Urnas Brasileiras Fraudadas ?!

nov 15, 2017 by

Urnas Brasileiras Fraudadas ?!

URNAS BRASILEIRAS FRAUDADAS ?!

  *Urnas Brasileiras – Segundo testes como os abaixo, não há grande dúvida. A não ser que se confie naquele ministro lulista do STF, Toffoli, que foi o grande guardião dessas urnas nas últimas eleições. E no ministro  que o será nas próximas. Aliás, a Justiça Eleitoral brasileira é um absurdo, caso único, desde que os próprios partidos políticos deveriam tratar da operação eleitoral . Ela , num processo que deveria ser democrático e contraditório, julga recursos – contra ela mesma . Absurdo igual a um Presidente indicar Ministros do STF e , via Ministro da Justiça, Diretor da Polícia Federal, que, um dia , poderá investigá-lo, acusá-lo ou julgá-lo. Só no Braz$l. Consultar eminentes constitucionalistas como José Afonso da Silva (“Sistema Constitucional Brasileiro”), entre outros.* 

 

Apresentação 

                                   INVESTIGAR ESSAS URNAS – URGENTE !

  Porque serão ,  um dia , quando cessar o “abafa geral”, mais um escândalo mundial. Basta ver as origens delas  e ler-se o comedido artigo abaixo. Óbvio que os dirigentes do Braz$l Absurdo, inclusive o STF , grande responsável,  quer  evitar mais um escândalo internacional . Já são tantos que não faz grande diferença . Brasil – vergonha mundial.

Sim ,tudo indica, fraudadas, a não ser que se confie – e sem razões como vemos à nossa volta – não nelas , facilmente adulteradas, em duas horas , por simples rapazes , sem qualquer estrutura do Estado para ajudá- los – mas naqueles “capas-pretas”da Justiça brasileira ,  dos tribunais brasileiros , atualmente submetidos a todo tipo de acusações – não investigadas .( Cf.neste blog ) .

Quem , ainda que eventualmente,  dê aquela famosa “olhada” neste blog/site , sabe que , de longa data, aqui tem-se duvidado das tais famosas “urnas eletrônicas”, usadas desde 1982, no Brasil . Foram introduzidas por militares, ligados a Golbery , em 1982, no Rio de Janeiro, quando Leonel Brizola, vindo do exílio, era candidato a governador . Verificou-se uma enorme fraude , chamada “Proconsult”, nome da empresa responsável, que , denunciada, anulou parte dos votos, numa bagunça e “acordão   final”  – uma daquelas “conciliações”brasileiras vergonhosas , cf. neste site – que salvou a eleição de Brizola, já antes fraudada, mas manipulou votos de cá para lá, para deputados, o resto tendo sido  abafado, como sempre – afinal, chegava assim  a  “Nova República”, a “democracia”, etc.

Nunca ficam provas das ” conspirações” , feitas mesmo para confundir, enganar , jamais serem completamente desnudadas. Nas daqui, Brasil, piráveis  ficaram rastros,  pela enorme incompetência dos autores , nesse caso (há nomes , pesquise), e outros também  (como a bomba do Riocentro, entre outras)  – mas tudo sempre abafado pelo velho estado de exceção brasileiro,  travestido de estado democrático , sua Justiça,via interpretações judiciais e policiais, arquivamentos, etc. Se hoje ele funciona com a desenvoltura exibida, em todos os níveis, imagine-se em 1982, logo no recúo tático do regime militarista,com Golbery e a velha guarda pretoriana americana em plena ação – montando ardis, “Cavalos de Tróia” para o futuro , etc.

           URNA ELETRÔNICA – ARDIL ANTIPOPULAR ,

            HERANÇA DO “GOLPE  1964/GOLBERY/CIA”?

              Entendemos  que  as “urnas eletrônicas”  foram   um desses ardis  , deixados para desmontarem  os interesses populares brasileiros de vez- [outros – intervenções no PT e PC do B, à esquerda; retirada do PTB , sigla , de Brizola ; massacres da esquerda em geral , frios assassinatos e torturas ; ajeite de “cachorros” para atuarem dentro das esquerdas pós-democracia (infiltrados) ; organização do “presidencialismo”existente, absurdo, de “coalizão”; financiamentos eleitorais por multinacionais; caixa 2 acobertada  ; indicação de ministros de altos tribunais, sem controle popular  efetivo ; entre muitas outras “bombas” armadas para o futuro, e que funcionaram – destruindo o Brasil ] . O que não quer dizer que teriam sido mmanipuladas em todas as eleições – evidente que apenas em algumas, de interesse especial das oligarquias dominantes locais e aliados estrangeiros) .

      Tudo isso , de fato , típica tarefa dos serviços secretos e estrategistas militares(”puxados” por estrangeiros, antinacionais , antipopulares, antidemocráticos, interesses diferentes dos nossos ), que os angustiados democratas e esquerdistas daqui sequer perceberam – e hoje pagam o preço da ingenuidade. Embora muitos nem tanto . ( Estes fizeram, no poder,  uma “festa” com cargos, “boquinhas”, viagens ao exterior visitando museus em Cuba, Paris,etc.

Afinal, depois de tanto sofrimento , como entāo era bom , delicioso para alguns  , ser de “esquerda”! Palácios, mandatos, cargos, viagens. Dinheiro a rodo .Além de tudo, propinas! ) . De fato, auxiliaram a transição democrática golberyana /americana, beneficiados por ela . Golbery sabia da im portância da corrupção/cooptação/fisiologismo , nesse processo, e bem as usou. 

Em resumo – após 1982, mesmo denunciadas e comprometidas suas origens, o poder imperial, via prepostos locais, espertamente, insistiu nelas, “urnas eletrônicas” – e , de forma “oleosa”, meio mascarada,mas de certo modo impondo-as mesmo , com garantias, palavras  de ministros togados(?!) (STF)(que, hoje, sabe-se a confiança que merecem) , aos poucos, combinando convencimento com ameaças ,etc. – afinal, no futuro,emes  poderiam julgar os políticos que discordassem mesmo do uso delas , não é ?

Muitas denúncias – sempre abafadas – e de especialistas, doutores. A big mídia oligopolizada e controlada – ignorou-as . Chegamos a afirmar que a crise pós-reeleição de Dilma poderia ter origem aí – Dilma, de fato, perdera as eleições, para um Aécio então com boa presença, conceito, neto de Tancredo, uma esperança nova,  simpático, agressivo na medida , na época. E Aécio, tucanos e elites teriam sabido  disso – mas não podiam reclamar : porque todos envolvidos em acordos de bastidores,  recursos ,caixa 2 , envolvendo  todos os líderes principais  – então, hipóteses, desde o “mensalão” viáveis – e prováveis.(Antes, talvez, acerto entre elites na queda de votos de Marina, eis que Aécio era o preferido do PT , então , contra Dilma. – Marina assustava) .

A DENÚNCIA DO DELEGADO PERSEGUIDO 

Agora, recente, divulgamos o vídeo de Protógenes Queiroz, o delegado que denunciou banqueiros e autoridades e acabou ele próprio condenado – e no exílio. Ele confirma fraudes , em eleições, mesmo na situação em que se encontra,  e denuncia as urnas eletrônicas, mostrando que provadamente fraudadas (pois, nem assim, divulgado na Rede TV, isso mereceu atenção).Foi  perseguido, injustamente, segundo afirmou , o que é  provável, neste Braz$l que conhecemos , o Império e prepostos locais, oligarquias corrompidas , mandando e desmandando. (Cf. vídeo na aba deste blog).

Antes, houve muitas outras análises de especialistas sobre essas urnas . Mas, este simples blog não é Rede Globo nem Fantástico – repercussão nenhuma. E tudo foi adiante.(Obs.-sem sentido o delegado citado inventar uma mentira desse tipo. Verdade , muito, muito provável, tudo que narrou sobre eleiçóes no Braz$l  . E ele mostrou  provas – ignoradas pela Justiça, a mesma que ignorou as que mostraram  fraudes na eleição(2014)de Dilma/Temer, no TSE , ambos então unidos para sobreviverem ).

Vemos, entretanto, que outros pensam como nós, embora também sem força nem poder, fora o da verdade dos fatos – essas urnas eletrônicas foram levadas a um “Congresso de  hackers”, veja abaixo, e testadas – zero segurança , foram  todas , e logo , rápido violadas, e os testes/gráficos do TSE considerados – sem utilidade .( Cf.adiante).

Quer dizer,

AQUELAS URNAS eletrônicas ” brasileiras” PODEM TEREM SIDO ,SIM, VIOLADAS MESMO . FORAM USADAS , DE 1982 PARA CÁ , SEM SEGURANÇA ALGUMA . FIADORES DELAs – OS NOSSOS CONHECIDOS TRIBUNAIS , TSE E STF, e AQUELES MINISTROS POLÍTICOS DIRETAMENTE ENVOLVIDOS COM FRAÇÕES POLÍTICAS neoliberais JÁ IDENTIFICADAS , MUITOS até famosos por  “ESPETÁCULOS” seus públicos e ligações políticas . É só pesquisar.

   Síntese –  há probabilidade efetiva de terem sido mesmo fraudadas , tendo prestado grandes serviços ao Império e seus prepostos locais, durante décadas. E mais – agora já  estão sendo preparadas , à nossa vista , para as eleições de 2018(?!) .

O povo, ah , o povo, seria ignorante, incapaz de entender tudo isso, acreditaria  no sobrenatural, em qualquer mentira ou estelionato eleitoral, e por isso pretenderia  que tudo continuasse assim. Seria só calar a boca de uma garotada imatura , procuradores jovens que não entendem o que é “governabilidade”, certos juízes também imaturos que acreditam em Justiça e Leis, uns idiotas que perdem tempo com isso tudo ,  nessa mídia falsa de blogs, ao invés de acreditarem nas grandes redes de comunicação do Império (que controla tudo, até , em parte , os blogs/sites , cf. Unger – toda a comunicação nacional passa pelos EUA, o que é verdade mesmo, incrível que possa parecer ).

   Eis o que fizeram do Brasil, hoje Braz$l. Leiam o artigo abaixo, reflitam. Quer dizer , todo o regime político, os mais importantes cargos – estranhas eleições repentinas de alguns , e ” viradas súbitas de votos em finais” eleitorais , como as do paulista tucano(Dória), agora prefeito , e a de Dilma(2014) – tudo nas mãos de  meia  dúzia de ministros/STF,  que controlam-fiscalizam as urnas/eleições, e em que dever-se-ia confiar , cegamente, isto é, nós, os idiotas brasileiros – embora sem razão alguma  para isso .

   No Brasil, já se sabe  como agem , ao menos, a maior parte das “elites” e oligarquias dominantes, subordinadas a interesses estrangeiros ;isto é, quem são e como atuam – fraudes, propinas, corrupção, falsidades ideológicas e documentais, manipulações, falsificações diversas – e tudo acobertado pelos membros da mesma irmandade, corporações ( mais Justiça) , que levaram o Brasil a tornar-se  este Braz$l que aí está – um  Estado Frankenstein. Nada escapou- destruíram tudo , quase tudo, até a moral, ética e saúde mental do povo brasileiro. (caminhandojornal.com/redação).

**************************************************************************************************

              

Segurança de urna digital acende luz amarela no Brasil

Ronaldo Lemos

07/08/2017

URNAS BRASILEIRAS FRAUDADAS Foi realizada há poucos dias a maior conferência “hacker” do planeta, a Defcon, que acontece anualmente em Las Vegas, nos EUA.

Nesta edição, a novidade foi que hackers investigaram pela primeira vez a segurança das urnas eletrônicas. A conclusão não é animadora. Todos os modelos testados, invariavelmente, foram facilmente invadidos em menos de duas horas.

Esse experimento acende uma luz amarela para o Brasil, grande usuário de urnas digitais, especialmente em face das eleições vindouras.

A Defcon acontece desde 1993. Neste ano, atraiu mais de 20 mil pessoas, incluindo profissionais de segurança, advogados, jornalistas, agentes governamentais e, o  bviamente, hackers.

A decisão de se debruçar sobre as urnas eletrônicas decorre de um contexto em que ciberataques internacionais estão se tornando cada vez mais comuns nos processos eleitorais das democracias do Ocidente. Nesse cenário, qualquer sistema digital pode ser vítima de manipulação, e as urnas não são exceção.

Mais de 30 máquinas foram testadas, de várias marcas e modelos, incluindo Winvote, Diebold (que fabrica as urnas brasileiras), Sequoia ou Accuvote.

 Algumas foram hackeadas sem sequer a necessidade de contato físico, utilizando-se apenas de uma conexão wi-fi insegura. Outras foram reconfiguradas por meio de portas USB. Houve casos de aparelhos com sistema operacional desatualizado, cheio de buracos, invadidos facilmente. O fato é que todas as urnas testadas sucumbiram.

Nas palavras de Jeff Moss, especialista em segurança da internet e organizador da conferência, o objetivo do experimento foi o de “chamar a atenção e encontrar, nós mesmos, quais são os problemas das urnas. Cansei de ler informações erradas sobre a segurança dos sistemas de votação”.

Um problema é que a manipulação de uma urna digital pode não deixar nenhum tipo de rastro, sendo imperceptível tanto para o eleitor quanto para funcionários da justiça eleitoral.

Uma máquina adulterada pode funcionar de forma aparentemente normal, inclusive confirmando na tela os candidatos selecionados pelo eleitor. No entanto, no pano de fundo, o voto vai para outro candidato, sem nenhum registro da alteração.

Há medidas para se evitar esse tipo de situação. Por exemplo, permitir que as urnas brasileiras possam ser amplamente testadas pela comunidade científica do país, em busca de vulnerabilidades. Quanto mais gente testar e apontar falhas em uma máquina, mais segura ela será. Outra medida é fornecer mais informações públicas sobre as urnas. No site do TSE, o único documento sobre segurança é um gráfico que não serve para qualquer tipo de análise.

Nenhuma dessas soluções está em prática hoje no Brasil. Com isso, ou acreditamos que as urnas brasileiras são máquinas singulares, muito superiores àquelas utilizadas em outros lugares do planeta, ou constatamos que elas são computadores como quaisquer outros, que se beneficiariam e muito de processos de transparência e auditabilidade.(* Grifos e destaques de caminhandojornal.com e não do autor ou da FSP).

 

Related Posts

Share This

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *