Império(EUA) Bombardeia a Síria

abr 19, 2018 by

Império(EUA) Bombardeia a Síria

    Império (EUA) Bombardeia

a Síria

                                                   (Redação )

 

                                 Este bombardeio permite entendimentos importantes – é aprendizado nesessário. 
Passados vários dias(27-4-18, em que fizemos parcial revisão e esta anotação ) ,  a notícia do bombardeio dos EUA  sumiu  das manchetes e da big mídia. Entretanto, dos observadores na cidade que teria sido atingida por armas químicas , chegou  a notícia (jornais diversos) – várias testemunhas asseguraram que foi tudo simulado – “guerra química” feita , simuladamente, não pela Síria , mas por outros grupos terroristas ou países . A quem interessava tal acusação ? Jamais à Síria , vencedora da guerra , naquele momento.

O que fez Trump e sua big mídia ocidental , mundial, ao ver que se investigava a real situação , mesmo após o bombardeio injustificado?
Sumiu com a notícia e abraçou um dirigente francês( Macron)  , em visita arranjada,  rapidamente, à Casa Branca . Com isso , livrou-se de explicar  a falsidade do tal bombardeio sírio com armas químicas, provocação provável americana, e ainda das críticas desmoralizantes que , por certo , se seguiriam, além de outras – as  do seu ex-diretor da CIA , que, em livro,  o classificara exato naquele momento,  como um indivíduo perturbado , incompetente e sem quaisquer condições de presidir os EUA.
O nome disso ? Desinformação , contrainformação, mentira, mais uma vez , do Império.(27-4-18).

 

IRAQUE, LÍBIA, SÍRIA…KENNEDY, KING, MALCOLM  X…

 

        Ora, os EUA fizeram  o mesmo no Iraque, massacrando centenas de milhares de pessoas , e , antes , no Vietnan , jogando toneladas de armas químicas e matando idosos,  mulheres e crianças,  em profusão.(Pesquise, cf. Moniz Bandeira , “Formação do Império Americano”). Este o Estado Terrorista, que não é sequer democrático internamente, como é fácil demonstrar[Id. , cf. mortes mal investigadas dos Kennedy, os dois irmãos , Malcolm X, Martin King , etc. e fraudes eleitorais nas eleições de Busch e  Trump , entre outros (pesquise) , que nossa big mídia e elites pretendem como modelo para o Brasil ].
Como o Império sobrevive invadindo outros países , tomando meios de produção , mercados consumidores , produtos primários, commodities ,  provocando, guerreando, o Brasil, com forças militares com armas sucateadas de tecnologia ultrapassada , sem armas nucleares ou indústria armamentista de primeiro plano ,  jamais poderia imitá-lo. Mesmo se algum militar inculto assim pretendesse.
Confiar em alianças com os EUA  ou a Inglaterra ? Os argentinos, na guerra das Malvinas, bem aprenderam como se pode confiar no Império. O Brasil também aprendeu com as traições americanas, os resultados do “golpe/contrarevolução antinacional e antidemocrática ” iniciado em 1964 – Geisel /Golbery acabaram por romper com os EUA e com o acordo militar secreto até então existente. (Inconstitucional, evidente, à revelia do Congresso e do povo brasileiro).
                  Com um beócio , politicamente, metido a intelectual , como Castelo Branco, auxiliado pelo pretensioso Golbery (com sua fantasiosa geopolítica que dependia do Império ) ,  tendo  invadido a República Dominicana(1965) , colaborado com caminhões e armas para a queda do regime democrático uruguaio e ainda tenha tentado enviar tropas para o Vietnan , o que não fez por pressão de militares nacionalistas de então(Ib.) , mais que provada está a impossibilidade do Brasil ter como modelo os EUA.
A não ser que conformado em ser um novo  Haiti (invadido, afinal,  por eles) ou um Porto Rico ,que acabou ,  formalmente , como parte dos EUA (Estado Associado , e após votação popular ) , o que algumas  dessas elites traidoras parecem pretender ,  como destino do Brasil ). 
************************************************
         A big mídia , ao fundo subordinada ou ligada ao Império, já jogou esta matéria – bombardeio da Síria, sem justificativa, legalidade ou mínima prova do que alegou como desculpa –  para as últimas páginas dos jornais , letras bem pequenas . Ou em pequenas inserções nas suas redes de tv (Cf. , p.e., jornal O Globo, 17-4-18 ). Por quê ?
       Porque evidente que um ato unilateral imperialista, americano como sempre, que o mundo ocidental aprendeu a engolir, disfarçando , contra o direito internacional, o respeito à soberania dos países, incluindo a ONU, executado por uma decisão ditatorial do formal comandante ultraimperialista dos EUA, hoje Trump, ajudado por aliados antigos,  e dele dependentes,  como a França e Inglaterra.(Ao fundo , do conhecido complexo industrial-militar , que já Eisenhower reconhecia ).
         Expressão direta dos objetivos americanos , bem definidos há décadas , no sentido de domínio do mundo. Um hitlerismo ainda não explicitado, disfarçado, até agora vencedor – no Ocidente e, por seu poderio militar , engolido,com amargor, pelo resto do mundo, inclusive suas vítimas muito mais fracas  (cf. Hiroshima e Nagazaki, México, Espanha e dezenas de países ) . Uma covardia e indignidade sem limites , que os mais fracos estados têm sido obrigados a aceitar , caso resistam às pretensões americanas e tenham algo de que os EUA necessitem.
                           A facilidade de retirada da notícia da mídia dá-se , no Brasil, pela ausência do “direito de antena”, existente na Constituição de Portugal, por exemplo, que o proíbe . (Cf.Paulo Napoleão, “Autoritarismo e Impunidade”).

