil. Então,Lula tornou-se desnecessário e inadmissível, até porque já desvendado o segredo (traição ) que o envolvia.

               Podem massas burocráticas de funcionários lulopetistas e famílias, bem organizadas e pagas  e usadas mais milhões de ignorantes  garantir-lhe uma “xepa política”eleitoral , mas jamais voltará a liderar , de fato ,nada – vai ser ofendido, espancado, atacado, e só não o foi ainda porque afastado  de grupos inconfiáveis e tal  ser, no momento, inconveniente a seus opositores. “Lula” não tem futuro, em nenhuma hipótese. Caso diferente do PT , como analisamos, que pode continuar a servir ao Império, como outros partidos, jamais ao povo brasileiro porque não poderá  regenerar-se a esse ponto, pois  a corrupção e infiltração atingiram seu coração em toda parte (direções nacionais, estaduais,  muncipais,etc.).

            Então, por que quereriam os militares um  Lula  candidato a Presidente , como declarou Bolsonaro – e não  há razões para  supor ser mentira?   Porque  têm  elementos,dados, informações para  humilhar e  arrasar Lula numa campanha com choque  direto . Daí querer enfrentá-lo e , no atual momento, “estarem segurando a lingua” . Reservam suas  bombas verbais e denúncias para o  momento adequado . Se Lula chegar até lá esbarrará numa barreira  de concreto.

          E se , por hipótese, hipótese, ainda  conseguisse ganhar a eleição ,  coalhado e sujo da lama da corrupção e pecha de traidor nacional  –  provável os militares não  o deixariam assumir. Com grande probabilidade, haveria  intervenção militar. ( Em nome da Justiça /Sociedade desrespeitada  pelo  STF / Justiça ( corrompida)  .

           Mas, assinale-se , pouco provável porque  Lula  não chegará até lá . Só chegaria com uma unidade das diversas frações  neoliberais  locais ,face a grande pressão  e financiamento do Império . Neste  momento, ao menos, a situação brasileira (totalmente sob controle do Império do Capital ) não justifica isso. Além disso, o Império vive grande crise, como exposto . Então, Lula estará descartado ,  de uma maneira ou outra.

         E se , numa remota hipótese, superar tudo isso e tentar governar ?  Não conseguirá , seus antigos aliados não aceitarão mais sua meia liderança desmoralizada e condenada. Seria um caos do primeiro  dia ao último dia – e não demoraria a cair  . Lula  parece querer ser  candidato a deputado federal ou senador, pelo foro privilegiado , e para escapar da prisão , fazendo  um  acordo com as elites. O que não conseguiu fechar até hoje, talvez por veto militar .

           Só a intervenção salvadora direta quase e aberta do Império(com investimentos, ações,etc.) , e  pró-Lula,  mudaria tal quadro – insista-se . Pelas razões acima, e não ser necessário para  a sobrevivência de seus  interesses aqui, o Império não parece se achar com disposição e  em  ideais condições para isso – e  até deve considerar os riscos com um Lula velho, desmoralizado à direita e esquerda, evoluindo em meio a mentiras, desespero, claques e demagogia deslavadas – isto  é ,sem futuro até  a curto prazo, para  os interesses  dele – Império.

          A hipotética  eleição de  Lula só o desmoralizaria mais e ainda não conseguiria  administrar com mínima eficiência , se nessa  hipótese altamente improvável chegasse a vencer e  a assumir a  presidência .Não teria mais condições de assumir o centro de gravidade do bloco dominante  de  poder, embora pudesse fazer parte dele, como senador ou deputado federal.

 

    HIPÓTESES E VARIÁVEIS – FUTURO

 

 Resultado de imagem para circo brasileiro charge        Todo esse processo analisado em detalhes , que  poderá envolver variáveis, só colaborará para um aumento desordenado(fora de partidos organizados)  de consciência política  e  social , eis que  a big mídia, que  omitiu, enganou, falsificou dados (junto com instituições oficiais) ,durante anos,  sendo responsável direta pelo destrambelhado  Brasil atual , e já identificada (até pela confissão amalucada de um Trump também desesperado para sobreviver)agora,faca no pescoço e riscos  de desmoralização, vem denunciando  fatos  e realidades  quanto ao Brasil – alterou sua anterior posição de completa omissão  e falsificação de dados. Agora falsifica análises  sobre ele , eis que tem contra si , no pescoço , as facas aguçadas das redes  sociais, não só coalhadas de idiotas.

 

              O FATOR TRUMP E O IMPÉRIO

 

           Trump, Império, tem à frente questões mundiais mais importantes, caso de sua   possível tarefa de ser o  encarregado de desencadear a guerra nuclear( repetimos este ponto , antes analisado ).

            Ou ,  atenção ,muita atenção , vencer e conseguir o que quer, como ocorreu  no Brasil, através da dissuasão – isto é , uma alternativa negociada , de seu interesse , para não desencadear a guerra – para isso precisa  criar tensão, clima de guerra(substitutivo à guerra, meio de conseguir ganhos, via dissuasão , inclusive bancando o desregrado e tresloucado , como o faz Kim, o líder da Coréia do Norte, em tática semelhante)  , para obter vantagens necessárias a manter o poder americano mundial , em forte e evidente crise  ) .

           Nesse contexto, meter-se na enlameada política  brasileira  para  assegurar um Lula ou outros agentes ? E isso depois de tantas vitórias acachapantes por aqui,  o Brasil  de  joelhos , sob direção do próprio Império .  Improvável e desnecessário. Fora novos fatos. 

          Trump ataca  a big mídia mais democrática e  menos oligárquica . Esta , por  sua vez,   tem  tendido , paradoxal , até para sobreviver frente à concorrência desordenada das redes sociais /internet , obrigada a contar a verdade sobre a maior parte dos fatos (corrupção, manobras jurídicas, denúncias ,etc.),embora omita, distorça, confunda   a essência das análises, sempre distorcidas e amenizadas em suas conclusões , face a autocensura e , por certo, proibição de temas como imperialismo,exploração estrangeira, críticas aos EUA, defesa de Maduro/Venezuela, etc.(e aqui exemplificamos com a big mídia local, mas  dependente e integrada à  mundial ). Lembremos – Trump veio para retirar os EUA da crise à custa de outros países(mercados/matérias primas) por ação ou dissuasão. Brasil ? Se preciso.

               CONSCIÊNCIA POPULAR OU TERROR

 Resultado de imagem para circo brasileiro charge         Isso poderá  levar, e talvez já esteja levando, indireto , a uma situação absolutamente indesejada  pelo Império e oligarquias locais  a ele  aliadas –    uma explosão de consciência popular , a partir das classes  médias, como num jogo de  dominó .

                 A QUESTÃO LOCAL

          Vejamos : (1) a big mídia brasileira cartelizada ,meia dúzia de mandões ,  tem sido obrigada a  recorrer, pela complexidade da situação política, econômica e social ,  que torna  paspalhos e incompetentes  seus “analistas”, ou  pelo menos a maioria deles, a  “medalhões acadêmicos”, para poder fazer análises melhores em seus programas informativos de tv ou rádio .    (Estes , em geral ,cheios  de títulos  acadêmicos, livros escritos , formados por universidades americanas ). O objetivo é  para melhor analisarem e legitimarem  as análises,  do ponto de vista  do Império e via seus títulos acadêmicos –argumento de autoridade, que provado  o  povo gosta e tende a aceitar . s,etc.)

          (2) Estes acadêmicos , agora na TV , não mais em salas de aula ou ambientes fechados, por sua vez, ficam  expostos à toda a sociedade , aplausos mas xingamentos e críticas ,  se não avançarem suas análises no sentido da  realidade, percebida pelo povo,via redes sociais ,internet, etc. o que os coloca em risco de  acabarem  por  serem   desmoralizados, dentro  e fora do  meio acadêmico, dependendo  de suas análises (fundamentos) e mesmo face a discordâncias meramente partidárias(caso dos lulopetistas  que nem querem saber de argumentos e xingam e berram com quem deles discorda e  critica Lula .

 

              CONTRADIÇÕES  NA BIG MÍDIA

 

      Assim, consolida-se  nova situação quanto à   informação:

     (a) pelos fatos , que hoje  passam-se com grande rapidez,impulsionados pela instantânea  informação ;

     (b) pelas análises, hoje em dia , de anônimos feitas em  blogs e  sites ,redes sociais, etc. Quando os analistas  dessas redes de big midia, “acadêmicos do Império”,em geral,   pouco a pouco, dependendo das análises feitas, poderão   até serem ridicularizados , seja por internautas seja até por alunos seus, eis que a maioria deles professores, e ainda em  sites discordantes  ,  blogs políticos , movimentos, redes sociais,ruas ,  etc.

O que não é pouco nos tempos atuais quando professores universitários e outros  têm sido agredidos por alunos irritados, inconformados,  em diversos lugares do Brasil .Colocam  ao exporem  “a cara” na big mídia – com suas análises em  geral apoiando ou omitindo fatos  que possam prejudicar o Império e seus interesses locais, inclusive os da própria mídia em que colaboram – carreiras , posições, prestígio , etc. em risco.

          Ainda  mais porque as  posições do Império são hoje insustentáveis – usam omissões, sofismas,mentiras mesmo, distorções da História, etc. Ora, ou tais medalhões são independentes  e  podem atacá-lo ou não . Podem escapar da contradição numa entrevista  ou duas, não paras sempre.

        Essa “panela de pressão”social que atinge a informação, na sociedade de espetáculo ,   tende a aumentar a temperatura política. Brasil  , de outro lado ,crise  .

         Difícil,   a esta altura,  manobras protelatórias da Justiça ou Congresso , “conciliações  oligárquicas” sustarem  tal situação em  curso   e até caminhos delineados pelas próprias oligarquias, sob pressão popular(como o das  eleições de 2018,que escolheram e referendaram)  – assim,pois  para isso precisariam líderes,  estadistas , políticos de escol(o que não  têm , a essa altura, pois  a corrupção atingiu até os mais novos , lideranças emergentes, alguns ainda não identificados como  corruptos,  o que são ) .

         Além disso, precisariam de   um  grande êxito econômico da administração neoliberal, no caso a de Temer – e isso não às custas das massas populares,  de classe média ou pobres , que estão aumentando em  número dia a dia . E que tendem a descontrolar-se ao perderem meios de manter o status social e ainda poderem decair, tendo que abandonar sonhos de ascensão.

            Ora, não têm condições  para tal . O termômetro e índice de violência atual já estão bem  demonstrados  nas ações dos  torcedores brasileiros de futebol e nas suas ações violentas e até invasões em estádios de futebol(um indicio – Flamengo contra  Independente, no Maracanã, há dias.  Cf.  conflito TVGlobo,18-11-12-17). No caso estavam irritados  por causa de um jogo de futebol – imagine-se o que  pode acontecer quanto  a desemprego , fome, perda da casa própria, falta de condições para pagar o aluguel, ao assistirem uma das tiradas demagógicas de um corrupto condenado como Lula da Silva, solto e a circular livremente.

(Lula e sua demagogia .Não poderá fazê-la ,eternamente, entre pequenos grupos  de petistas ou com um  máximo de 5 mil pessoas , mais confiáveis , como tem feito . Cf. informação de Villa , M.A., historiador , O Globo,  12-12-17)

         Clamando pela prisão(legal) de Lula e apuração de muito mais crimes, o historiador acima analisa e indaga sobre a situação  de um  Lula condenado de novo e ainda   candidato :

                                 ”O que dirá desta vez o STF ?Qual o malabarismo que será adotado para justificar o injustificável ?  “(id.)

      E com razão cita os achincalhes, provocações, etc. de Lula da Silva contra Moro e a Justiça e o Ministério Público . Em qualquer país do mundo , e nessas condições, e fora do prazo legal, um candidato não faria o que Lula está fazendo. É fato.  Então ,  por que aqui se atura  isso ? Compromissos e elos secretos entre membros da Justiça e políticos , como Lula ? Possível, num país como esse.

           Sob pressão, Judiciário Politizado, dividido em grupos políticos, tem mostrado sua verdadeira face , desnudando-se eis que sob holofotes  da mídia , interligado com políticos e corrupção (como muito bem analisou , por sinal , Gabeira/OG  ) –e atestando a veracidade da afirmação desde blog – temos aqui um  Imagem relacionadaestado fracassado de exceção , implícito, informal, tentando mascarar-se de estado democrático de direito – com o STF à  frente e assumindo a direção do salão de beleza jurídico ,travestindo-se em responsável pelas maquilagens jurídicas necessárias para  manter a “governabilidade” .

            Isto  é, fora da cadeia ,  e no poder , o que  é necessário para que se atinja o primeiro objetivo, alguns  dos políticos mais importantes da atualidade. A começar por Lula/ Dilma  com 8  ministros indicados para  o STF. Claro que isso não é problema pois bem sabe-se  a ética de Lula ,auto-intitulado  o político mais honesto do Brasil , como atestado pelo ex-amigo dele Delcídio Amaral , da  mesma forma que por outro ex-amigo Palocci.

         O desenrolar desse quadro , com maior ou menor organização e controle, ou destrambelho ,  dependerá da habilidade , táticas , estratégia de lideranças à centro-esquerda e até de militares, surgindo talvez novas e  aglutinadoras lideranças.

        Os partidos tradicionais, cartoriais em boa parte, sem  serem capazes de empolgar e agitar (o que não é ,aliás ,desejado por suas lideranças) têm pouca capacidade de mobilização  . E não quererão levantar bandeiras  capazes de provocarem revoltas populares – afinal , todos neoliberais e , ao fundo, financiados pelo Império.

             O que resta  então, fora classes médias desorganizadas, militares e algumas  esquerdas –  além de massas movidas a dólares, claro,  que podem aparecer a qualquer momento ? O operariado parece anestesiado , de longo tempo, pelo lulismo  – vide a presença,tempos atrás , de um americano em reuniões e sobre caminhos de sindicatos, o ator Dany  Glover , apoiando Lula,  com cartazes em inglês  – e ao que se sabe sequer sendo agredido . Intervenção direta de estrangeiros na política brasileira, como fizeram, sem impedimento efetivo, década sessenta.

           Esse quadro antes descrito,sob vários ângulos,  só não está a  nível de  guerra civil declarada e evidente face ao trabalho de Lula e seus lulopetistas , durante décadas, que desordenaram ,  infiltraram , manipularam e corromperam as esquerdas e movimentos sociais. O que torna  hoje muito mais complexa, e exigindo tempo, sua reorganização.

            Não  existem  mais um Ulisses ou Tancredos  ou FHCs (daquela época, este foi virando à direita aos poucos, ao contrário de  Lula que já surge na extrema  direita até defendendo Hitler ) ou mesmo Lulas ( com a máscara daquela época , com toda sua falsidade, mas força, atrás de si , mascarado o Império, fingindo-se de socialista ) . Não  há hoje a  legitimação popular de ao menos alguns líderes, o que havia  décadas atrás( embora  alguns depois revelassem-se falsos líderes ).

             Mas, poderão surgir outros líderes populares , com certa rapidez, se  entendidas e expostas à sociedade as reais pedras do jogo , a  “verdade ainda que relativa “ da situação, as regras mínimas a serem mantidas entre aliados, um programa  claro e  objetivos a serem alcançados.  Isto inclui e pode vir de frações de   forças militares, querendo empolgar civis. Ou das esquerdas . Não se suponha que estariam forças militares hoje tão   dispostas  como a décadas em investir contra estudantes, pobres e a maior parte da sociedade ,caso de  1964, quando grande parte da tropa , tudo  indica, foi enganada por uma das frações militares(a de Golbery/serviços secretos/Império ) à frente, ligada aos  serviços secretos americanos.

 

              ELEIÇÕES E NÃO  À CONSTITUINTE

 

         A ausência de  discussão de uma Constituinte ,  o que vem acontecendo , origem nas  oligarquias e presos e atacados pela lava-jato , de um lado, favorece essas oligarquias, acalma o povo irritado e evita discussões que não lhe interessam, análises mais verdadeiras da situação política, discussão geral mais ordenada pela sociedade .Além disso,  ao colocar como candidatos seus representantes, no governo e na oposição, legitima-se  melhor o regime  e seus dirigentes  mais expostos  ao público.

            Mas, há um outro lado –  ao não haver Constituinte, nem perspectiva dela a curto prazo,  mas eleições  presidenciais e outras , com  Justiça incontrolável e duvidosa ; parlamentares corruptos candidatos , sob acusações, protegidos por essa Justiça ; Executivo completamente desmoralizado , quase a  zero nas pesquisas ; um Exército que mais ou  menos consciente da crise  em que está  o Brasil , parece  não desejar intervir , a seco,  (isto é, sem amplo apoio social, o que nada indica terá rápido, mesmo com o crescimento nas  pesquisas de  Bolsonaro , que  podem estar envolvendo  manipulações, assim como os índices eleitorais  de Lula), entre outros fatores já referidos.

 

                 VII-  E ENTÃO,  PARA ONDE VAMOS ?

 

      Imagem relacionada      Em primeiro lugar, não vamos porque já estamos – Província Braz$l . Digamos – e agora ?

       Há  variáveis que  podem intervir nesse processo e que não se pode exato avaliar – caso da situação real de organização e capacidade de lideranças, inclusive teórica,  de movimentos à  esquerda ; do mesmo modo a situação das várias frações militares, nível de consciência – repita-se –  líderes , coragem  e disposição – que terá que ser de estadistas. Então, ao não termos tais informações, diminuem as possibilidades de previsão política e levantamento de hipóteses.

          Trata-se  , de qualquer modo ,de situação passível de fuga ao controle das “elites”, sendo que ampla intervenção de massas revoltadas ou  de frações militares mudarão  , qualitativamente , a conjuntura e  perspectivas.  Ou seja, talvez agravando a guerra civil que hoje vivemos, com mortes desordenadas e cada vez em número maior , ainda de baixo impacto, mas a outro nível .  Nessa situação, duas variáveis poderão atuar, como visto  

(1) forças populares à esquerda, mesmo que pequenas, mas com capacidade de multiplicação  e mobilização rápida , sem tornarem-se vulneráveis pela infiltração policial e corrupção ;

 (2) intervenção na sociedade em geral,mobilizada por redes  sociais e mídia , buscando apoio popular ,  de alguma fração política  militar, com liderança decidida e capaz de lançar um programa popular.

  A terceira (3)seria a intervenção mais direta do Império , via seus agentes, de forma indireta mais clara ( recursos, opiniões, provocações, etc.) ,ou com presença  direta (muito  improvável)  o que  também determinaria mudança qualitativa e poderia  gerar , em  sentido contrário , reações múltiplas e nacionalistas  pouco previsíveis, num contexto de grave crise  econômica, sem  solução real aparente . (Apenas administração eficiente da crise, o que já vem  acontecendo , com auxílio dos próprios credores internacionais, não interessados numa  explosão social no Brasil, o que os prejudicaria).

 

             PALIATIVOS E ADIAMENTOS

 

           Medidas paliativas, como a suspensão do aumento do IPTU do Rio, por medida judicial ; ou , idem  , via STF,  proibição de aumento salarial dos servidores públicos; adiamento da votação da reforma da previdência ; soltura de diferentes líderes políticos e amenização  da situação de outros, agredindo a legislação,  por ministros do  STF e juízes de outras  instâncias   ; isenções de pagamentos  ;distribuição de recursos , via Justiça ou outros meios   a setores populares, com concessões  ; etc., o que Temer vem fazendo , seguidamente,   – poderão amenizar a crise, a curtíssimo   prazo, o que está  ocorrendo .

          Mas,  irão  agravá-la  a médio prazo , em seguida – inclusive multiplicando-se a dívida pública , com um deficit de 169 bilhões (o declarado) anual, até agora – e com escolas e hospitais fechados, policiais sem  pagamento, falta  de professores,  funcionários em greve, com  salários não pagos e assim  por diante.

          Na situação social já crítica , em  especial em estados como  o Rio, o caos geral poderá  ocorrer em semanas ou meses , com revoltas populares de monta, no quadro citado,dependendo das variáveis apontadas – e o recurso às forças militares só agravará a crise  e a levará a dimensões e perspectivas incontroláveis . Lideranças militares ou populares , de esquerda e democráticas, darão as cartas e definirão a conjuntura ,  a curto prazo. As variáveis, que poderão vir de  circunstâncias internas de cada uma dessas forças sociais , podem mudar ou definir o quadro político num ou outro sentido.

 

                HIPÓTESES VIÁVEIS OU ABSURDAS?

 

         Óbvio , tratam-se de hipóteses lógicas, como vemos. Elas terão respaldo na realidade ou exageramos ?

   Resultado de imagem para circo brasileiro charge      O regime  político e sistema econômico, a estrutura jurídico-política aguentarão tais “passagens”, transições,   inclusive eleição de  um futuro presidente- por hipótese –  nessas condições ? Isto é,  eleito numa sociedade dividida, eleições em que sequer  sabemos se  haverá fraude eleitoral, via duvidosas urnas (cf. artigos anteriores) , sob controle  ,de novo , de um Toffoli, amigo de lulopetistas e pouco antes um deles, agora futuro presidente do STF(?!) .

           O regime, apoiado em corrupção ,impunidade e autoritarismo aguentará essa passagem e sobreviverá apenas mediante pequenas  reformas feitas pouco a pouco ? E  isto acompanhadas de medidas econômicas que atingirão justo o povo já em crise e uma classe média sempre objeto de  exploração, eis  que sem o poder social e político das elites  oligárquicas ?( pequenos comerciantes, profissionais liberais, promotores de serviços,  militares e policiais de baixa patente ,etc.)

         Assinalamos, antes, alguns fatores /setores capazes de  pesarem na  crise atual (economia, intervenção militar, ação das esquerdas, etc. ; não das  “esquerdas” lulistas que só deverão acompanhar tais movimentos a reboque , sem condições de liderança ) .Poderão haver  ações de alguns democratas do PSDB, PT , PSOL, PCB , PSB, mais à  centro-esquerda  – frações desses  partidos,  não eles como um todo , unidos  à esquerda de fato .

       Só haverá um caminho político com apoio mais ou menos comum  – democracia mais viva , não apenas liberal ; Constituinte ; diversos plebiscitos ; etc.

         A  alternativa ao exposto , regime  terrorista, ao fundo ,  sob que disfarce for, não resistirá  , na atual  situação (forças militares à frente ) contra a maioria  da sociedade em crise e revoltada. O que significaria , se prevalecer tal posição ou fração militar ,  ou mesmo a própria instituição militar unida (o que será difícil ,no quadro descrito) , havendo mudanças efetivas caso da suspensão do pagamento da dívida pública  e  intervenção em algumas empresas de importância nacional crucial – intervenção militar estrangeira  ,com  mudança qualitativa da situação e outro quadro de guerra civil ou secessão – fora de  controle e de previsão , no  momento.

        Nessa situação, difícil o Império, na situação de crise em que se encontra (já referida) , conseguir manter estabilidade, controle social , etc.por aqui  – e a um nível de exploração ordenada que lhe seja conveniente. Assim,prevalecerá, de uma forma ou de outra (através de  prepostos ou diretamente), fora a hipótese das forças militares liderarem um movimento popular, a não intervenção estrangeira .

         Mesmo com medidas  as mais “inovadoras” à direita ,como cassinos, privatizações do que resta de nacional , mudança de regime político (voto distrital , semi-presidencialismo, parlamentarismo,etc.) , grandes empréstimos e venda de terras , etc. – difícil alterar a estrutura  econômica, estabilizar o país , dar condições  sociais mínimas  a quase 70 por cento da população – que não a possuem.

          Parece tarde para soluções gradativas , “democráticas”,via urnas eletrônicas (?!) inconfiáveis. As  oligarquias locais e seus mentores imperiais levaram  a exploração e integração ao  sistema imperial longe demais – com atentados demais  à soberania popular e dignidade  do povo brasileiro.  Não dá para prosseguir, gradativa e lentamente, por  esse caminho.

 

           VIII- CONCLUSÃO E OUTRAS  PERSPECTIVAS

 

   Resultado de imagem para circo brasileiro charge        João Domingos, no ESP (16-12-17), fala em “País da desesperança” , mais de 52,2 milhões de  pobres, quer dizer uma farsa a propaganda  lulista, e indaga sobre  a explicação”política da grande aceitação da candidatura de Lula”, no Norte e Nordeste , o que acima analisamos.O analista está bem esclarecido –

         “Porque foram  os governos de Lula e de Dilma Rousseff  que  cooptaram os movimentos sociais e sindicais, como o MST , a CUT, a UNE e outros.  Com isso, os movimentos deixaram as ruas e foram fazer a luta política nos gabinetes “.

           Flávio Tavares fala em “horror” e explica que no “submarino estamos todos”,referindo-se ao submarino argentino que afundou recente,   matando dezenas de pessoas. E menciona ,hoje, uma violência não externa , mas “interna e  extensiva “, no que  está certo, com o novo tipo de atuação do Império do Capital, aspecto já analisado neste blog e bem assinalado por Ellen Wood(“Império do Capital”).

             E Tavares resume o Brasil  –

   “Do  assalto de rua (com ou sem tiros) à corrupção que domina o poder no conluio entre políticos e grandes empresas ,aturamos viver num mundo drogado, subornados pela mentira,sem reagir”.

              E toca em interessante prova e resumo da situação que se vive no Brasil :

   “O novo chefe da Polícia Federal, já ao tomar posse, se atreveu a dizer que “uma única mala”com meio milhão de reais, carregada por um assessor do presidente Michel Temer, não é motivo para denúncia por  corrupção , e apenas rimos do absurdo…”

               Ao final, conclui – “Os inimigos hoje são o crime, a droga, o narcotráfico, que não têm pátria.”(16-12-17).

               Ora, o inimigo,  a droga…o narcotráfico… Inimigos imediatos .Sim, mas …Sem discutir, eles são produto  de certo tipo de sociedade , e o drama da sociedade brasileira não vem daí – vem do velho inimigo, ações mediatas, escondido, que se intitulava “O Grande Irmão”, o velho Império que tem mais de 850 bases militares pelo  mundo , e que derrubou o governo brasileiro, em 1964.

As intenções, atos, pretensões dele, como cansamos de citar neste site, estão nas normas do CSN, dos EUA, que Chomsky  bem analisou(“Como entender o poder”)- os EUA não admitem competidores, industrialização , soberania ou independência. Só colônias ou províncias ou protetorados. O que  o Brasil se tornou.

              Safatle vê no Brasil uma

     …“democracia de fachada …puída e degradada “ .Coloca “governo”Temer  entre aspas, fala que “estamos em uma forma de guerra civil de baixo impacto”, “guerra civil não declarada” (FSP, 16-12-17).

 

              Villa fala que o país poderá entrar num…

          …“caminho sem volta. O imprevisível  vai  tomar conta do país  .E nenhuma alternativa política poderá ser descartada”.(OG, 12-12-17).

            Refere-se a Lula  não ser preso, embora condenado em segunda instância.

            Lamounier diz que no Brasil –

…“não há como criar instituições sérias “.  (…) Nossa renda anual por habitante é inferior à de Portugal ou à da Grécia .
Provavelmente, vamos levar 20 anos ou  mais para atingir o nível de renda per capita desses dois países e nesse período dificilmente reduziremos nossas desigualdades ao nível da deles. “
              “…somos mais de 200 milhões ,a maioria com índices educacionais de quinto mundo …” “o cenário que se está esboçando à nossa frente é o de um país fadado à desordem, à violência, quem sabe até a inviabilidade como entidade nacional “

.

              Lamounier, experiente e nada de marxista ou socialista, conclui  que “ a  democracia brasileira  tem de pegar no tranco . Senão o que nos espera não é para almas frágeis “.(ESP, 16-12-17).

                “Tranco”,o que quer dizer  ? O resto dá para entender.  De qualquer maneira, não visualiza futuro algum seguro  nem levanta outras hipóteses claras .Chama o regime, desde 2002, com certa razão,  de “cleptopopulismo” (eleição de Lula ,primeira).

                  Clovis Rossi, FSP ,( 16-12-17 ) intitula  seu artigo “Ricos do Brasil,o seu candidato só pode ser o velho amigo Luiz Inácio” e explica por que.

              

 “Natural: Lula, vendido como “pai dos pobres”, não tocou em um só fio de cabelo das elites brasileiras.

Consequência inescapável: segundo a Síntese de Indicadores Sociais que o IBGE acaba de divulgar, a renda do 1% dos domicílios mais ricos é 38,4 vezes superior à dos lares dos 50% mais pobres.

Se a situação social já era obscena com Lula/Dilma, ficou pior com Temer: em 2016, havia 24,8 milhões de brasileiros em situação de miséria (renda de até 1/4 do salário mínimo), crescimento de 53% em relação a 2014.”

                 E continua o jornalista, desconfiado dos dados da administração Lula/Dilma:

” Desconfio até que esse dado não captura a realidade: no sítio do Ministério de Desenvolvimento Social ainda no último ano completo do governo Dilma (2015), estavam cadastradas 52 milhões de pessoas com renda de até R$ 154. Como o salário mínimo era de R$ 788, tem-se que a porcentagem de miseráveis superava largamente o número agora difundido pelo IBGE.”

               E vai adiante , tentando entender o nível de pobreza dos brasileiros, que vem sendo manipulado há algum tempo:

            “Se você quiser um pouco mais de tragédia, o IBGE acrescenta que 64,9% da população brasileira vive em situação de “pobreza multidimensonal”, a que leva em conta, além da renda, outras características, como educação e saneamento.

          Tudo somado, tem-se que os 14 anos e pico de Lula/Dilma legaram uma tremenda obscenidade social, ainda por cima agravada por Temer, com o devido desconto para o fato de que o atual presidente pegou o país embicado no tobogã para baixo.”

              O Gran Circo Braz$l mostra até  face burocrática, de dados manipulados , fraudes, horror também, em que se confundem dados sobre a miséria dos brasileiros, o que leva o circo a todo o território nacional .           

Eis aí um resumo do pensamento  de alguns diferentes acadêmicos  e jornalistas conhecidos, escrevendo em jornais diários . Estão corretos,  não há o que negar na  análise deles. E não se pode falar em esquerdismo , ou catastrofismo(do qual,   aliás,   se defende Lamounier) , ou esquerdismo ou marxismo,  em nenhum deles.  Muito menos dos órgãos da big mídia,  nos quais  escrevem.

             O  que significa  que  nossas análises, embora não iguais nos métodos nem na conclusão,  encontram respaldo , em vários aspectos, em outras mentes , bem informadas- e, ainda,  encontram-se análises que reconhecem verdades e fatos comprovados , no  sentido daquelas de blogs e sites, na big mídia nacional. O  que confirma,também,  ao menos  em parte , o antes analisado. Não se encontram mais tão afastados, como em outros  tempos, os da big mídia e os do “mundo ignorante da internet”.

Agora a big mídia  vai sendo progressivamente  acossada tanto quanto a fatos quanto  a análises –  pelas publicações via internet. Há um acompanhamento que não a deixa abrir espaço seja para grandes omissões ou análises distorcidas – como aconteceu até poucos anos atrás ,de forma vergonhosa. Porque as distorções e tudo aqui assinalado não vem de ontem ou de poucas semanas, mas de anos , como este site tem tentado demonstrar .

              Isto é , está havendo um amadurecimento muito rápido ,  político, desordenado , da  consciência popular . Exato o  oposto pretendido pelas elites oligárquicas, que tudo fizeram e  ainda fazem , há décadas , para impedi-lo daí o êxito da construção  de  “Lula”,  e outros , produto da “sociedade do espetáculo” e do  controle da big  mídia, entre outros  fatores.

             O analisado, que hoje ocorre no Brasil, catástrofe quase anunciada ,  mostra-se  resultado  de décadas, séculos , de conciliações espúrias, adiamentos, alianças com estrangeiros, imperialismos , traição das oligarquias/Império  ao povo brasileiro , a  última significativa em 1964 e anos seguintes, inclusive quando da Constituinte, em que prevaleceu o jogo (corrompido) delas (Dreifuss, R.A., “O jogo da direita”).

            Mas, como  não  há nem democracia,  nem  partidos democráticos  , dentro do regime político atual , nem mesmo  escolas ou universidades ou sociedade civil com respeito à dignidade humana de cada brasileiro  –  para  onde tende  a ser canalizada tal  desordenada consciência política  ?

             A depredação , por milhares de pessoas, de estádios de  futebol, as queimas de ônibus constantes em vários lugares do Brasil  , os arrastões , os assaltos em toda parte por grandes grupos de  pessoas  dão  indicações e confirmações.

              Tudo ocorre num estado fracassado de exceção desmoralizado –  em que certos fatos  que vêm ocorrendo parecem apontar rumos , tendências e riscos para toda a sociedade .

             Mais desinformação e contrainformação para interromper tal processo , confundir, elaborar falsas narrativas e confiar que, com o auxílio do Império, será possível torná-las aceitas pela  sociedade em conjunto?

             Aonde isso nos levará , em que  momento tal rota terá que ser mudada ? Ainda não é hora ? Parece até tarde demais.

            Terror generalizado , novamente ? A inviabilidade é tal que até as forças militares parecem evitar intervenção direta e não bem legitimada , até  não desejando intervenções . Claro, melhor que  a sociedade resolva seus problemas sem precisar  recorrer a elas.

              E isso quando  até já teria passado o  momento delas intervirem, tal o caos nacional e a interpretação  (sempre, tortuosa , por esse STF atual) da Constituição e do tal (dúbio) art. 142, aspecto já analisado neste blog.(cf. arts. anteriores).

 

             ESTRANGEIROS  JÁ TOMARAM TERRITÓRIOS?!

 

       Imagem relacionada      Parece que sim.  Tomemos um outro ângulo  que apresenta questão grave  e de  imediata necessidade de reflexão. Afinal, com  tantas informações via internet(veja até neste site)e de militares  brasileiros – já há militares estrangeiros instalados dentro de nossas fronteiras, rompida a soberania nacional e a independência, há muito ?

Isto, se verdade,  é grave e coloca alguns presidentes brasileiros na posição de participantes de verdadeira traição nacional. Porque não consta que tal  tenha sido autorizado pelo Congresso nem seja do conhecimento do povo brasileiro – e parece vir  de longa data.

             Nossas forças militares, aliás, em  sentido contrário, pareceram apelar à sociedade quando Villas Boas, Ministro do  Exército(TV Globo),  mencionou milhares de Ongs estrangeiras na Amazônia (falou em mais de 250 mil) , presença de estrangeiros , etc. Falou em programa da TV Globo, grande visibilidade, em entrevista  a Bial – repercussão quase zero. Mas, os militares e  o Ministro do Exército  não fariam isso por casualidade. Falou verdades, evidentes, e muito graves , das quais não se pode duvidar , por sua responsabilidade perante seus companheiros de farda e o povo brasileiro.

             Verdades e  graves- repita-se –  solenemente ignoradas pelo Executivo,Legislativo, Judiciário e sociedade em geral, inclusive esquerdas e oposições. Ora, tal significa , ao que falou , comedidamente, a  tomada já do território nacional por  interesses estrangeiros. Veja-se na internet vídeos a respeito, inclusive com militares de alta patente fazendo declarações,  além de sertanistas respeitados , estes sobre as áreas dos índios ianomanis. Em vista da conhecida corrupção de nossas  elites, o que não poderia ter acontecido quando da presença e  negociações a respeito (por certo secretas ) da presença de tropas estrangeiras em território nacional ?(Aliás, outro caso recentemente denunciado ).

              Mais um dado – por casualidade, travamos contato com ex-soldado do Exército, Vila  Militar, 1998 , que esteve na Amazônia  para  treinamento na selva , levado para lá desde o Rio. O que guardou de lembranças de lá – indagamos  ?

            Como um coronel, em vídeo na internet , respondeu  que , em especial,  a presença de dezenas, talvez centenas  de soldados americanos, fardados, bandeiras dos EUA  armados, instalados em enorme área a perder de vista,no coração da Amazônia.  de longe vendo-se atividades econômicas e produtivas , áreas fechadas em que brasileiros não podiam entrar.

Os soldados teriam indagado  de seus tenentes e oficiais a respeito, tendo recebido como resposta que tratava-se  do exército americano, que teria “comprado aquelas áreas “ e que não  deixavam brasileiros ali entrarem . E que, como os soldados, daquilo também discordavam mas  nada podiam fazer. Tal teria sido afirmado , inclusive, por um coronel.

             Não há razões para duvidar de tantos vídeos, colocados  como advertência por gente séria e da palavra de um simples ex-soldado , em conversa informal. Tudo isso confirma não só a situação do Brasil, que tenta-se mostrar neste site, como um ou vários  casos  de traição nacional de  governantes brasileiros.  

Eis que o descrito acima seria coisa antiga – desde por volta de 1997-1998 ,  ou antes, e nada consta  que tal tenha sido  discutido seja pelo Congresso Nacional ou pela Nação  ou pela big mídia aqui tão pomposa.

O que tal significaria? “Venderam ” a Nação sem  aprovação, consentimento, plebiscito,  nada ? Admitiram a presença de tropas estrangeiras ?

            O  que justificaria  a exatidão da designação do Brasil como  Província,   neste  site,  e de traição perpetrada à direita e esquerda ao menos de lá para cá, desde 1964 . A secessão do país está em marcha, além de tudo o antes mencionado – sob direção estrangeira.

             O projeto estrangeiro que levou à contrarevolução de 1964 e depois à consolidação dos objetivos pretendidos com a Constituição de 1988 e daí em diante um conjunto de desinformações e contrainformações que chegaram a produzir  uma farsa à esquerda, como  Lula da Silva , que de dentro delas as  têm destruído, fecha um quadro terrífico de domínio nacional,muito bem planejado. Tudo isso,da forma como se assiste, não pode ser tratado como “casualidades “.

             Está-se consolidando a província , com perspectiva  de secessão em andamento, tratando-se de quadro que por certo foi do conhecimento de todos os ex-presidentes,  “comandantes das forças militares ”(?), os maiores  responsáveis  por  isso .(**)

             Uma questão talvez vinda de antes mesmo de FHC e todos presidentes  daí em diante que, acoelhados , nada discutiram , não chamaram à Nação à discussão, não reagiram , não devem ter acolhido até  apelos (talvez) militares. (Estes , então,  enfraquecidos pelo papel desempenhado durante  o regime militar , e negociando , politicamente, talvez buscando , primeiro, auto-anistiarem-se) .

            Absurdo ? Não , num país como este/o acima. Modesto Carvalhosa, jurista, do alto de seus cabelos brancos e experiência  , assinala ,com razão : “Não existe democracia no Brasil, mas uma cleptocracia . Somos governados por ladrões.Governos de ladrões cleptocráticos .Trinta crianças morrem antes dos cinco anos,  no Brasil, por causa da corrupção” .(Globonews, 20-12-17).

            Repete Gilmar Mendes, do STF , anos antes, administração Dilma. Se trata-se de tal, por que ladrões  – que estariam nas administrações brasileiras desde muito antes (Cf. “Autoritarismo e Impunidade”,de  Paulo Napoleão ) ,pessoas evidente sem caráter ,não iriam negociar interesses do Estado por alguma propina ? Tantas últimas denúncias comprovam que a resposta sim é a mais adequada.

TEMER VAI DESMENTIR ? O POVO BRASILEIRO AGUARDA 

   [ Se nada disso é verdade, e nunca houve nem há tropa estrangeira alguma, muito menos americana , na Amazônia,  que se desminta.Da mesma forma que a exploração ilegal de recursos nacionais por estrangeiros , ou o risco disso , sendo mentira/alarmismo do sertanista Villas Boas, de diversos militares de alta patente(internet e livros e documentos), e agora de Bolsonaro , que seria um alarmista radical, embora militar (fez alerta sobre o  perigo/e/ou a consolidação de uma perda de soberania/território nacional  em curso) . Que isso seja logo desmentido.
 O silêncio significará admissão, desde que as palavras de Bolsonaro foram publicadas em grandes jornais, embora sem destaque para a importância. Ainda que as Redes Globo e Band, ao que consta, até agora, tenham ignorado os fatos . 

 

               Que venha o Presidente da República,  título pomposo de Temer , de público, desmentir , eis que ele  Comandante em Chefe, teórico ao menos, das Forças Armadas, nessa democracia destrambelhada relativa . Porque poderá ser alegado pelos  militares, ontem como hoje, uma questão hierárquica –  terem sido proibidos pelos presidentes de contarem a verdade . Estariam levando-a, pois , aos poucos,  direto ao povo brasileiro .
 Pergunta   – por que a big mídia, tão poderosa, não fez ou faz amplo esclarecimento, reportagens, etc. sobre o referido ?  Pergunta 2 – será porque está controlada por verbas de multinacionais e capital financeiro, em outras palavras, pelo próprio Império, até agora não interessado nisso ? ]

            “Ordem e progresso” ?!

            Refletir sobre as duas palavras e o Brasil atual .  E lembrar a   Independência , República, 1930,1964 , 1986/1988 , a trilha neoliberal de Sarney a  Temer/2017, passando pelo falso esquerdista Lula . Quais as constantes ? Oligarquias traidoras e Império aliados . E o poder hegemônico , sempre com  quem ?

             O  Império do  Capital.

    Imagem relacionada         Há que refletir, sobre tudo isso . Certeza, só com os fatos consumados. Mas, quando há, é tarde demais para mudar a situação. O raciocínio de Bolsonaro , lembrando as Malvinas, é lógico. E a Amazônia vale mil Ilhas Malvinas. Há que prever, levantar hipóteses. No caso, parece haver fatos (há muito tempo)consumados. De  Brasil a Braz$l, pouco a pouco, consolidando-se uma situação.

             E indagar sobre a existência de algum projeto de Nação ou programa político ou …  oriundo de todos esses “presidentes”  ou “Oposições “, que parece administraram , mas jamais governaram o país.

              Se é que já não é tarde demais, quando o projeto deveria ser outro, como parecem  considerar ao menos alguns brasileiros . Ou muitos. Refletir sobre  tudo isso, inclusive detalhes e repetições.  Não é fácil chegar a uma síntese em meio a tantas mentiras, narrativas falsas, distorções da História, desinformações, contrainformações.

               E isso durante  décadas. Ou séculos ! ?(*)

 

 

_________________________________________________________________

(*)Original não revisado,  o que não impede entendimento.

(**)As afirmações de Bolsonaro são graves e colocam em foco sua já duvidosa posição de patriota e nacionalista ,em especial ao voltar dos EUA . Análise será feita adiante .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.