 

SEM PROVAS , BIG MÍDIA APOIA BOMBAS

 

          A grande mídia brasileira, e ocidental, em geral, raras exceções independentes  , não tendo visto até agora qualquer justificativa, prova, inspeção independente provando o tal uso de “armas químicas pela Síria, o que seria um ato monstruoso, etc. “(Trump), e sentindo repercussão negativa mundial, contra o Império , rápido pôs-se a serviço de seus financiadores velhos de guerra  e retirou o assunto das manchetes . As TVS das redes  fizeram   o mesmo .
        Embora tal tenha sido o fato mundial de maior importância nos últimos tempos, pois prova e demonstra a existência , bem viva, pujante, atual, daquele velho imperialismo de sempre , e ao vivo , exercido despoticamente pelos EUA à frente dos velhos aliados  . Em outras palavras, o famoso complexo militar-industrial , admitido desde Eisenhower , dando as cartas , como tem feito nas últimas décadas, agora mostrando face mais feroz.
Isto via um Trump,  deliberadamente apalhaçado, amalucado(?!)  ,  para que adiante sirva de justificativa individual,  responsável por mais chacinas ainda que venha a praticar, o que seria atribuído a ele ,  individualmente , e não aos EUA , Estado Terrorista , abertamente, há longo tempo , e a seu coração militarizado e neofascista , fantasiado, mascarado desde  sempre por  “direitos humanos” e “luta pela democracia”, que têm sido os primeiros a desrespeitar , há séculos (é só conferir em qualquer livro de História , minimamente correto ).

 

TRUMP É UMA FACHADA ,COMO BUSH O FOI

Resultado de imagem para trump e bush

          Para isso, como velha tática, poderá ,  adiante, assumir, na direção americana,  um democrata, um novo Obama ou Carter , capazes de amenizar, ao menos formalmente e de fachada, por algum tempo, a face terrífica verdadeira do Império . Afinal, este é obrigado a apresentar ao distinto público, de tempos em tempos , uma fantasia mais agradável, com apresentadores mais delicados e sofisticados – desde que ele não pode permanecer na liderança  econômica e política do mundo , além da militar , sem guerra , utilizando , chantageando e jogando com sua verdadeira supremacia – a militar, hoje a nuclear .

          Quer dizer, agora, no caso em foco , ato ditatorial, unilateral, do Império , alegando , fracamente e sem provas , que a Síria teria usado armas químicas , repita-se, afirmação sem nenhuma prova ou sequer tendo ele,  Império ,  a capacidade de esperar alguns dias ou alguma efetiva prova – pois acha que não precisa, tem a força, bombas e mísseis em maior quantidade, o Estado Terrorista o mais forte, o mais armado do mundo e com a maior capacidade de destruição – por isso , simples assim, pode resolver bombardear a Síria, pouco antes vitoriosa na guerra contra os terroristas islâmicos, recuperando quase todo seu território .

ATAQUE SÍRIO SEM SENTIDO, NENHUM

ESTRATEGISTA O FARIA 

          Vitoriosa a Síria , nenhum motivo dela para executar o  tal “ataque químico” alegado. Nem mesmo por parte da Rússia, prestes a patrocinar uma Copa do Mundo de futebol. Há poucos meses do evento, qual o interesse de assassinar um velho espião exilado na Inglaterra ? Nenhum . Interesse, sim, dos EUA, via um Trump escalado para provocar , como forma de diminuir o prestígio da Rússia, vencedora na Síria também via sua aliada – a Síria.
             O Império Americano ,sim, tinha fortes razões para tais provocações, além de amplo know how – usou armas químicas no Vietnan, cedeu-as para vários aliados como Saddam Hussein, no Iraque , entre outros .(Cf. Moniz Bandeira, com amplos dados, em “Formação do Império “…).
         Muito ao contrário da Síria, razões dos EUA – duas fortes razões : minimizar a vitória da Síria, aliada à Rússia , jogando “fumaça e negatividade “, mostrando que , apesar disso, ainda era o primeiro líder imperialista do mundo, tanto que podia e fazia tal ataque , pela força, com Lei ou como  Fora da Lei, sua regra, aliás,  desde décadas, no plano mundial ; e , segundo , tirar de foco as acusações do ex-diretor da CIA,(manchetes em todos os jornais e na mídia em geral) em livro contra Trump) ,chamando o presidente dos EUA de perturbado , incompetente e completamente sem condições de exercer tal presidência .
Isto para não lembrar algo mais pessoal – uma ex-prostituta ou “garota de programa”, se quiserem, que relatou seu relacionamento com Trump, além de acusá-lo de tentar suborná-la para que não tornasse público o caso.
       De fato , Presidência conquistada de para-quedas , com fraudes e irregularidades e muito dinheiro, mas não casualmente : uma imposição do complexo-industrial-militar , precisando de provocações , dissuasões, mudanças e guerras , para tentar evitar a evidente inferioridade crescente dos EUA na disputa geopolítica pelo mundo e na luta comercial , em especial contra a China, afirmando-se ela como a rainha da era da globalização.
           Os EUA, em sentido contrário , ainda com uma dívida externa de  US$ 7,8  trilhões de dólares, (2004, Depto.do Tesouro dos EUA) impagável – precisando das soluções guerreiras covardes já  habituais, contra países mais fracos, não possuidores de bombas nucleares  – razão que talvez justifique a eleição e colocação , no poder formal, de um  falsamente amalucado  ator Donald Trump (dados sobre a dívida , in Moniz Bandeira, “Formação do Império” , C.Brasileira, RJ, 2009, p.747).

      TRUMP NÃO É O SENHOR DA GUERRA

 Em seguida ao bombardeio efetuado , Trump, o farsesco e aparente comandante das forças imperialistas , “cara de pau”, ainda ameaçou a Rússia e Putin  de mais sanções, sabe-se lá por que. Ou melhor, para provocar, produzir inquietação, não deixar os adversários avançarem – prefere inimigos, já que sabe-se mais forte militarmente. Em geral, os outros tendem a recuar e contemporizar por isso.
[ Atenção – é claro que há gente mais consciente por trás dele, Trump , papel de  palhaço alucinado,   servindo-a com sua faceta amalucada , e dotes de ator, numa posição que amanhã poderá servir para justificar , individualmente, o terror assumido , talvez como bode expiatório das necessidades da sociedade americana , vítima da engrenagem do ultraimperialismo em ação , sem outras soluções a curto prazo ].
(Exagerado ? Confira, por exemplo, o que fizeram o Império e aliados  no Vietnan, Iraque , Líbia , por exemplo, para não lembrar-se  o Japão , atingido por armas nucleares, sem qualquer necessidade, fora os objetivos geopolíticos de domínio mundial dos EUA, em 1945 ) 
              Como se tais ataques, como a destruição do Iraque, Líbia e Afeganistão, além da Iugoslávia , fossem um problema pessoal e individual , agora de Trump , antes de Bush e outros – insista-se nesse ponto pela importância e irresponsabilidade do Império . Ontem , Iraque , Líbia, Afeganistão ; amanhã, qualquer país que resista e não tenha capacidade nuclear. (Daí entende-se o permanente aviltamento vergonhoso do Brasil, o Protetorado Americano, segundo Mangabeira Unger ) .

   MORTES, CRIMES, TORTURAS, GOLPES -MENTIRAS

         Bombardeio.  Sanções . Isto por ter a Rússia apoiado a Síria vitoriosa contra “terroristas”, ao fundo estimulados pelos EUA , evidente resistência ao Império e derrota dele. Embora discreta, a Rússia não escapa da sanha americana que só não a ameaça mais porque aquela tem dentes atômicos – e passado que mostra decisão de arriscar-se , com uma defesa atômica e retaliação à altura.  
        Exato Trump com o comportamento tipo de Bush , no Iraque, há anos, este país  completamente destruído e arrasado sob a mesma desculpa – uso de armas químicas. O  que depois revelou-se mentira descarada dos EUA , Bush, secundado por Tony Blair, então primeiro-ministro da Grã-Bretanha.
            Ambos desmoralizados mais tarde , Blair até caindo politicamente, mas Bush rindo – “um pequeno engano” . De fato, Bush , como Reagan, Johnson e outros , caso de Nixon , estiveram sob ameaça de impeachment e desmoralização total . Todos por casos envolvendo corrupção e mentiras descaradas ao povo americano, escapando por aquele interesse das “elites” em não desmoralizar o governo e os próprios Estados Unidos, preservando seu prestígio mundial.
           Clinton assim escapou e Nixon , pouco depois de atingido( impeachment) , foi indultado por Ford. Não é só no Brasil que funciona o famoso “estado de exceção “implícito”  (cf. Agamben, “Estado de …”, que estuda e exemplifica o caso americano, com a base de Guantânamo e outros episódios,  claramente inconstitucionais e ilegais ) . Os EUA tiveram episódios não muito distantes dos atualmente ocorrendo no Brasil – a maioria encobertos, até mesmo por assassinatos. (Cf. Moniz Bandeira, ob.cit., com muitos dados e referências comprovadas).

          A VERDADE AMERICANA –
PODER MUNDIAL

             Bush foi mais descarado ainda  que o outro e admitiu a “verdade americana”, há pouco repetida por Trump(mais ou menos o seguinte) :”Há várias narrativas . Temos a nossa. Prevalece a daquele que tem mais força, no caso a nossa “.
        Ele disse mais ou menos isso  , e abertamente, alguns meses atrás, enquanto ofendia os maiores jornais e jornalistas norte-americanos.(Cf. art. neste blog).
         Este o retrato do Império Americano , vergonhoso, sabe-se bem o  interesse econômico por trás da conversa fiada de “direitos humanos”  – petróleo e outros minerais, além de mercados consumidores.(livros diversos ou Moniz Bandeira, ob.cit.) . Até no caso das Malvinas os EUA meteram-se , traindo e enganando os generais argentinos (que tinham-nos ajudado na América Central, em lutas de guerrilhas várias ), na hora que tiveram que optar . (Cf. Moniz Bandeira, ib.).
         Além disso, sempre que pode o Império do Capital (Ellen Wood) e aliados escondem-se sob falsas declarações de defesa da “democracia”, “luta pela democracia e direitos humanos “, etc.
          Só mesmo rindo para não chorar , o que o mundo dos  mais fracos, caso de um país fracote como o Brasil, sem uma bombinha nuclear sequer, foi (em passado até recente ) e é  obrigado a aguentar – em geral, aliás,  não se chega sequer a rir, finge-se não ver , intelectuais passam ao largo  do “imperialismo americano”,  sequer o mencionando, mestres pós-graduados idem , outros até negando sua existência  – e a mídia os imita e bem escolhe quem convida para análises televisivas : afinal, “Império, que Império? Isto é coisa do passado “.
 É isto que o próprio Império deseja passar ao povão – desinformação, distração com face books e celulares, análises superficiais falsas. E tem conseguido isso a tal ponto que até as esquerdas tornaram-se “esquerdas”, sem ir um passo além dos limites impostos pela política neoliberal imperialista.
 

        900 /NOVECENTAS BASES MILITARES –

PARA QUÊ ?

     Império (Eua) Bombardeia a Síria      De fato, ele é o real herdeiro de Hitler, embora hoje toscamente representado por Bushes e Trumps e Kennedys – muito mais esperta a estratégia atual dele porque cheia de ardis e juramentos de paz  . Mas, sempre sonhando com tal poder por muitos mais anos que os  mil pretendidos pelo Reich alemão de Hitler.   É só estudar os documentos do Conselho de Segurança Nacional/EUA e verificar sua práxis (Como fez um Chomsky, N., ” Para entender o Poder”), para se concluir isso . 

         Não esqueçamos. Há pouco tempo , o Império promovia as teses de “fim da História “ de Fukayama, que,  logo desmoralizadas, retirou de cena. Os inesquecíveis massacres de Hiroshima e Nagazaki (veja na lateral deste site , gravação), centenas de milhares de mortos , com  a guerra já ganha, porque  o Império precisava rapidez e intimidação terrorista , pois queria uma vitória geopolítica naquela região (Japão e cercanias da China) , disputando com a então URSS e China,  dentro de suas ambições de domínio mundial. Essa a política do Império, que não conseguiu aplicar no Vietnan – URSS então e China também tinham bombas nucleares – e tinham aliança com os vietnamitas.
  [Detido pela realidade do forte exército soviético, de então, e do poderio chinês, ambos logo também com bombas nucleares. Só a possibilidade real de retaliação ,e com violência de volta , como resposta , têm detido as ações do Império do Capital. O que significa o Brasil , sem luta , virtualmente perdido como nação soberana e independente ].
         Ainda assim, o Império , vitorioso , forçou , com ameaças e genocídios , tudo que pode , no Japão, centenas de milhares de mortos, e  ainda desenvolvendo a guerra da Coréia e apoiando a “China Nacionalista”, afinal reduzida a uma minúscula ilha,  a que foi relegado pela derrota frente aos chineses comunistas, EUA aliado aos capital-nacionalistas de Chiang Kai-shek.(Moniz Bandeira , id., p.168).

         OS DONOS DO BRASIL

       E DO MUNDO ?

          Mas, derrota como uma vitória, desde que os EUA vindos lá do outro lado do hemisfério  , o Pacífico ao meio, e , hoje, com mais de 900 bases militares espalhadas pelo mundo.

         No século XIX, saldo de mais de 200 intervenções em diversos países, literalmente apropriando-se de grandes áreas desses países, caso do México e Espanha, entre outros.(Moniz Bandeira, ib.). Estes , formalmente, caso também de Porto Rico, sem contar a apropriação material, mas não formal, de outros ,casos da Indonésia, Brasil e diversos  países .

               O que é “isso”?
            O IMPERIALISMO EM AÇÃO. Aquele fenômeno sobre o qual o PT, o PC do B e até o PSOL  ou esquecem ou dele falam bem pouco. Por quê ?  Pensar. Se o Imperialismo aí está, atuante e pujante , por que seria ?

 

        EUA : “BRAZIL GLOBALIZADO”

            Porque o Império , literalmente, “globalizou” o Brasil, Brazil para ele, vencendo não só a luta econômica por aqui , como política (financiada pelo Império, e aliados , ao fundo, toda ela, de forma direta ou indireta , inclusive o PT , basta ver seus financiadores ) e, a principal, a IDEOLÓGICA .
          Hoje, o IMPERIALISMO, para alguns com razão ULTRAIMPERIALISMO(Moniz Bandeira e outros)  (aliança de várias potências imperialistas , agindo em todo o mundo , em bloco ) , tem vencido a luta ideológica , ao menos no Ocidente , e daí a grande mídia e até esquerdas, com teorias mais à direita e neoliberalizantes (foi criada, inclusive,  uma “esquerda” neoliberal , em essência).
          O que a faz , de fato, “direita”, pró-imperialista  , pró-capitalismo capitulacionista , conformista , que , no máximo , apóia , envergonhada, um pobre Maduro , na Venezuela, que a trancos e barrancos tenta resistir aos golpes do Império .
           Este, por sua vez,  apoiado pela maioria dos governos latino-americanos , subordinados, ou omissos ou solidários ideologicamente – de fato, pois internamente “globalizados”, moderno nome para subordinados ou dominados ou neo-colonizados.(Agora dizem os jornalistas do Império que o modelo de Maduro /Venezuela não é mais Cuba , mas a Somália… Estarão pensando no caminho do Brazil ? ).

             E O BRAZIL ?

         Examinemos o acima afirmado, indagando – e as conseqüências dessa situação mundial para o Brasil, um Trump se impondo, e  ainda seus interesses , ou seja, o Império , acima das leis internacionais, razão , soberania dos estados  ?
              Estamos no reinado da força , da “lei da sobrevivência animal”, levada ao campo social e político , os mais fortes muito satisfeitos com tais regras informais, implícitas e não explícitas, materiais e não formais .
         Mas. Como fica o pobre , angustiado e todo deteriorado Brasil ao meio (de fato , na lateral, lá no fundo, quietinho e desmoralizado mundialmente) dessa conjuntura mundial, o falso palhaço Trump(porque de fato quem manda é o complexo militar-industrial, que o colocou lá, como antes explicado )  à frente do maior poder militar do mundo , o Império Americano/aliados  ?
  [Cf. artigos sobre Trump, neste site , que atestam que esta redação afirmava que Trump , representante mais direto do complexo militar-industrial americano , viera para promover mais guerras e provocações (vitórias pela simples ameaça, dissuasão, ou bombardeios , golpes , promoção de revoltas e terroristas ) , uma necessidade para a subsistência dos próprios EUA ].
         Não  façamos como a big mídia ou Trump, afirmações vagas sem justificativa. Lembremos  o IMPERIALISMO DE NOSSO TEMPO, a política americana (desde séculos), o mundo atual, alguns aspectos das esquerdas, transformadas em maioria em “ex-querdas” neoliberais , e mesmo as demais , felizes com a legalidade, mas tomadas pela ideologia neoliberal , capitalista , do Império , além de política, via também infiltrados, e com a ausência de uma teoria política adaptada a nosso tempo e nova conjuntura , além também de um  PARTIDO à altura. 

     IMPERIALISMO ? SIM, IMPERIALISMO !

          Embora as variadas “direitas”, pró-Império do Capital, (repitamos sua característica mais evidente) ,  das mais civilizadas às demonizadas/terroristas e guerreiras (não as brasileiras, falsas guerreiras, mas, sim,  as ainda atuantes no mundo de hoje , caso das que quebraram a Iugoslávia e o Iraque, formando “grupos terroristas”, dólares americanos por trás ) aleguem que houve mudanças, não existe mais “imperialismo”, nem “domínio americano”, nem “neocolonização”, mas apenas uma aldeia global, com tudo igual, para todos, oportunidades iguais , etc.
            Óbvio, para quem estude o tema, que trata-se de mentira acachapante – o fato é que existe um Haiti, um Brasil , um Porto Rico, uma Honduras, África do Sul, Angola, Etiópia, etc. –  e no topo de tal “globalização democrática “ uma Grã-Bretanha, França , Alemanha, etc. – e no cume os EUA  .Este com uma dívida externa   de trilhões de dólares, impagável, só resolvendo seus problemas econômicos com massacres, violência, tomadas de território e de mercados consumidores e produtores de matérias primas. Desigualdades de todo tipo , uns usando outros , papéis bem definidos  os de cada um dos protagonistas . O Brasil sem qualquer chance de ascenso , nesta situação, sem indústrias nacionais ou forças armadas com reais condições – nucleares e outras.

                     A GUERRA É UMA SOLUÇÃO…

PARA O IMPÉRIO !

 Resultado de imagem para guerra na siria       A guerra foi e é uma forma de abrir caminhos para o Capital e Rosa Luxemburgo já havia mostrado isso. (“A Acumulação do Capital“).Tal explica Nagazaki, Iraque, Líbia e agora Síria, assim como Brasil, Chile, Argentina, etc. Veja-se os casos de Menem, Argentina, Lula , Brasil,  e diversos outros presidentes e ex-presidentes , caso do Peru, Honduras etc.,  sob acusações de crimes diversos, corrupção, vários presos – Lula não é o único.
  [Atenção – BRAZIL AMERICANIZADO –  E segundo o “guerreiro” capitulacionista , falso nacionalista Bolsonaro(FSP, jornal, cf. artigo com análise neste site) já perdemos a Amazônia, com muitos minérios e materiais importantes para o mundo, a não ser … que nos conformemos com uns pequenos nacos e nos aliemos a alguma potência nuclear amiga , que nos dará as sobras ( Como nos vendia armamentos superados e sucateados )  . Qual ? Ora, claro , os EUA , evidente  . O nacionalismo de Bolsonaro já acabou antes de afirmar-se e é unilateral ?!Pensa como súdito do Império Americano? ) ].

             Quais as características do imperialismo atual?

           Uma das melhores sínteses vem do especialista e mais que doutor Moniz Bandeira, em livro já clássico (antes citado, “Formação ” …), citado por nós não como argumento de autoridade, mas fazendo justiça ao autor e a uma argumentação simples, direta, elucidadora.Confira . Houve uma composição entre potências imperialistas, ao contrário da previsão de Lênin, e no sentido da de Kautsky e outros (Moniz Bandeira ) , configurando-se um ultraimperialismo.(cf. ob.cit. pesquise).
        A Síria foi bombardeada , sem justificativa prévia , plausível, com provas, sob acusações vagas – porque o Império Americano o podia , é a maior força nuclear do planeta. E sabia que a Rússia, mais ou menos avisada, para que não tivesse perdas diretas, não chegaria a combates ou resposta mais séria. Insista-se. E entenda-se o que acontecerá no caso de uma discussão sobre a utilização econômica e política da Amazônia, por exemplo. Ou essa questão já está decidida e apenas nós, os idiotas brasileiros , os mais destacados os das “esquerdas”, não perceberam sequer isso ? 
       Desde 1952, o Conselho de Segurança Nacional dos EUA já considerava segurança necessária em todo o sistema capitalista. O que queria dizer – onde “quer que houvesse uma plataforma da Standard Oil, uma fábrica da Coca-Cola, uma fazenda da United Fruit …” (Ib., p.196).

        Daí em diante foi uma evolução constante , no sentido acima.

         E O BRASIL , FRENTE A TAL SITUAÇÃO?

         Não insistiremos em novos dados sobre o Brasil, recordes de desigualdade, baixarias no STF, combate cerrado de altas autoridades contra os que levam adiante a   chamada “lava-jato”. Sequer, mal se consegue punir alguns corruptos. Forças militares não  dão conta nem de milícias , que cresceram e crescem em toda parte, nem se fale no Rio de Janeiro.
         Há previsões que poderá  haver uma piora do panorama mundial, com a economia americana com pleno emprego , orçamento expansionista, Trump subindo tarifas , provocando um choque de demanda, com aumento de gastos .Se Obama deixou um deficit, que está em 738 bilhões de dólares , em 2020 estará em 1 trilhão de dólares. Então, prevê-se uma mudança para pior no ambiente econômico brasileiro,  até o final do ano . (Miriam Leitão,  economistas, 18-4-18).
         Não é preciso dizer que o Brasil totalmente despreparado para qualquer enfrentamento ou ainda  dificuldades – sem reformas estruturais e sequer aquelas de urgência (neoliberais) capazes de minorar uma situação calamitosa ,  a curto prazo. Prisioneiro na armadilha neoliberal (Petras, J. “A armadilha neoliberal”), como outros países. Até as várias frações neoliberais contraditando-se , apenas pensando nas próprias eleições, sem condições de tomar decisões importantes a curto prazo.
            Situação que significa – a qualquer momento o Brasil pode “parar  de vez” , o que só não ocorreu e ocorre porque sustentado por empréstimos externos e porque tal não interessa ao b loco neoliberal mundial que hoje dirige o país. Afinal, há que produzir o possível, geral lucros ,  sem chegar-se  ao ponto de uma revolta geral não mais contra A ou B , traidor A ou B ou C , mas contra o regime político vigente, as instituições, o próprio sistema capitalista aqui imposto pelos interesses internacionais, apoiado na desnacionalização , corrupção , estado de exceção implícito atuante , quase já formal e legitimado , por já ser de conhecimento de boa parte do povo brasileiro, ao menos das chamadas “classes médias”, o que não acontecia até alguns anos atrás.
        Num labirinto (“neoliberal”)em que  as várias forças sociais , partidos , lideranças , sindicatos , entidades patronais,  “esquerdas” e muitas esquerdas , além da big mídia institucionalizada, etc. movem-se apenas dentro desse “labirinto” , sem ter como sair dele – e sem ter noção real da situação em que se encontram e sequer da História do Brasil recente, muito menos do que vem-se passando.  
Durante décadas os “lulas da vida”(Luiz Inácio é apenas um nome , o mais conhecido )  corromperam-se , desorganizaram os movimentos sociais, tornados fisiológicos, sempre protegidos e incentivados pelo Império mascarado , disfarçado, assim  pouco se organizando  sequer reais partidos democráticos ou à esquerda , preparando-se ao menos para lutas futuras(e agora teria chegado a hora ) .
     Lambuzaram-se no fisiologismo, corrupção, cargos, empregos, inclusive muitos líderes oriundos das duras lutas do tempo do regime terrorista . Não mudaram o velho Brasil subordinado; pior, foram mudados por ele e tornaram-se um novo problema político. O  resultado , até para o próprio líder neoliberal americanófilo mais conhecido  é triste – ele preso, em Curitiba, pequenos grupos , cada vez menores, acampados por ali , havendo  atentados contra eles ;  e as manifestações contra tais atitudes  fraquíssimas , meia dúzia de gatos pingados com uma bandeira do PT ao meio.  
          Estima-se que ao menos nos bastidores esteja-se estudando o Brasil, refletindo , trocando-se idéias , amadurecendo-se politicamente – ao menos os líderes partidários e novas lideranças. Refletir – pensar várias vezes no mesmo problema, escapando-se das gaiolas ideológicas limitadas, dogmas , interesses apenas de direções e elites partidárias.

   SEM CAMINHOS VIÁVEIS(CURTO PRAZO)

           Nem ao menos a perspectiva de uma Constituinte verdadeira (não aquele Congresso Constituinte de 1986, sob o comando de multinacionais e da direita nacional de 1986 .  (Cf. Dreifuss, R.A . “O jogo da direita …” e “Autoritarismo e Impunidade”, de Paulo Napoleão ; além de arts.diversos  neste site sobre essa Constituinte golberyana e a Constituição herdeira dos sonhos militaristas, autoritários e dos interesses estrangeiros : a atual , 1988, em vigor).
         Precisa-se assistir mais vexames das instituições, e seus membros ,  para entender-se que encontram-se garantidas exato por aquela Constituição de 1988? Preservar as “instituições “, essas , é preservar exato o que vem acontecendo e a maioria de seus membros. Um grande número deles, do Congresso Nacional,e do próprio Executivo, prisioneiro do primeiro (Legislativo) , será reconduzido em outubro/18-eleições . E através deles, com essa Constituição, e demais legislação em vigor, os mais altos dirigentes do Executivo e  Judiciário . Afinal , é isso que se pretende ?
             Do lado da maior parte das” elites “, inclusive das esquerdas, sim, exatamente isso, embora não possam declará-lo . E neste sentido estamos caminhando.

    ATRASO DA CONSCIÊNCIA POLÍTICA  POPULAR

– A FARSA

           O país mal consegue perceber – grande parte do povo brasileiro – quem foi e é Lula da Silva , o PT e seus aliados,  “comunistas” só de nome, como mencionava Prestes . Os ardis de Golbery e americanos continuam produzindo seus efeitos. Grande parte das chamadas “esquerdas” acham-se anuladas pela legalidade , corrupção, fisiologismo e um líder de direita à frente, Lula da Silva .
   [ É só analisar sua práxis , desde “Lula, o início”, de Mario Morel , inúmeros artigos neste site, um J.N.Pinto (“O que sei de Lula”), “A década perdida”, de M.A .Villa, para não voltar-se a citar Petras, James , “Brasil – Lula Ano Zero”].
            Estas análises, entre outras, como o depoimento de Francisco Weffort e também o de Chico de Oliveira, fundadores do PT , além do mínimo bom senso ao apreciar-se todas as acusações envolvendo Lula, a do triplex  e outras mais graves , como venda de greves, maços de dinheiro recebidos no Planalto, contas com a Odebrechet no exterior , etc.
(Dezenas de testemunhas, articuladas entre si, teriam inventado isso – desejando enfrentar um Lula rancoroso, ainda com poder, e com dependentes e dogmáticos militantes bem pagos atrás de si , capazes de causar um barulho e provocar calúnias seguidas tipo “é do FBI, da CIA!, etc.” ? Isto é , como fazem com Moro e demais julgadores que condenaram Lula ? Um ricaço como Odebrecht inventaria isso ? E Palocci, velho companheiro ? E os jovens promotores? Sem sentido ).

    LULA A CONFUNDIR E IMPEDIR

     Resultado de imagem para lula     Lula já está bem qualificado e a ignorância e defesa por boa parte do povo brasileiro mostram um problema não superado. E superá-lo, com a “lava-jato” colocando na prisão tanto ele como Temer, Cunha , Aécio,  Moreira , etc. , inclusive o STF apreciando casos como o de Gleicy, Padilha, Lindbergh , Jandira , Dirceu (condenado mas solto, lépido e fagueiro) , entre outros, não levará a nenhuma solução dos problemas nacionais. Claro . 

         Apenas a um pouco mais de condições para discuti-los com isenção, e não da maneira como vêm sendo discutidos.

   CONSTITUINTE, O CAMINHO

          Uma Constituinte, não falsa,  e sim autêntica, como a última não foi , independente, será o início de uma luz no túnel, desde que o início de discussões sérias sobre o destino dos brasileiros. Mas, nem as esquerdas a quiseram ! Um atestado do estágio e confusão política em que ainda está o povo brasileiro , induzido, há décadas, por interesses anti-nacionais .
         Confiemos que , com tanta informação, além de desinformação e contra-informações diversas , oriundas de estrategistas competentes, ainda assim o povo brasileiro ganhe rápido maior consciência política  – e isto não graças à big mídia brasileira, mas à Internet e a um ou outro (justiça seja feita ) analista da grande mídia, além da imprensa de esquerda e independente.

LUTA IDEOLÓGICA, CONSCIÊNCIA POLÍTICA

         A desinformação que tem chegado a nosso povo é a mesma do tipo da que levou , desde 1964 , o Brasil a essa situação e “construiu” Lula,  o “esquerdista opositor da ditadura (Ah, ah, ah. Talvez James Petras e muitos outros estejam  rindo , não os intelectuais ou líderes que se tornaram , como Lula, neoliberais sem qualquer escrúpulo, e que o povão ainda vê como “esquerdistas” ) .
        Vivemos , com líderes como Lula e Temer e outros , a atual Constituição , nossa estrutura legal e social – uma construção jurídica ainda  daquelas forças secretas , autoritárias, estrangeiras ,  as mesmas que derrubaram Goulart, e com a mesma mídia, mais poderosa , já também corrompida desde aquela época . (Cf. o caso da mídia corrompida em Wainer, Samuel , (“Minha razão de viver “, Record, RJ, 1987)(pesquise) ,que denunciava vários casos e como ela então já atuava, desde os anos 50 .
          Inclusive , a relação entre os “barões da imprensa” e o Governo , depois aparecendo os grandes empreiteiros, “tráfico de influências …particularmente intenso …durante o qual consolidaram-se fortunas …”, p.224 /5,  “interferindo na nomeação de ministros …financiando partidos e candidatos , elegendo deputados e senadores, influenciando a linha editorial de jornais e revistas …bilhões , repartidos entre empreiteiros e seus sócios na imprensa …” – p.225, id.
Depósito de dólares em contas na Suíça, trazidos ilegalmente para o Brasil, não é preciso ser por Lula nem investigado hoje na lava-jato, pois Wainer reconhece que fez isso , há décadas  – p.254  ). Tudo isso que , hoje, assistimos ,pois, vem de muito longe, como mostra o livro acima e o já citado neste site “Autoritarismo e Impunidade “, de Paulo Napoleão. (Livros não difíceis de serem encontrados ). 
         Hoje. Vivemos o planejamento dos estrategistas militares , a maioria estrangeiros, professores de alto nível de importantes universidades, como Samuel Huntington , que planejaram o cenário “democrático “pós “regime terrorista” , após ampla vitória contra os interesses do povo brasileiro – esmagado, sua “vanguarda” ideológica e política , via golpes, assassinatos, falsos sequestros, corrupção, cassações, suspensão de direitos políticos, etc.
A receita tradicional de planejar o pós-guerra, o novo cenário , encontrada até nos “manuais de guerra”, a começar pela “Arte da Guerra”, de Sun-Tsé. (Formas de vencer com o mínimo de perdas, ou sem perdas, o que ocorreu no Brasil, via corrupção e outros meios , e cenário do pós-guerra , bem preparado ).

 

         A QUESTÃO DE SEMPRE – FUTURO? O QUE FAZER? 

 

             Brasil.A curto prazo, no caminho da consolidação da Província Brazil ou Protetorado Americano Brazil, informais, com ou sem eleições, tanto faz  elegendo-se A ou B . Alguma real mudança ?

        Só a partir da reorganização das forças partidárias democráticas e de esquerda , de uma verdadeira Constituinte , independente , do prévio maior amadurecimento político do povo brasileiro – o que está ocorrendo , a trancos e barrancos, avanços e recuos , o que é natural .

Não há dúvidas sobre a atuação em curso do imperialismo americano, com  várias táticas que vão de bombardeios (Síria) a falsificações da História, corrupção e financiamento de políticos (Brasil, ontem e hoje ). Agindo silenciosamente, ele está presente e vivo no Brasil atual, sob partidos, instituições, legislação, STF , grande mídia, Congresso Nacional. Só Constituinte e garantia de democracia de alta intensidade,  prévia, permitindo livres discussões, poderão abrir novos caminhos , inclusive colocando em pauta os temas antes referidos.

        Paciência histórica,pois ,  luta ideológica, trabalho organizativo de formiguinhas – trabalhadoras. (*)

***********************************************************

(*) Este trabalho teve uma revisão em 27-4-18 e  envolveria ainda inúmeros dados (negativos) sobre a economia brasileira e a situação do país. Além de sobre a atuação do Império  Americano e seus aliados e da questão do autoritarismo e impunidade ao longo da História do Brasil. Para algum  interessado , indica-se pesquisas nos principais jornais e revistas ; os livros acima, como referências iniciais, a partir deles buscando-se outros. Original não revisado, o que não impede o,entendimento do conteúdo básico).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *